12 estratégias de crescimento empresarial para aplicar no seu negócio

Tempo de leitura: 10 minutos

Está sem tempo para ler? Experimente ouvir a narração deste artigo. Aperte o play!

A sua empresa precisa de estratégias de crescimento? Provavelmente, sim. Em um cenário econômico instável, vender mais e expandir pode ser desafiador. Mas quando os objetivos de crescimento estão alinhados a uma abordagem estratégica, é possível encontrar oportunidades para conquistar resultados positivos. 

Neste conteúdo, apresentaremos 12 estratégias inovadoras capazes de ajudar no crescimento dos negócios. Confira as dicas e prepare sua empresa para prosperar de forma planejada, previsível e mensurável. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O que são estratégias de crescimento?

Trata-se de todos os métodos e processos utilizados pelas empresas para alavancar os negócios. Quando uma organização tem uma estratégia de crescimento sólida e bem desenhada, ela consegue ver com mais clareza seus objetivos e se posiciona melhor no mercado. 

Ainda, é normal que durante sua trajetória uma empresa enfrente inúmeros desafios. Assim, o que vai garantir que ela resista e prospere é justamente as estratégias de crescimento que empresários, empreendedores, gestores e líderes elaboram para superar momentos de crise. 

Logo, o caminho a percorrer é complexo, mas não impossível. Primeiro, a empresa precisa definir ações efetivas e pensadas estrategicamente, observando o cenário no qual se encontra e vislumbrando onde quer estar em um determinado período. 

Nesse sentido, essas estratégias devem considerar não só as oportunidades de crescimento, mas também as melhorias que a organização deseja implementar em seus processos de gestão. 

Mas como são as estratégias de crescimento na prática? Em geral, as lideranças elaboram um documento completo, com protocolos para momentos de crises, desafios e dificuldades. Ainda, incluem um plano de ação estabelecendo metas, prazos, responsáveis e outras diretrizes bem definidas que orientarão os gestores em momentos cruciais. 

Sendo assim, ter estratégias de crescimento é fundamental para qualquer patamar de negócios, seja você um consultor, um empreendedor, gestor de uma grande empresa ou de um estabelecimento de pequeno porte. 

No entanto, é importante compreender que para chegar a esse conjunto de estratégias exige-se tempo até conquistar os resultados esperados. Ademais, requer paciência, dedicação, resiliência, muita persistência e uma boa dose de inteligência emocional, além de outras competências para conquistar a prosperidade nos negócios. 

Quais estratégias de crescimento para uma empresa?

Se a intenção é promover o progresso do empreendimento e melhorar a gestão da empresa, existem algumas ações capazes de dar direcionamento ao negócio e deixá-lo preparado para enfrentar os desafios. 

Obviamente, se o propósito da organização é o crescimento significativo e escalável, será necessário definir metas de curto, médio e longo prazo. 

O mais importante é ter em mente que fazer uma empresa crescer não acontece do dia para a noite. Ao contrário, é um processo que requer dedicação, calma e paciência, já que, em alguns casos, leva tempo. 

Então, confira as 12 dicas de estratégia de crescimento que preparamos. Elas podem ser úteis para as empresas que desejam “subir a régua” dos negócios. 

1. Descubra o diferencial da empresa

Comece um processo de autoanálise e descubra: o que a sua empresa tem de diferente em relação à concorrência? Quais características a distinguem das demais? Ao responder essas questões, as lideranças direcionam a organização para o crescimento, pois, ao oferecer algo diferente, ela se destaca no mercado. 

Ainda, qual é o diferencial da empresa que a coloca em outro patamar? Pode ser o atendimento prestado, os produtos e serviços oferecidos, a credibilidade conquistada pela trajetória ou o uso da tecnologia. Por isso, procure conhecer e entender as necessidades dos seus clientes para oferecer a eles a melhor solução para suas dores. 

2. Conheça seu público

Outra reflexão necessária para elaborar estratégias de crescimento é: quem a empresa quer atender? Quando a organização reconhece o público-alvo do negócio, ela compreende os hábitos e as demandas de consumo. 

Além disso, ao conhecer seu público, ela pode desenvolver métodos para suprir as necessidades dos clientes, oferecendo o que eles procuram. Afinal, a clientela de uma empresa é o seu melhor cartão de visitas, não é mesmo?

3. Não se deixe intimidar pela concorrência

Essa regra é fundamental para quem quer crescer. Por isso, é essencial conhecer quem são, de fato, seus concorrentes no mercado para ser melhor que eles. Para tanto, fique de olho no que a concorrência está fazendo. 

Lembre-se que, enquanto sua empresa busca inovar e se destacar no mercado, as outras estão fazendo a mesma coisa. Então, não perca a oportunidade de se posicionar bem no segmento em que atua. 

Mas como ser superior? Agregando valor ao negócio, descobrindo os pontos fracos dos competidores e trabalhando para ter uma vantagem competitiva. Tudo isso de acordo com a boa ética dos negócios, é claro. 

4. Saiba que a satisfação do cliente importa

Totalmente, já que sem clientes não há negócio. Eles são a razão de ser da organização, responsáveis por proporcionar renda e lucro. Portanto, empresas que desejam crescer não devem perder o foco quando o assunto é a satisfação dos clientes. 

Nesse contexto, não são raras as empresas que negligenciam a qualidade dos seus produtos e serviços quando decidem expandir. 

Guarde essa regra de ouro: crescer a qualquer custo não é a melhor estratégia quando compromete a qualidade dos seus produtos/serviços ou enfraquece a relação da empresa com seu público-alvo. 

5. Busque fazer alianças comerciais

Muitas empresas cogitam fazer alianças comerciais quando querem impulsionar o negócio. Essa é uma prática comum no mundo corporativo, pois uma parceria forte e bem executada pode alavancar as vendas e expandir os ganhos.

Além disso, as alianças comerciais permitem ampliar o campo de atuação da empresa e conquistar novos clientes. Mas quem são os atores dessas possíveis alianças? As possibilidades são muitas. 

Logo, procure parcerias com investidores, fabricantes, fornecedores, divulgadores de marcas ou alguém que revenda os seus produtos ou serviços em troca de comissão.

6. Invista na valorização dos colaboradores

As empresas não crescem sozinhas. Na trajetória de expansão, elas contam com pessoas empenhadas com o mesmo propósito, ou seja, seus colaboradores. Por isso, investir, valorizar e motivar suas equipes são boas estratégias de crescimento. Então, busque desenvolver mecanismos que comprovem sua importância na empresa.

Nesse sentido, boas ferramentas para aumentar o engajamento são as campanhas de bonificação e premiação por desempenho. Mas não esqueça de praticar a transparência nas ações. Para isso, muitas empresas usam a tecnologia de dashboards instalados no ambiente de trabalho para informar, em tempo real, as métricas do negócio. 

Além da clareza nos processos, também é importante reconhecer as conquistas. Assim, todos saberão que o esforço individual contribuiu para o crescimento do negócio, resultando em mais motivação e engajamento.  

7. Mantenha as finanças da empresa equilibradas

Se o objetivo é ter crescimento, é preciso investir. Quando a saúde financeira da empresa não vai bem, certamente ela terá dificuldade para expandir. Logo, é imprescindível manter as contas em dia, ajustando receitas e despesas, observando prazos de recebimento e pagamento. 

Além disso, tenha um fluxo de caixa organizado, condizente com as tomadas de decisão.  Ainda, identifique gargalos, falhas nos processos e possíveis desperdícios. Por fim, não se esqueça de controlar o capital de giro para manter a empresa longe do vermelho. 

8. Esteja atento e não desperdice oportunidades

Oportunidades surgem quando menos se espera. Por isso, é preciso observar o cenário e perceber quando há vantagens a serem alcançadas. 

Assim, quando uma oportunidade se apresenta, a empresa deve saber desenvolver ações competitivas, processos inovadores, produtos ou serviços oportunos que atendam seus clientes de forma assertiva.

9. Não perca o foco

Antes de tudo, tenha clareza sobre o que deseja alcançar, além de como e quando. Ainda, é preciso foco para não perder de vista o que a empresa pretende, sabendo quais são suas metas e planos. Assim, todos direcionam esforços para o objetivo comum: o crescimento da organização. 

10. Seja capaz de delegar e monitorar

É preciso gerenciar com inteligência. Nesse sentido, ter os colaboradores lado a lado com as lideranças representa o melhor cenário para o crescimento da empresa. 

Logo, aprenda a delegar responsabilidades e monitore a realização das ações. Se for preciso, faça ajustes. O importante é não perder tempo e energia com estratégias infrutíferas que não trazem resultados efetivos. 

11. Proponha e antecipe tendências

Observar o que a concorrência está fazendo também é importante para criar e antecipar tendências. Sendo assim, conheça bem seu segmento de atuação e invista no que poderá ser sucesso logo à frente.

Aqui, o objetivo é se antecipar e desenvolver produtos e serviços inovadores e de qualidade para oferecer aos seus clientes. 

12. Promova a integração das suas equipes

Empresas são engrenagens e os colaboradores são peças fundamentais para que elas funcionem bem e melhor. Por isso, as lideranças precisam estabelecer conexão com seus liderados, integrando as equipes sempre que possível. 

Portanto, mantenha a clareza nos processos, compartilhe decisões e estratégias, mostre resultados. Quando todos remam juntos, fica mais fácil vencer a correnteza e atingir os objetivos. 

Banner-Coach

Parcerias para o crescimento da empresa

Formar alianças e parcerias para o crescimento da empresa é uma estratégia interessante e bastante usual. Além disso, não existe um momento certo para desenvolver uma parceria. 

Assim, se no cenário da empresa, você perceber a falta de ferramentas e apoio para prestar consultorias, que há vontade de ampliar a carteira de clientes, mas não tem conhecimento em marketing e vendas, que enfrenta desafios impostos pela sazonalidade do mercado e que tem vontade de participar de uma comunidade de apoio ao microempreendedor, isso pode ser indício da necessidade de buscar parcerias. 

Mas quem são esses prováveis parceiros para pôr em prática as estratégias de crescimento? As opções são muitas. Em geral, as organizações buscam profissionais de coaching, consultores, representantes comerciais ou pequenas empresas interessadas em trocar experiências e crescerem juntas.

Aqui na Sólides, desenvolvemos um programa feito para parceiros que desejam construir uma jornada de sucesso e de crescimento. Conheça e experimente hoje mesmo!

0 0 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments