Indicadores de desempenho organizacional: 7 exemplos para começar a medir já

Tempo de leitura: 7 minutos

Aperte o play e ouça a narração deste artigo com exemplos de indicadores de desempenho:

Ao preencher seu e-mail você concorda com a Política de Privacidade da Sólides.

Também conhecidos como KPIs (Key Performance Indicators) os indicadores de desempenho organizacional são essenciais para medir o sucesso (ou não) de empresas de todos os portes. Essas ferramentas permitem avaliar, por exemplo, a efetividade das ações e a performance do negócio, sendo um guia para a tomada de decisões.

Neste artigo você vai conferir o que são, como analisar e 7 exemplos de indicadores de desempenho organizacional para começar já a medir na sua empresa. Confira!

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O que são indicadores de desempenho?

Trata-se do conjunto de métricas utilizadas para avaliar a performance das empresas em determinado período. 

Esses indicadores são representados por valores, quantitativos e qualitativos, utilizados para medir ações e mostrar respostas para qualificar os processos internos e, consequentemente, aumentar seus lucros e promover o crescimento do negócio. 

Para muitas empresas, os indicadores funcionam como uma bússola, norteando os processos e as decisões. Sendo assim, para evitar que a organização saia da rota, os gestores devem saber como analisar indicadores de desempenho

Por que é importante acompanhar os indicadores de desempenho?

Após compreender o que são indicadores de desempenho, é essencial entender por que é necessário acompanhar esses índices de perto. Afinal, são eles que mostram, na prática, o resultado que cada ação ou estratégia tem no negócio. 

Nesse sentido, ao solicitar um orçamento maior para publicidade, por exemplo, o departamento de marketing deve comprovar aos gestores onde os recursos serão aplicados, como e porquê. Além de mostrar, depois, se a estratégia foi efetiva para os resultados. 

Os indicadores de desempenho têm essa função: analisar dados e confirmar a eficiência das ações, eliminando de vez suposições e “achismos”. Logo, as métricas representam fatos sobre o desempenho dos processos.  

Além disso, a partir dos indicadores é possível detectar e corrigir problemas em um planejamento, estratégia ou processo. O que podemos chamar de “refazer a rota” e colocar o negócio no rumo certo. 

Existem diversos tipos de indicadores de desempenho nas empresas. Ainda, eles têm influência tanto no aspecto financeiro, mostrando lucros ou perdas, quanto sobre as pessoas, pois ajudam a identificar gaps de engajamento e produtividade, por exemplo. 

Mas é importante destacar que os indicadores de desempenho têm aplicação em diversas áreas da empresa. Conheça mais alguns benefícios de monitorar os indicadores de desempenho na sua empresa:

  • torna as ações da empresa mais eficazes, otimizadas e reduz o custo com erros de processos;
  • melhora os resultados gerais do negócio;
  • faz com que a tomada de decisão seja mais precisa;
  • as atividades diárias são facilitadas;
  • melhora do clima organizacional;
  • fortalece a marca.

Tipos de indicadores de desempenho 

Existem 4 tipos de indicadores de desempenho, alguns fazem mais sentido para o seu negócio do que outros. Portanto, cabe à empresa definir quais utilizar. 

As métricas mais úteis serão aquelas alinhadas ao que foi definido como estratégia de crescimento do negócio. A seguir, confira alguns exemplos de indicadores de desempenho.

Indicadores de produtividade

Utilizados para avaliar as entregas dos colaboradores, considerando a eficiência e o rendimento conforme a produtividade. Referem-se à capacidade de produzir mais com o menor recurso possível, representando os indicadores de performance

banner para baixar ferramenta calculadora de produtividade-indicadores de desempenho

Indicadores de capacidade

Indicam a capacidade de resposta de um processo. Esses indicadores de eficiência são usados, por exemplo, para mensurar a quantidade de produtos produzidos por uma máquina em um período x. 

Indicadores de qualidade

Servem para monitorar desvios nos processos produtivos ou procedimentos em desacordo com o esperado. Portanto, trata-se de indicadores de resultados

A quantidade de reclamações referentes a um produto ou serviço durante determinado período, por exemplo, é um índice de qualidade. Por isso, é relevante comparar a um nível de aceitação conquistado em outro momento. 

Indicadores estratégicos

Servem para identificar quão próximo está a empresa dos objetivos organizacionais estabelecidos como meta. Os indicadores de gestão mostram o caminho a seguir e estabelecem uma comparação entre a situação atual e o cenário esperado ou desejado. 

Como definir indicadores de desempenho?

Sabendo quais são os indicadores de desempenho, é importante descobrir aqueles que fazem sentido para a sua empresa. Para definir as métricas adequadas, escolha as que estão alinhadas aos propósitos da organização e atendam às particularidades do negócio.

Ainda, para escolher os melhores KPIs para suas necessidades, siga alguns passos:

  • defina o objetivo de mensurar indicadores de desempenho;
  • tenha claro qual resposta você quer obter com essa medição;
  • decida como medir os indicadores escolhidos, por exemplo, que tipo de dado será necessário coletar para se fazer o cálculo posteriormente. 
  • defina o período de análise de dados e como será realizado o cálculo;

7 exemplos de indicadores de desempenho empresariais

1. Indicadores de lucratividade

O percentual de lucratividade é obtido a partir da divisão do lucro líquido em determinado período pela receita total da empresa. Esse indicador mostra a saúde financeira da organização e permite ver se a estratégia adotada está adequada para médio e longo prazos. 

2. ROI

O Retorno Sobre Investimento (ROI) mostra qual retorno uma ação específica, campanha ou estratégia conseguiu alcançar. O ROI é um indicador que permite verificar quais investimentos foram eficientes e quais precisam ser revistos. 

3. Valor do Ticket Médio

Muito utilizado nas empresas, independente do porte ou segmento, inclusive, funciona bem para avaliar a produtividade de vendedores. Esse indicador mostra quanto, em média, cada cliente costuma gastar em uma compra. 

O ticket médio é obtido dividindo-se o número total de vendas em um período pelo número de clientes (ou pelo total de vendedores de uma equipe). 

4. Conversão em Vendas

Destinado a mensurar a eficiência da equipe de vendas, este indicador mostra a taxa de conversão, ou seja, quantos clientes o time conquistou em relação ao total de contatos efetuados. 

Para tanto, o cálculo consiste em dividir o número de contratos fechados pela quantidade de clientes contatados. Após, multiplica-se o resultado por 100 para obter a porcentagem que indica se a estratégia dos vendedores está funcionando. 

5. Faturamento por pessoa

A receita por colaborador é fácil de acompanhar. Para chegar ao índice, devemos coletar a receita mensal e dividir pelo número de colaboradores naquele mês. 

No entanto, não é indicado considerar o faturamento por pessoa isoladamente. Esse indicador de desempenho deve sempre ser analisado junto aos demais. 

6. Produtividade

Para chegar ao índice de produtividade, utilize como base o tempo, a qualidade e o custo necessário para atingir metas. Esse indicador permite corrigir falhas e aumentar o rendimento. 

A fórmula básica para calcular é: produtividade: quantidade de produtos ou serviços produzidos dividido pela quantidade de recursos utilizados.

banner para baixar ebook sobre Guia Avaliação de Desempenho 4.0: descubra como aplicá-la na gestão.-indicadores de desempenho

7. Rotatividade ou Taxa de Turnover

Serve para mostrar a quantidade de profissionais que saem e entram em determinado período. Ao analisar os indicadores de turnover, a gestão de pessoas consegue identificar problemas nos processos de recrutamento e seleção, no onboarding e nas estratégias para a retenção de talentos. 

Para o cálculo: some o número de admissões e demissões em determinado período, divida o resultado por dois e, então, divida pelo número total de colaboradores. 

Conclusão

Como vimos, os indicadores de desempenho organizacional são vitais para uma empresa. Isso porque, dão suporte à gestão para a tomada de decisões mais precisa, além de guia a melhoria de processos, qualificação de pessoas, bem como para nortear a busca por gaps nos diversos setores da organização. 

Vale destacar que entre os principais indicadores de desempenho que influenciam nos resultados gerais da empresa, estão aqueles ligados aos recursos humanos, como o desempenho da equipe, produtividade e rotatividade de profissionais, por exemplo. 

Por isso, comece já a acompanhá-los. Confira este conteúdo com os 20 indicadores de desempenhos ligados à gestão de pessoas que você não pode deixar de acompanhar e aprenda como calculá-los!

4.6 9 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Jorge Carneiro Nascimento

Excelente conceitos e recomendações sobre avaliação de desempenho. Estava na busca de material diferenciado para elaboração de AD própria e agregada ao negócio da empresa. Encontrei no artigo instrumentos modernos e orientativos para implantação da AD.

Giuliano Sales

Ei, Jorge. Agradecemos demais o feedback!
Esperamos que você continue apreciando nossas produções.
Abraços.