Saiba o que é entrevista comportamental e confira dicas e perguntas para aplicá-la

Descubra o que é entrevista comportamental
SAIBA MAIS

Aqui você encontra:

A entrevista comportamental é uma ferramenta que ajuda profissionais de RH na condução de processos seletivos mais eficientes. Ela permite uma avaliação mais apurada das características e habilidades comportamentais de cada candidato em diferentes tipos de situação.

Confira a seguir o que é entrevista comportamental e como ela deve ser preparada. Traremos ainda exemplos de perguntas que podem ser feitas de acordo com o perfil da vaga e dicas para realizar uma avaliação mais eficaz das respostas. 

O que é uma entrevista comportamental?

Trata-se de um formato de entrevista que visa avaliar as características e habilidades comportamentais das pessoas de uma forma mais estruturada.

No teste comportamental em entrevista de emprego, o recrutador deve fazer perguntas que ajudem a verificar o fit cultural de cada candidato e a conformidade com os requisitos da vaga.

O principal objetivo é investigar determinadas situações vividas pela pessoa anteriormente, de forma a reconhecer seus padrões de comportamento.

Essa estratégia ajuda a prever comportamentos futuros e a avaliar se a pessoa tem o perfil buscado pela empresa.

Quais perguntas fazer em uma entrevista comportamental?

A montagem do roteiro de entrevista é a etapa mais importante do processo, por isso, precisa ser feita com bastante atenção. A dica de ouro é identificar as habilidades exigidas pela vaga e incluir perguntas específicas para cada uma delas. 

Abaixo, listamos exemplos de perguntas comportamentais para entrevista sobre as principais habilidades demandadas pelas empresas.

Capacidade de resolução de problemas

  • Qual foi a situação de problema mais relevante que você já passou? Como você fez para encontrar a solução?
  • Você já passou por um determinado problema”? Como fez para enfrentá-lo?

Trabalho em equipe

  • Você já trabalhou com pessoas com as quais não concordava? Como fez para manter um bom ambiente de trabalho?
  • Você já trabalhou em projetos em que teve que dividir tarefas com outro profissional? Como foi essa experiência?
  • Conte uma experiência em que o trabalho em equipe foi fundamental para a obtenção de um resultado.

Liderança

  • Qual foi seu maior desafio como liderança de um time e como o superou?
  • Você já teve que lidar com uma pessoa subordinada que enfrentava problemas pessoais? Como fez para atender as entregas do time?
  • Você já foi responsável por algum projeto? Como foi essa experiência?

Proatividade

  • Você já precisou tomar a frente de alguma situação adversa no trabalho? Como foi essa experiência?
  • Conte uma situação em que a sua proatividade fez a diferença para a empresa.

Resiliência

  • Você já trabalhou em times subdimensionados? Como fez para manter as entregas em dia?
  • Você já teve que lidar com clientes/fornecedores muito exigentes? Como fez para manter um bom diálogo?

Como se preparar para realizar um teste comportamental em entrevista de emprego? 

Todos os tipos de entrevistas demandam um momento de preparação. No caso da entrevista comportamental, é indicado se atentar a alguns pontos.

Confira dicas para entrevista comportamental! comportamental!

Estude os requisitos da vaga

Cada vaga é única e tem suas características e demandas. Assim, é importante destacar que o mesmo cargo pode demandar perfis comportamentais diferentes conforme o time e o momento da empresa. 

O ideal é que os requisitos da vaga sejam validados junto à empresa antes do início do processo seletivo.

Monte um roteiro de entrevista

O roteiro de entrevista é um importante guia para o momento da conversa com cada candidato. Isso porque ele ajuda a garantir que todas as informações necessárias sejam obtidas e que o foco da entrevista seja mantido do início ao fim.

10 dicas para preparar entrevista online no processo seletivo

Utilize ferramentas complementares

Além das perguntas, é interessante utilizar ferramentas complementares para obter uma visão mais ampla e diversificada. Nesse caso, a aplicação de teste de perfil comportamental, como o Profiler, ajuda a avaliar pontos distintos, tornando a análise mais completa.

