Qual a diferença entre employer branding e employee experience?

Tempo de leitura: 9 minutos

Todos os dias surgem termos e conceitos, que em primeiro momento podem causar confusão. Para ser um bom profissional é importante estar por dentro dessas tendências e novidades, como o employer branding e employee experience.

Constantemente, aparecem novas formas e técnicas que permitem modificar as atividades corporativas e melhorar o ambiente de produção. Dentro do mercado do RH, as novas tendências são o employer branding e employee experience, conceitos usados para valorizar o colaborador e a marca da empresa. 

A valorização da parceria entre empresa e colaborador é primordial para alcançar objetivos e resultados esperados pela organização. A seguir, vamos explicar e falar como aplicá-los, confira!

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O employer branding

O employer branding é um termo usado para valorizar a marca empregadora. O objetivo é criar uma lugar diferenciado de trabalho e deixar a empresa cativante para atrair e manter talentos.

Manter profissionais talentosos e qualificados na empresa gera bons resultados à corporação, afinal, esses profissionais são comprometidos e produtivos. Isso diminui gastos com a rotatividade, além da relação de confiança construída entre empresa e funcionário, bom para os dois lados. 

Um empresa focada em pilares que valorizam missão, visão e valores, que reconhecem a importância do colaborador tende a ser mais sucedida no mercado. O employer branding é um projeto que demora a ser consolidado, por isso é importante planejar períodos de curto médio e longo prazo. 

Uma boa programação incluiu um cronograma de prazos para resultados, um planejamento de curto prazo compreende um período entre 3 a 6 meses. Já o de médio prazo é estimado entre 1 a 3 anos. Por fim, o planejamento de longo prazo compreende mudanças na empresa com resultados a partir de 5 anos. 

Uma organização com um bom planejamento de employer branding tende a ter funcionários mais capacitados e motivados. Essa motivação não precisa ser, necessariamente, bônus financeiro. É possível agradar e incentivar o profissional sem mexer na estrutura financeira da empresa. 

As corporações podem oferecer diversos benefícios que motivem os colaboradores. Algumas medidas simples e de baixo custo podem motivar os funcionários rapidamente e aumentar a produtividade e engajamento na empresa. É possível agradar o funcionário com a flexibilização de horários, reconhecimento com brindes, capacitação profissional, quebra de rotina e feedback. 

O feedback quando é indispensável para um crescimento saudável e uma relação de confiança entre gestores e colaboradores. Ouvir e falar com o colaborador é uma grande sacada para auxiliar no desenvolvimento profissional, além de ser uma forma de reconhecimento pelo trabalho realizado. O feedback pode ser, oral ou escrito, individual ou em grupo, o importante é reconhecer e estar disposto a falar e ouvir o colaborador.  

Para implementar o employer branding também é importante pensar nos objetivos, recursos disponíveis e indicadores para mensurar os dados. A preparação da empresa antes da implementação de um projeto é fundamental para ele ser bem sucedido. 

É comum que novas implementações organizacionais falhem por falta de planejamento, um fator fundamental para que os projetos tenham sucesso. Para obter êxito é primordial saber conduzir e gerenciar bem um novo projeto.

Outra boa forma para uma gestão próspera é separar e trabalhar os grupos de colaboradores. É comum ter segmentos distintos na empresa, quando separando em grupos é mais fácil definir os prioritários e trabalhar cada um da forma necessária.

Cada grupo carrega características diferentes, um grupo vulnerável a problemas internos tende a ter um rendimento mais baixo em relação aos outros grupos. Isso pode alterar o desempenho e a produtividade dentro da corporação. 

O employee experience

Também chamado de experiência do colaborador, o employee experience é a vivência do funcionário dentro da empresa. Ou seja, desde o contato como possível candidato até o rompimento do vínculo com a empresa, seja de forma voluntária, involuntária ou por aposentadoria. 

Uma boa experiência garante que os colaboradores sintam-se orgulhosos e motivados a trabalhar na organização. Ao preocupar como o colaborador se sente dentro da empresa, as organizações têm funcionários mais engajados, motivados, fiéis e comprometidos.  

O colaborador com boas experiências têm vínculo forte com a empresa, o que deixa a organização com uma boa imagem e bons índices de fidelização. Já os colaboradores insatisfeitos, seja com tarefas indesejadas ou mau relacionamento com outros colegas, tendem a ter baixos níveis de produtividade e elevam o grau de rotatividade. 

Ao preocupar com as experiências que ocorrem dentro da empresa, os resultados trazem colaboradores mais valorizados e com sentimento de pertencimento, o que gera profissionais mais engajados e motivados, e diminuem as taxas de rotatividade. 

A rotatividade de funcionários prejudica a imagem da empresa, além de afetar o quadro econômico. Demitir e contratar um profissional gera gastos, por isso, é melhor investir nos funcionários e incentivá-los.

Para oferecer uma boa experiência ao colaborador dentro da organização, alguns métodos que podem ajudar são:

  • ter bom canal de comunicação: antes de qualquer mudança, por menor que seja, é importante ouvir os colaboradores, isso demonstra atenção e interesse na opinião e bem estar deles; 
  • flexibilidade de horário: quando o colaborador tem um ambiente que pode flexibilizar o horário e resolver problemas particulares ele sente mais valorizado, motivado e engajado com a organização. O funcionário entende que a empresa tem preocupação com ele, principalmente se tratando de questões que envolvem saúde; 
  • relações sociais: a socialização entre os colaboradores é um componente essencial para  incentivar as relações e bom convívio entre eles. Essas relações aumentam a união do grupo e a satisfação com a empresa, e pode ser feito de formas simples como pequenas comemorações de aniversários e datas especiais;
  • ambiente de crescimento: colaboradores que sentem que podem crescer dentro da empresa são mais motivados. É comum um profissional escolher o trabalho não somente pelo salário, mas também pelas contribuições e possibilidade de crescimento. A oportunidade de ser reconhecido e contemplado faz o profissional render mais;
  • promoção de boa saúde: uma organização que se preocupa com a saúde do funcionário tende a menos problemas com colaboradores doentes. Um ambiente que prejudica a saúde dos funcionários reflete na empresa, como queda de rendimento e afastamento por estresse, depressão, etc;
  • rotina: quebrar a rotina do colaborador, isso demonstra apreço pelo trabalho realizado. Pequenos gestos chamam a atenção e deixam os funcionários encantados e mais comprometidos com o trabalho; 
  • compartilhamento de conquistas: todo triunfo dentro da organização é resultado de um trabalho em equipe de pessoas que realizam um conjunto de ações. Ao compartilhar com os colaboradores um objetivo alcançado a empresa reconhece a importância da função dele para alcançar o objetivo. Isso o motiva e incentiva a continuar o trabalho em alto rendimento;
  • parcerias: fazer acordo com estabelecimentos próximos à empresa e que beneficiem os funcionários também costuma a ser uma estratégia bem sucedida. Quando o colaborador tem desconto em academias, restaurantes e escolas, ele sente mais especial para a empresa e fica mais motivado; 
  • conhecer o colaborador: demonstrar atenção e interesse nas habilidades e características do profissional também auxilia na motivação. Conhecer bem o colaborador, os objetivos pessoais e profissionais transmite um sentimento de afetividade, dessa forma, ele se sentirá mais motivado e engajado com a empresa.

O marketing no employer branding e employee experience

O setor de marketing é o responsável por criar estratégias de confiança entre a corporação e os clientes, para vender uma boa imagem da empresa. Já o setor de recursos humanos tem o dever que buscar e manter talentos na empresa, além de criar estratégias para engajar e motivar os colaboradores, para criar um vínculo de confiança entre empresa e funcionário.   

Embora contemplem diferentes públicos, a área de recursos humanos junto com o  Marketing possuem uma missão para implementar o employer branding e employee experience dentro das corporações. 

Para atingir bons resultados, as organizações apostam cada vez mais na boa interação entre o RH e marketing. Nesse aspecto, o RH traz as informações dos colaboradores da empresa e o marketing reúne as informações vindas de fora. Juntos é possível fazer a construção e manutenção da identidade de uma marca. 

Se a organização tem a intenção de atrair bons profissionais é preciso colocar essas duas áreas para trabalharem lado a lado. Juntos, esses dois setores auxiliam no fortalecimento da marca dentro e fora da empresa, o que gera crescimento e retorno financeiro.  

Diante da quantidade de informações que surgem todos os dias é muito importante que o profissional saiba o que está acontecendo no mundo, principalmente atualizações sobre a sua área. Independente da função exercida o profissional deve estar conectado às novas tendências.

Frequentemente, novos termos e conceitos permitem criar uma nova visão das atividades do trabalho. Estar por dentro das constantes atualizações do mercado é um grande diferencial competitivo, uma potente ferramenta para o profissional que deseja se manter ativo no mercado.    

Agora que você já entende tudo sobre as tendências e termos usados no meio do RH e está expert em employer branding e employee experience, compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais.


2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Giuliano SalesEliana Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Eliana
Visitante
Eliana

Excelente texto! Orientador e esclarecedor! Agora compartilhar e focar em trabalhar juntos!

Giuliano Sales
Editor

Ficamos felizes que tenha gostado, Eliana.
Acompanhe nossas produções. Se preferir, assine a nossa newsletter!
Abraços.