Entenda a força do método OKR para a sua empresa

Tempo de leitura: 11 minutos

Você sente que a sua empresa não sai do lugar e não aumenta a motivação dos colaboradores para que os objetivos sejam alcançados? Isso pode estar acontecendo porque você tem estruturado os processos e a gestão de forma pouco eficaz, uma vez que fazer com que cada pessoa se sinta responsável pelo sucesso da organização é fundamental para conquistas metas.

Mas como mudar a cultura da empresa e implementar métodos efetivos para gerar mais resultados e vantagem competitiva? Continue lendo o nosso artigo e conheça a metodologia OKR, que levou empresas como o Google e a Intel a chegarem onde estão hoje!

Saiba o que é método OKR

Antes de tudo, vamos começar explicando o que essa sigla tão estranha significa. OKR é a abreviação para Objectives and Key Results, ou seja, os objetivos que uma organização pretende atingir e os indicadores de sucesso que comprovam que esses objetivos foram alcançados.

 Conhecendo a metodologia

A metodologia OKR foi criada pela Intel e aplicada pelo Google em 1999, quando a empresa tinha praticamente acabado de nascer. Só por esse fato, já dá para perceber que essa é uma metodologia bastante eficaz para gerar inovação e trazer resultados para a empresa.

De forma geral, o método OKR busca a obtenção de resultados com foco em gestão de metas e organização. Com ele, cada indivíduo torna-se componente importante e com grande responsabilidade no processo, o que faz com que a organização saia daquele ritmo de comodismo e consiga gerar maior engajamento dos colaboradores.

OKR é só para grandes empresas?

Quando citamos o Google como uma das primeiras organizações a adotar o OKR, você provavelmente deve ter pensado que essa é uma metodologia que só pode ser aplicada em grandes empresas.

Antes de responder a essa pergunta, vamos propor uma reflexão para você: só as grandes empresas precisam atingir objetivos, engajar os colaboradores e produzir resultados mais competitivos? Com certeza, a sua resposta para essa pergunta foi “não”.

Pois fique sabendo que essa também é a resposta para a pergunta que fizemos logo no início desse tópico. A metodologia OKR é aplicável em qualquer empresa, independentemente de seu tamanho ou segmento. Esse é um formato que visa estruturar processos e a forma de trabalho para que haja um sincronismo maior entre os objetivos de cada departamento, aumentando o comprometimento individual e potencializando negócios. Ou seja, se aplicada da maneira correta, ela tem potencial para aumentar resultados em qualquer empresa!

Como funciona o método OKR

Você se interessou pelo método OKR, mas ainda não entendeu muito bem como ele funciona? Não se preocupe! Agora vamos explicar um pouco melhor a aplicação dessa metodologia tão importante para gerar resultados para a sua empresa.

Diferença entre objetivos e indicadores de resultados

OKR significa Objectives and Key Results, certo? Por isso, a estrutura da metodologia é composta por dois componentes: os objetivos e os indicadores de resultados.

Os objetivos representam aquilo que a sua empresa deseja atingir e onde é preciso chegar. Eles possuem uma abordagem mais qualitativa e aspiracional, como “ser reconhecida como referência em tecnologia”. Já os indicadores de resultados são quantitativos e numéricos, uma vez que precisam comprovar que a empresa atingiu seus objetivos. Um bom exemplo seria “aumentar a participação de mercado em 35% nos próximos 5 anos”.

Top Down e Bottom Up

Normalmente, as empresas formulam metas e objetivos seguindo sempre o mesmo padrão: a diretoria os determina em reuniões a portas fechadas e depois os comunicam para os gerentes que, por sua vez, cobram os resultados de suas equipes.

Na metodologia OKR o processo é diferente, justamente porque cada colaborador precisa ser sentir como responsável para o cumprimento dos objetivos. Por isso, a presidência ou a diretoria define os rumos que a empresa precisa tomar, como ser reconhecida como referência em sua área, e cada colaborador da empresa determina quais serão os caminhos para que isso aconteça.

Dessa forma, a diretoria não deve pensar em detalhes sobre como esse objetivo deve acontecer, uma vez que essa é uma responsabilidade dos colaboradores. No entanto, os diretores precisam garantir que as pessoas não apenas estejam pensando sobre esses caminhos a serem tomados, como também possuam as ferramentas necessárias para que os objetivos sejam alcançados.

OKR na prática

Nada melhor para explicar o método OKR do que com exemplos. Imagine que a sua empresa precisa aumentar o ticket médio de consumo dos clientes em 20% até o final do ano. Perceba que já definimos números e prazos para que você possua um objetivo consistente e realista. Afinal, objetivos genéricos e totalmente fora da realidade não servem para nada a não ser desmotivar os colaboradores.

O segundo passo da metodologia é envolver todas as áreas da empresa, não apenas a que estão diretamente ligadas a vendas ou ao relacionamento com o cliente. Para isso, é preciso traduzir esse objetivo geral em ações e objetivos direcionados à contribuição de cada área para que ele seja alcançado dentro do prazo.

Como cada indivíduo e área possui uma responsabilidade para que o objetivo seja alcançado, é essencial que a empresa mantenha uma cultura voltada para a profissionalização e desenvolvimento dos colaboradores. Dessa forma, contratar profissionais mais qualificados e investir em treinamento de equipe são ações fundamentais do método OKR.

Em resumo, cada OKR da sua empresa deve ser definido da seguinte forma: 40% pela diretoria e 60% pelos indivíduos, aumentando o envolvimento e o entendimento da importância do cumprimento dos objetivos.

5 benefícios do método OKR para sua empresa

Toda essa história de implementar o método OKR e engajar os colaboradores parece muito interessante, no entanto, o que conta no final ainda são os resultados. Por isso, vamos mostrar para você que o método não é bonito apenas no papel, mas também efetivo!

1. Maior engajamento dos funcionários

Com a metodologia OKR os colaboradores conseguem enxergar a sua importância na organização e compreender como todas as áreas estão conectadas para que a empresa cresça e se desenvolva. Essa é uma visão que gera alto engajamento e, consequentemente, melhora o desempenho individual e coletivo. Afinal, quando as pessoas não conseguem visualizar o seu papel no todo, a tendência é que elas fiquem desmotivadas e comecem a “empurrar o trabalho com a barriga”.

2. Estratégias traduzidas em ações

Qual empresa nunca enfrentou essa dificuldade de tirar as estratégias do papel? Muitas vezes, os valores e a visão da empresa não passam de textos bonitos pendurados no mural de informação. Com o Top Down e o Bottom Up, fica muito mais fácil de traduzir aquilo que precisa ser conquistado em ações e, dessa forma, engajar as pessoas a fazerem o que é preciso para chegar onde tanto se quer.

3. Cultura transparente

A transparência é essencial para que todos os colaboradores entendam o momento da empresa e saibam exatamente o que precisam fazer e quais os caminhos que deverão ser tomados. Quando as estratégias e ações estão centralizados na alta gestão, as equipes não conseguem visualizar o quadro geral e, por isso, ficam paralisadas e dificilmente conseguirão assumir posturas ou tomar atitudes que colaborem para o crescimento da empresa.

4. Sincronia de esforços

Não há nada mais efetivo para atingir os objetivos do que alinhar os esforços e direcionar as pessoas para caminharem na mesma direção. Afinal, quando toda a equipe está sincronizada e ciente de suas responsabilidades, fica muito mais fácil e rápido de direcionar os esforços para que os objetivos sejam alcançados no prazo.

5. Aumento da curva de aprendizado

Como dissemos mais acima, a metodologia OKR está muito relacionada ao desenvolvimento dos colaboradores, uma vez que cada indivíduo é responsável pelo sucesso da empresa. Com isso, instaura-se uma cultura de aprendizado que facilita o desenvolvimento e, consequentemente, aumenta a capacidade de inovar e superar as expectativas.

Entenda como implantar método OKR em sua empresa

Agora que você está totalmente convencido da importância e efetividade do método OKR, chegou a hora de colocar a mão na massa e fazer as coisas acontecerem! Como? Continue lendo o nosso artigo e veja um passo a passo simples para implementar o método na sua empresa:

Defina o grande objetivo

O primeiro passo é definir objetivos ambiciosos e realistas para a organização e conceituá-los em números e prazos para que eles sejam conquistados. É importante que esses objetivos sejam claros e de fácil entendimento, uma vez que todos os colaboradores precisam compreendê-los. Não se esqueça de interligar as equipes e mostrar o papel que cada uma delas terá que desempenhar para alcançar os objetivos.

Integre os colaboradores

Explique para os times a importância e o motivo pelo qual cada OKR foi selecionado. Essa pode parecer uma atividade chata e ser nenhuma relevância, mas ela é determinante para que os colaboradores entendam essa mudança de cultura organizacional e se sintam responsáveis pelo sucesso da empresa. Isso não apenas vai ajudar a engajar as pessoas, como também é fundamental para que o passo 3 seja cumprido com sucesso.

Defina os indicadores de resultados

Para cada objetivo, é preciso definir até 4 indicadores de resultados. Essa etapa é importante para que vocês consigam avaliar se o objetivo está sendo alcançado e qual a responsabilidade de cada equipe e colaborador nesse processo. Também é importante ter em mente a regra do Top Down e Bottom Up para que os objetivos e indicadores sejam um esforço coletivo e não mais uma iniciativa da diretoria. E, claro, não se esqueça que os indicadores precisam ser mensuráveis, realistas e possuir ligação com os objetivos determinados no primeiro passo.

Mantenha o acompanhamento

Esse processo de nada vai adiantar se, na semana seguinte, a sua empresa voltar a trabalhar normalmente e só voltar a se lembrar dos OKRs no final do ano ou do mês. É preciso assumir um compromisso em tempo integral e lembrar constantemente os colaboradores dos indicadores e metas, assim como garantir as ferramentas de trabalho necessárias para que cada um consiga cumprir com a sua responsabilidade.

Avalie o sucesso

Os objetivos e indicadores de resultados são avaliados em uma escala de 0 a 1 na metodologia OKR. Com isso, a sua empresa deve se perguntar quanto de cada OKR foi atingido com sucesso para avaliar a efetividade das ações.

Os resultados devem ficar entre 0,7 e 0,8 para serem satisfatórios. Se ficarem abaixo dessa média, é sinal de que a equipe não está engajada o suficiente ou as medidas tomadas não estão satisfatórias. Ou seja, é hora de parar por um momento e rever as ações.

Porém, se os resultados ficarem acima dos 0,8 também é motivo para se preocupar, uma vez que isso significa que os OKR estão muito fáceis e, por isso, não apresentaram nenhum desafio. Esse também é um indicador de que a sua empresa precisa reavaliar os objetivos e torná-los mais desafiadores.

Conclusão

A metodologia OKR ganhou muita popularidade por causa de sua implementação de sucesso no Google, no entanto, muito mais do que um assunto do momento, essa é uma importante ferramenta para engajar os colaboradores e trazer resultados efetivos para a sua empresa.

É verdade que ela exige uma mudança de cultura e comportamentos, tanto por parte da diretoria, quanto pelos colaboradores. No entanto, quando implementada da forma correta, com transparência e acompanhamento constante, seus resultados trarão muito mais vantagem competitiva e mobilização das equipes do que qualquer outro método “tirano” de cobrar resultados.

Não se esqueça que os objetivos determinados devem ser desafiadores, porém possíveis de serem alcançados. Envolva a sua equipe e mostre a importância e os benefícios que essas metas trarão para todos e não se esqueça de dar feedbacks constantes e prover as ferramentas necessárias para que cada indivíduo faça o seu melhor.

calculadora-indicadores

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of