E-learning: o que é e qual sua importância na gestão

Tempo de leitura: 10 minutos

Profissionais e empresas alcançam resultados incríveis quando investem na capacitação contínua. Hoje, já é possível adquirir cursos, palestras e oficinas como uma alternativa para que a organização promova treinamentos internos. Nesse cenário, o e-learning se destaca como a ferramenta ideal para que a capacitação seja alcançada de maneira facilitada, barata e eficaz.

Por meio dessa estratégia, o colaborador aprimora conhecimentos, competências e a companhia desenvolve habilidades específicas para o negócio, conquistando maiores índices de produtividade com a gestão de pessoas. 

Neste post, falaremos um pouco mais sobre as vantagens do e-learning para a gestão de pessoas. Acompanhe!

O que é e-learning?

No campo da educação, o e-learning foi a saída encontrada para fomentar a capacitação de pessoas sem a necessidade de deslocamento físico e investimentos absurdos. No universo dinâmico, buscamos por processos mais ágeis e financeiramente acessíveis para representar uma constante.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O termo vem do inglês, significa “aprendizagem eletrônica” e está relacionado ao modelo de ensino que se baseia no uso da tecnologia e dos ambientes virtuais. Os cursos, treinamentos e graduações e-learning acontecem online, ou seja, dispensam encontros presenciais.

Qual a importância do e-learning para as empresas?

O ensino eletrônico é uma ferramenta essencial para as companhias que desejam investir na educação de seu pessoal. Além de ser uma modalidade de ensino mais barata, o e-learning também permite a personalização dos conteúdos e o acesso ilimitado ao que é compartilhado no ambiente de aprendizado. Conheça mais alguns dos benefícios para gestão estratégica de pessoas:

  • os conteúdos podem ser atualizados de acordo com a necessidade;
  • as plataformas permitem a personalização dos conteúdos transmitidos;
  • o acesso é facilitado e com ampla flexibilidade de horários;
  • o aluno pode definir o próprio ritmo de aprendizagem;
  • o material pode ser acessado pelo aluno mesmo depois que ele se forme;
  • os custos são menores se comparados com métodos convencionais;
  • o aluno não precisa dispor de grandes períodos de tempo para as aulas;
  • a empresa pode formar turmas muito grandes de funcionários ao mesmo tempo;
  • a companhia pode apresentar o mesmo curso para todos, mesmo que conte com unidades em outras cidades, estados ou países;
  • é possível registrar a presença e acompanhar o desenvolvimento dos alunos;
  • o e-learning dispensa custos com transporte, hospedagem e alimentação;
  • o modelo desperta o desejo de aprender e a vontade de desenvolver habilidades.

Os benefícios do e-learning para a gestão estratégica de pessoas

A facilidade e a comodidade do ensino nessa modalidade permitem que as empresas desenvolvam cursos específicos para as suas necessidades. Uma companhia que deseja reforçar a importância da qualidade, por exemplo, pode criar um treinamento com essa intenção. Assim, os colaboradores serão capacitados e poderão aplicar esses conhecimentos no processo produtivo.

O valor estratégico do RH tem ganhado cada vez mais espaço, e o E-learning é repleto de vantagens para a gestão de pessoas, como:

  • especialização dos recursos humanos: como os cursos podem ser personalizados, a empresa tem a chance de desenvolver habilidades muito específicas para o negócio em que atua;
  • redução de custos: sem a necessidade de encontros presenciais, gastos com locomoção, estadia e alimentação caem para zero. O valor economizado pode ser aplicado em outras iniciativas;
  • gestão das competências: por meio do ensino eletrônico a empresa pode capacitar os funcionários no sentido de encorajar e fortalecer as competências organizacionais;
  • nivelação de conhecimento: como os cursos não acontecem em local físico, por exemplo, em uma sala de aula, há a possibilidade de um setor ou departamento inteiro se formar por vez.

Conheça as variedades de e-learning

O e-learning pode ser trabalhado de duas formas, a mais comum por meio de cursos online, voltados para instituições de ensino, com cursos livres, escolares em geral ou universitários, por exemplo. Por se tratar de uma área extensa o conteúdo pode ser dos mais variados tipos. 

A segunda forma utilizada é o e-learning corporativo, que tem o objetivo de trabalhar educação nas empresas de forma inovadora e dinâmica. Independente da quantidade de colaboradores, nos dois casos, é indispensável o uso de uma plataforma para proporcionar os recursos e finalidades que criem o melhor ambiente para os alunos. 

O ensino eletrônico corporativo tem o intuito de alcançar resultados previamente estipulados, por isso, ele se constrói com base na prática coordenada dos recursos humanos ou de gestão de pessoas.

Já o e-learning educacional é mais conhecido e utilizado por muitas instituições de ensino presencial e tradicional. Ele tem como foco se adaptar às novas formas e práticas de consumo das pessoas, ou seja, os meios eletrônicos.

Para tal, o ensino é realizado por meios de cursos online, que podem ser de vários segmentos e variedade, de acordo com a necessidade, recursos e demandas de cada área da empresa. Ainda, pode haver cursos livres, preparatórios, técnicos e universitários. 

Banner_Planejamento_de_treinamento_por_Perfil

Como tornar o e-learning um sucesso?

Toda instituição que busca desenvolver uma cultura educativa das equipes pode implementar o e-learning. O processo para produzir a educação online é o mesmo, independente do tamanho da empresa. 

Logo, é importante lembrar que pode ser utilizado por empresas que atuam em diversos segmentos ou que apresentem modelos de negócios variados. Contudo, para que os cursos e treinamentos sejam bem desenvolvidos é necessário seguir alguns passos, como veremos a seguir.

Planejamento

O primeiro passo para implementar um e-learning com sucesso é fazer um planejamento detalhado. Aqui, devem constar os dados dos colaboradores, como pontos fracos e fortes. Além disso, é importante listar quais os temas serão abordados, bem como o tipo de conteúdo que os colaboradores têm mais afinidade. 

Plataforma

Com planejamento pronto é hora de escolher a plataforma que vai gerenciar o conteúdo para os colaboradores. Nessa ferramenta, os cursos e treinamentos devem ser montados, com possibilidade de agrupar conteúdo e armazenar todos os dados dos participantes. 

Além disso, a plataforma deve ser de fácil acesso e oferecer diversas possibilidades para que os colaboradores possam interagir entre si, como fóruns interativos e dinâmicos. 

Roteiro

É importante que nessa etapa seja desenvolvido um roteiro, separando conteúdos e os módulos identificados, bem como o formato em que os materiais serão produzidos.

Para tornar mais dinâmico e profundo, é aconselhável aproveitar as possibilidades digitais e produzir conteúdos, como videoaulas, podcasts, e-books, infográficos, além de exercícios mais interativos, no estilo de quiz ou questionários.

Produção  

Aqui é o momento em que os cursos e os treinamentos serão criados. Essa etapa deve ser feita com base nos dados recolhidos no planejamento, a partir das necessidades identificadas. A produção precisa visar o conhecimento e desenvolvimento das habilidades desejadas. 

Divulgação 

É essencial estabelecer as estratégias de divulgação para que o curso alcance todos os profissionais e a equipe como um todo. Para tanto, faça uso de e-mails marketing, conversas diretas com os colaboradores e de reuniões. É importante que essa ação seja sempre direcionada ao time ligado ao curso.

Objetivo

É importante, antes de seguir com planejamento do curso, que todos os objetivos estejam traçados. Ainda, é ideal saber o que almejar de retorno, entender quais equipes deverão ser alcançadas, como serão atingidas e o que se espera depois do curso feito. 

Investimento

Para tornar o e-learning um verdadeiro sucesso é preciso ter análise métrica para calcular o retorno sobre o investimento. Assim, é possível indicar e saber o quanto a empresa está ganhando ou perdendo nesse investimento com os cursos a distância. 

Nessa etapa, é importante que o RH analise as medidas que foram usadas e a tecnologia, para saber o valor do investimento e o retorno para a empresa.

Por que usar o e-learning para o desenvolvimento dos colaboradores?

Uma das melhores formas de investir em um colaborador é fazer uma análise do perfil dele. Com base nisso, será possível compreender os pontos fortes e fracos e, com essas informações, criar um curso direcionado ao profissional.

O e-learning cria treinamentos a distância que trazem diversos benefícios, tanto para a empresa quanto para os colaboradores. Por meio desses cursos, o participante consegue desenvolver as competências de forma eficaz, isso porque o ensino eletrônico tem formas inovadoras para auxiliar nessa passagem de conhecimento.

Além disso, cursos a distância também aumentam a motivação dos colaboradores e diminuem erros e dúvidas que podem atrapalhar a execução das tarefas. Assim, com tudo esclarecido, o colaborador fica mais confiante e motivado com o trabalho. 

O colaborador também passa a ter uma aprendizagem mais ativa, uma vez que, estudando com auxílio de dispositivos móveis, como smartphones, tablet ou notebook, ele está mais perto de ferramentas de busca, o que facilita caso sinta a curiosidade ou dúvida de um conteúdo específico. 

Quais as estratégias de resultados?

Os ganhos pessoais, profissionais e corporativos alcançados com o e-learning são inestimáveis quando pensamos que o conhecimento é um dos bens mais preciosos que uma pessoa ou uma empresa pode adquirir.

Estrategicamente, o ensino eletrônico é uma ferramenta indispensável para as equipes de gestão de pessoas que estão interessadas em desenvolver o potencial de seus times. Logo, o e-learning traz diversos benefícios para os colaboradores e, consequentemente, para a empresa. 

Com o ensino online os colaboradores podem melhorar os pontos fracos, além de suas habilidades, bem como descobrir novas. Ainda, o treinamento eletrônico é considerado uma ferramenta barata e que pode ser adotada por qualquer empresa, independente do tamanho ou do seguimento. 

O e-learning também traz o benefício de não ter a necessidade de investimento em transporte, hospedagem e alimentação. Além disso, permite registrar e monitorar a presença dos colaboradores. Para além, as plataformas trazem a personalização dos conteúdos direcionando para a característica de cada equipe da empresa.

Investir no aprendizado via e-learning deixa os colaboradores mais engajados e motivados com a empresa, além de despertar o interesse em novos conteúdos ou aprofundar em algum curso específico. Quanto mais preparado o profissional estiver, mais resultado ele trará para o negócio.

Agora que você já entendeu a importância e as vantagens do curso online para a gestão estratégica de pessoas, que tal descobrir como é o desenvolvimento profissional de colaboradores por perfil comportamental?


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of