Material gratuito sobre Profiler, ferramenta para mepamento de perfil comportamental

Como avaliar as respostas da entrevista comportamental?

A análise das respostas da entrevista comportamental deve ser feita com bastante cautela e critério, visto que não se trata de uma questão de certo ou errado. Logo, é importante avaliar tanto as respostas dadas quanto a forma como elas foram apresentadas.

Outro ponto relevante é que a eficiência dessa ferramenta passa pela combinação com o resultado de outras etapas e testes. Um teste de perfil comportamental, por exemplo, pode apontar características observadas durante a entrevista e tornar a análise mais confiável.

Para isso, a tecnologia pode ser uma grande aliada nesse momento, pois existem softwares para cruzar as informações e obter relatórios mais completos sobre o processo, facilitando a identificação dos candidatos mais aptos para a vaga.

Dicas para fazer entrevista de seleção com cada perfil de candidato

A metodologia utilizada no Profiler permite que o recrutador identifique quatro tipos de perfis. Vale destacar que um mesmo candidato pode apresentar mais de um perfil. Isso mesmo! É muito comum profissionais que ao responder o Profiler são identificados com mais de um perfil comportamental. 

Outro ponto importante! Os perfis comportamentais não são imutáveis, isso porque ao longo da carreira as pessoas vão desenvolvendo características que fortalecem ou diminuem um determinado perfil.

As dicas que você vai conferir a seguir estão definidas para cada um dos perfis. Mas lembre-se, que uma mesma pessoa pode apresentar mais de um perfil comportamental. 

Leia também: O Segredo de Belmiro: Como o Atlético Mineiro colocou a pessoa certa no lugar certo

Dicas para entrevistar um candidato planejador

O planejador é um perfil bastante observador, principalmente em momentos como esse, onde ele irá conversar com pessoas desconhecidas. Um ambiente mais “hostil” e com perguntas muito contundentes pode mais afastar do que gerar interesse desse candidato para a vaga.

Para cargos de gestão faça essa pergunta para todos os perfis:

  • Você já teve que convencer colegas para que uma ideia sua fosse colocada em prática?
  • Como você conseguiu e quais foram os resultados obtidos?

Para os planejadores é importante observar como ele superou as resistências, se de fato chegou ao resultado esperado e quais foram os aprendizados para ele.

Fique de olho no tempo da entrevista e deixe claro quais são os principais objetivos desse encontro. Esse direcionamento pode ajudar o planejador a direcionar sua fala e quais assuntos devem ser abordados nessa etapa do processo.

Esse perfil tem forte as características de constância e perseverança, por outro lado evitam confrontos e costumam ter dificuldade em colocar em jogo suas ambições. 

Por isso, uma pergunta que vai nos ajudar a entender melhor o seu potencial de crescimento, é:

  • Quando você pediu para seu gestor direto, um feedback e por qual motivo?

Observe a frequência que isso aconteceu, o contexto dessa resposta em caso de negativas, e como ele vem buscando aperfeiçoamento.

Um ponto importante para ser avaliado é como o candidato lida com estresse e sobrecarga de trabalho. Esse perfil é ótimo com o planejamento das tarefas, mas aqui queremos entender a forma desse planejamento em detrimento a pressão e compreender como ele prioriza as atividades.

Entenda como gerenciar planejadores sob pressão

Avalie como o candidato mantém o foco

Nesse momento você avaliará como ele mantém o foco, determina suas prioridades e lida com situações de pressão.

  • Dê tempo para que o candidato reflita sobre a pergunta e não interrompa enquanto estiverem falando e caso tenha dúvida anote para não esquecer questionamentos importantes.
  • Esse perfil costuma não ser um bom vendedor das suas próprias qualidades. Logo, entender se ele tem consciência e compreende isso como uma necessidade de aprimoramento, questione o “por que você deveria contratá-lo?” Essa é uma pergunta inusitada e entender como ele constrói a narrativa te dará uma boa percepção sobre o candidato.
  • O que é sucesso para esse candidato? Não só para o planejador, mas essa pergunta ajuda a entender o que é valor para esse profissional. Entenda com detalhes o que é ter sucesso, tendo em vista o cargo e a empresa.
  • Deixe espaço para perguntas, veja o quanto o candidato é ousado nas perguntas e entenda, com detalhes se ele tem match conforme o contexto da empresa.

O que os outros pensam a respeito dele, pode ser um grande desafio para esse perfil. Isso pode ser um fator limitante na integração do planejador com sua futura equipe. Logo pergunte a ele “qual a ideia mais equivocada que seus colegas de trabalho já tiveram a respeito dele?” E porque ele acredita que isso tenha ocorrido.

Como preparar feedback para planejadores?

Dicas para entrevistar um candidato analista

O tempo da entrevista também é algo extremamente importante, por isso direcione seu candidato com perfil analista sobre o objetivo de cada etapa. Esse é um candidato que não irá falar muito de si, com muita pressão e num ambiente cheio de espectadores.

Crie uma conexão com esse candidato ao longo das etapas e insista em saber detalhes sobre suas respostas. Insista com mais perguntas e não interrompa. Anote suas perguntas, e aproveite para saber mais. 

Esse não é um candidato que se vende muito bem, principalmente sob pressão e com pouco tempo para desenvolver seu raciocínio. Logo tenha tempo para conversas mais longas com os analistas.

  • Uma dica preciosa é o número de pessoas presentes no momento da entrevista. Tente evitar que muitas pessoas acompanhem. Além de não ser necessário, pode ser um obstáculo para um diálogo mais fluido com o candidato. De preferência que seja uma entrevista com o RH e futuro gestor.
  • Peça ao candidato que conte sobre uma situação onde foi solicitado para que ele fizesse algo que nunca tinha feito antes. Como ele reagiu e o que aprendeu com tal situação.

Faça perguntas para entender a capacidade de adaptação do candidato

É natural que o perfil analista demonstre insegurança diante de tarefas nunca realizadas (essa pergunta também serve para planejadores). Dessa forma você vai observar a forma como ele se dispõe a enfrentar novos desafios e sair da zona de conforto. 

  • Analistas costumam ter um comportamento mais estruturado e geralmente só mudam a forma de execução diante uma boa argumentação e se realmente acredita no método.

 Por isso é interessante investigar e pedir para que ele conte sobre uma ocasião onde ele precisou se adaptar ao estilo de trabalho de outra pessoa para concluir uma tarefa ou projeto.

Com isso observe sua disponibilidade para ser flexível, o que ele aprendeu e como lidou com essa situação. Veja o que ele pensa a respeito disso, e quais foram as vivências positivas e negativas.

  • Peça para que ele conte algo interessante sobre ele e que não está no currículo. É importante que ele tenha tempo para refletir e responder. Dê espaço para que ele conte sobre si próprio.
  • Outra característica importante é a tomada de decisão. Para o analista a tomada de decisão é um processo racional e que precisa de tempo. Pergunte a ele qual foi a decisão mais difícil que ele tomou nos últimos meses. Veja como ele avalia seus resultados e quais pontos ele considera importantes.

Talvez essa pergunta seja mais importante para o recrutador e gestor, do que para “testar” essa habilidade. Por natureza o analista tende a ser cuidadoso e criterioso na tomada de decisões, contudo essa pode ser uma informação inacessível para quem não o conhece. 

Assim, investigar esse ponto pode ajudar a compreender melhor esse candidato.

Quais os 4 cuidados na hora de dar feedback para analistas?

Busque entender como o candidato lida com problemas

Os perfis mais introvertidos tendem a não pedir ajuda, pois acreditam que precisam saber tudo e o fato de não saber algo pode prejudicá-los. Contudo, a abertura para pedir ajuda quando necessário é uma excelente estratégia para aprimorar e implementar processos com mais velocidade.

Por isso peça ao candidato que conte uma situação onde tenha enfrentado um problema ou situações que ele viu claramente que precisava de ajuda e como ele resolveu. Observe como ele tentou resolver, quando pediu ajuda, se pediu e o resultado obtido. Depois entenda quais aprendizados ele teve com essa situação.

  • Ainda na linha da pergunta anterior peça ao candidato que conte uma situação em que ele delegou uma demanda importante. Veja como ele lidou com essa situação, seus aprendizados a partir disso e entenda se o resultado foi positivo ou negativo (e entenda os porquês).
  • Uma boa pergunta é questionar sobre uma situação em que algo não saiu conforme o planejado e que ele tenha falhado. Qual era a posição que ele ocupava? Qual foi o resultado obtido? E os aprendizados que ele teve? Entenda o senso de responsabilidade e como ele gerencia a culpa sobre o processo.

Entenda como esse perfil poderá lidar com situações parecidas e como devem ser os direcionamentos caso ele seja contratado.

  • Uma boa pergunta é como ele gerencia vários projetos ao mesmo tempo. Veja se já passou por essa situação e como lidou com ela. Entenda o quanto isso pode ser desgastante para ele. O importante aqui é saber como ele se adapta, pois naturalmente esse é um perfil que prefere trabalhar de maneira específica e organizada.

Analistas sob pressão: como esses profissionais se saem em crises

Dicas para entrevistar um candidato executor

Para os perfis mais executores o tempo não costuma ser um problema, pois eles costumam ser concisos e objetivos nas suas respostas. Contudo um recrutador mais condescendente, que não tenha entendido com clareza algum tópico pode se deixar levar pela sua objetividade. 

Dessa forma, se as respostas parecerem incompletas evite fazer suposições e pergunte “como” e porque. Espere que ele finalize o raciocínio e anote suas perguntas.

Busque entender como o candidato entende seus pontos de desenvolvimento

Uma dica para entrevistar candidatos executores é entender como eles entendem seus pontos de desenvolvimento e se existe clareza em como isso impacta as pessoas ao seu redor. Entenda isso e priorize perguntas nesse assunto.

Com base na questão acima, uma pergunta surpresa, seria:

  • Em uma escala de 0 a 10, o quanto você se considera ”voltada para pessoas”?
  • Já recebeu feedback sobre seu impacto na equipe?

A pergunta sobre feedback não é uma pergunta habitual, mas de forma inesperada ele pode falar de feedbacks já recebidos.

Outro ponto é que esse perfil se arrisca com facilidade e uma das questões é entender se a empresa ou cargo possuem características que possam favorecer sua permanência, sendo ele considerado um talento. Assim uma boa pergunta é “o que motivaria ele para ocupar esse cargo, nesta empresa?” 

Entenda como conseguir dar feedback para executores

Pergunte ao candidato sobre habilidades interpessoais

Tendo em vista o contexto da sua empresa, entenda como esse perfil tem desenvolvido habilidades interpessoais. Dependendo da demanda, você conseguirá compreender se esse perfil agrega de fato para equipe que ele poderá fazer parte.

Ainda na temática relações interpessoais peça para que ele conte sobre uma ocasião onde precisou se adaptar ao estilo de trabalho de outra pessoa para concluir uma tarefa ou projeto.

Com isso observe sua disponibilidade para fazer uma atividade sem ser da sua própria maneira, como ele lida com ordens, o que ele aprendeu e como lidou com essa situação. Veja o que ele pensa a respeito disso, e quais foram as vivências positivas e negativas.

  • Pergunte ao executor qual foi a última vez que ele falhou e o que ele aprendeu com isso?
  • Pensando em cargos de gestão, questiona como ele encara a questão da motivação das pessoas. Pergunte se já houve alguma situação onde ele fez parte de uma equipe, ou liderou uma equipe desmotivada.

Analise como ele vê essa situação, suas ações frente a essa necessidade e compare com a realidade do seu contexto. Dessa forma você poderá entender se esse candidato pode ser sua melhor escolha.

  • Como costumam ter uma comunicação mais objetiva, peça para descrever uma situação onde ele precisou ensinar a um colega ou liderado novato a como fazer uma atividade. Observe a forma como ele expõe os pontos e questione se foi efetivo e se a pessoa conseguiu realizar a tarefa.
  • Procure entender o momento de carreira desse candidato e caso seja um processo que ele se candidatou, investigue os motivos pelos quais ele quer sair do trabalho atual. Entenda o porquê dessa movimentação e veja se isso é compatível com o momento da sua empresa e se esses valores e momentos combinam.

Como se saem os executores sob pressão? Confira maneiras de motivá-los

Dicas para entrevistar um candidato comunicador

O comunicador é o perfil mais encantador, pois sabe falar muito bem de si próprio. Aproveite suas habilidades de comunicação e entenda mais sobre esse candidato.

Deixe claro como vai funcionar essa etapa do processo e tenha um acordo que a administração do tempo para responder as perguntas é algo muito importante na sua entrevista. Observe essa característica em todo momento da entrevista e veja se o comportamento observado combina com o seu contexto. 

Busque entender sobre prazo de conclusão de tarefas

Questione como atualmente ele faz a gestão de tarefas e como lida com o tempo no caso de gestão de vários projetos ao mesmo tempo. Se ele tiver uma vivência, peça para contar a situação e observe sua capacidade em gerenciar prazos e execução dentro dos prazos determinados.

Deixe espaço para perguntas, isso possibilita ver o quanto esse candidato se preparou para a entrevista, bem como sua curiosidade e seu empenho participando desse processo.

  • Insista em saber detalhes sobre suas respostas. O comunicador por ser otimista em sua essência tem a tendência de apresentar os fatos de forma positiva. Logo, quando disser que tem determinada experiência peça para contar com detalhes a execução daquele processo: As etapas, as dificuldades e como ele operacionalizou aquela demanda.
  • Peça ao comunicador para contar qual foi a decisão mais difícil que ele tomou nos últimos meses e entenda o porquê. Veja a forma como ele avalia suas escolhas e se reage de forma precipitada. Veja os aprendizados que ele teve com a situação e se utiliza de ferramentas de apoio ou busca conselhos em momentos difíceis. 
  • Um ponto importante para ser investigado é a forma como ele recebe feedback. Por isso pergunte qual foi a última vez que ele pediu um feedback para seu gestor, o que ele ouviu e como foi essa experiência. Entenda também o motivo pelo qual o feedback foi solicitado. Nessa situação é importante observar como ele lida com essa situação, se trás para um lado muito pessoal e como tem lidado com isso. 

Feedback para comunicadores: qual a abordagem adequada?

Faça perguntas para entender sobre a capacidade de adaptação

Descreva uma situação em que foi muito pressionado e teve uma sobrecarga de tarefas. Como você lidou com isso? Veja como esse candidato planeja suas tarefas e mantém a calma e foco em situações de pressão.

  • Sempre é bom uma pergunta inesperada: É melhor enviar uma tarefa excelente fora do prazo ou uma boa tarefa dentro do prazo combinado?
  • Peça para que ele conte sobre as experiências favoritas de trabalho e as principais contribuições dele para a equipe do qual faz parte. O comunicador já é um otimista por natureza, aproveite e veja como ele tem impactado a sua equipe e suas percepções quanto a isso.

Gestão de crise: como é o perfil comunicador sob pressão?

Com todas essas dicas você estará muito mais preparado para realizar um processo com maior precisão. Isso vai trazer destaque para a etapa, um resultado diferenciado da sua entrevista e em todo processo de recrutamento e seleção.

Além de aproveitar essas dicas e realizar um ótimo processo de seleção, quem é cliente Sólides têm a possibilidade de ser capacitado a executar todos os subsistemas de RH com inovação tendo como aliada a gestão comportamental.

Quer ser um RH inovador? Agende uma demonstração gratuita com um dos nossos especialistas!

Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima