Entenda a relação entre pesquisa de clima organizacional e treinamento

Tempo de leitura: 8 minutos

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, no qual você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Toda empresa que preza pela qualidade de vida dos seus funcionários realiza, periodicamente, uma pesquisa que mede o clima organizacional do estabelecimento, de maneira a colher dados importantes que envolvem o ambiente de trabalho como um todo.

Assim, para obter informações relevantes sobre o clima de trabalho dentro do local, é preciso contar com o feedback dos colaboradores, que muitas vezes pode agregar valor para que mudanças que se façam necessárias possam ser realizadas.

A pesquisa de clima organizacional comporta perguntas essenciais sobre diferentes pontos relacionados ao ambiente de trabalho, formando um conjunto de aspectos de grande relevância, que impactam diretamente no potencial trabalho de cada funcionário.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Por isso, a pesquisa é de amplo valor para as organizações, resolvendo uma série de pendências que estejam acontecendo no momento e prejudicando o resultado da equipe.

Afinal, esse tipo de situação pode impactar diretamente os resultados da empresa e, por isso, deve-se investir em ferramentas que auxiliem na implementação de um ambiente mais harmonioso e eficiente.

Qual é a estrutura de uma pesquisa de clima organizacional?

Uma pesquisa de clima organizacional deve abordar diferentes pontos envolvidos na dinâmica de trabalho em um estabelecimento, fazendo perguntas relacionadas a cada um desses elementos, de maneira a colher informações gerais sobre a rotina do local.

Questões sobre o trabalho em geral

Para que um levantamento eficiente seja possível, é preciso analisar pontos sobre a dinâmica como um todo. Aos que se referem ao trabalho em si, é importante abordar questões como:

  • Há funcionários suficientes para o cumprimento do trabalho?
  • A carga horária é adequada ao tipo de atividade desempenhada?
  • É preciso investir em melhores ferramentas de trabalho?
  • A distribuição das funções foi realizada de maneira eficiente?

Esses questionamentos são importantes, principalmente para que o funcionário não se sinta sobrecarregado, e para que ele possa desempenhar a sua função de maneira plena, oferecendo um bom serviço.

Para a realização de uma manutenção de cilindros, por exemplo, é preciso considerar que um funcionário necessita das ferramentas adequadas para qualquer conserto que seja necessário, levando em conta que muitas vezes essa é uma atividade que demanda o suporte de outro colaborador, ou que talvez o trabalho possa exigir um período mais extenso para a sua realização.

Todas essas questões devem ser levadas em conta e, para que elas possam ser discutidas e solucionadas, entra a pesquisa de clima organizacional, que representa uma ferramenta de apuração dessas necessidades para que elas possam ser resolvidas.

Os funcionários e a empresa

Depois, na relação dos funcionários entre si e também com a empresa, é possível considerar as respostas para as seguintes perguntas:

  • Há uma boa comunicação da empresa com seus colaboradores?
  • Existe colaboração entre os integrantes da equipe?
  • Os departamentos se relacionam de maneira adequada?
  • Os líderes desempenham bem a sua função?
  • O funcionário é bem reconhecido pelo seu gerente?

A comunicação interna é de grande importância para um ambiente de trabalho mais eficiente e preparado.

A empresa precisa ter sempre no seu horizonte que o funcionário é parte integrante dos bons resultados do negócio, e por isso é necessário que a relação seja sempre melhorada.

Outro ponto fundamental é o da construção de uma equipe bem entrosada, em que o trabalho de um seja sempre beneficiado pela ação do outro.

Independentemente do segmento da empresa, isso é importante para qualquer equipe.

Isso pode ser visto, por exemplo, desde a primeira etapa da construção de um telhado, onde a instalação de uma estrutura, realizada por um bom funcionário, é responsável pelo perfeito encaixe das telhas perfil steel frame, fase que será executada por outro colaborador, já que o trabalho nunca é feito individualmente.

Ou em uma empresa de confecção têxtil, onde o projeto é iniciado pelo conhecimento de um responsável pelo design de peças. Assim, após a realização do protótipo da roupa, o serviço é passado para a costureira, depois para setor de tinturaria, de secagem, até chegar ao final, onde uma etiqueta bordada para roupas é a parte final da confecção da peça.

Todo esse processo é fundamental para o sucesso da confecção, que precisa ter uma equipe bem alinhada e disposta a trabalhar em conjunto para oferecer um serviço de qualidade.

Tudo isso envolve necessariamente bons líderes e gerentes, que precisam estar atentos às necessidades de cada setor e colaborador, promovendo os meios para que o trabalho seja bem executado.

O funcionário e a sua função

Na pesquisa de clima organizacional também é preciso que o funcionário fale mais sobre o seu próprio cargo, respondendo alguns questionamentos sobre:

  • O colaborador recebe o suporte de que precisa?
  • O ambiente interno oferece meios para promoção?
  • A empresa investe na formação e capacitação do funcionário?
  • O salário é adequado ao seu desempenho?

Todas essas questões visam a melhoria do ambiente de trabalho como um todo.

Isso inclui, por exemplo, a preocupação que uma empresa especializada na coleta de resíduos perigosos deve ter, proporcionando um uniforme e ferramentas de trabalho necessárias para que o funcionário desempenhe bem a sua função, sem que sua saúde ou integridade física sejam prejudicadas, e investindo também na capacitação da mão de obra para que o colaborador possa realizar a atividade de maneira adequada.

Ou ainda sobre o treinamento e as ferramentas de trabalho necessárias para que um vendedor possa atender bem ao seu cliente durante a negociação de uma locação de compactador de solo e de outros equipamentos utilizados em um canteiro de obras.

Além disso, um dos pontos mais específicos, que trata de cada colaborador individualmente, é o do salário.

Isso porque, um funcionário que recebe o pagamento adequado para o serviço que ele presta é, sem dúvida, um colaborador mais satisfeito do que aquele que se sente prejudicado nesse aspecto.

Isso envolve não apenas a sua capacidade, mas também a formação que um funcionário deve ter para exercer a sua função.

É consenso de que um profissional ligado a área de análises e mineralogia tem formações específicas para atuar utilizando um microscópio de polarização e identificando minerais, o que certamente valoriza a sua mão de obra e, por isso, ele deve ser remunerado adequadamente.

Sendo assim, após aplicar uma pesquisa de clima organizacional dentro do estabelecimento, é preciso encontrar meios para solucionar as dificuldades encontradas no ambiente de trabalho, tornando a rotina mais produtiva e aumentando a qualidade de vida dos profissionais.

Pesquisa de clima organizacional: treinamento e outras soluções

Após colher dados fundamentais para modificar positivamente o ambiente de trabalho, é preciso colocar em prática algumas das principais soluções encontradas.

Sendo assim, a primeira e mais notável delas é o treinamento dos funcionários, que envolve não apenas a capacitação para desempenhar outras funções, mas principalmente para motivá-los.

Quando um colaborador se sente apto para desempenhar o seu trabalho, isso repercute de maneira produtiva na empresa, afinal a atividade pode ser executada com mais excelência e em menor tempo.

Além disso, a motivação entra como aspecto determinante do ambiente do trabalho, pois pode promover melhorias visíveis.

Existem diferentes maneiras de motivar os colaboradores, sendo algumas delas:

  • Palestras e reuniões;
  • Bonificações e premiações;
  • Aumento de salário e promoção de cargo;
  • Capacitação e investimento, etc.

As palestras e as reuniões podem ser indispensáveis dentro de um processo de motivação dos funcionários.

Afinal, essas ocasiões promovem maiores conhecimentos e ajudam na comunicação interna da empresa, de modo a facilitar grande parte dos processos.

Depois, investir em estratégias de prêmios e bônus podem ser estimulantes para grande parte da equipe. 

Assim, se uma empresa especializada na venda de tanques de armazenamento deseja alavancar as suas vendas, tendo como objetivo melhorar também a remuneração dos funcionários, pode investir em premiações para o melhor vendedor do mês, por exemplo.

Esse pode ser um bom motivador também no sentido de promover os colaboradores, o que faz com que a remuneração deles seja também maior.

Além disso, é preciso investir na capacitação da mão de obra dos funcionários, o que representa benefícios não somente para a empresa, mas para o próprio colaborador, que adquire maiores conhecimentos dentro do seu segmento de atuação.

Assim, se uma empresa presta o serviço de manutenção de equipamentos como o aquecedor a gás harman, ela pode oferecer um treinamento para que os seus técnicos sejam habilitados a realizar ajustes nos mais diferentes modelos de aquecedores, o que faz com que eles ganhem mais experiência e ainda torna possível realizar um maior número de atendimentos.

Por isso, uma pesquisa de clima organizacional tem grande fundamento para melhorar os resultados de uma empresa, estando intimamente ligada ao investimento em treinamentos e em outras técnicas de endomarketing, que podem ser diretamente responsáveis por aumentar o engajamento dos funcionários e possibilitar maiores resultados para uma empresa.

Aproveite a sua visita para entender — definitivamente — tudo sobre clima organizacional em nosso Guia completo!

0 0 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments