Documentos para admissão: quais são os necessários?

Tempo de leitura: 3 minutos

Quando falamos em documentos para admissão de um colaborador, até o analista de RH mais experiente pode ficar confuso. É comum ocorrerem equívocos ou esquecimentos na hora de reunir toda a papelada. 

A admissão é um processo complexo e exige uma série de cuidados, principalmente em relação à legislação trabalhista, previdenciária e tributária vigentes no país. Não podemos esquecer que a lei trabalhista passou por reforma recente e todos os detalhes devem ser observados.

Por isso, a atenção deve ser redobrada na hora de organizar os documentos para admissão. Neste artigo, vamos apresentar um check list básico para você tirar de letra a burocracia e organizar a contratação de colaboradores na sua empresa. 

O primeiro passo

Depois de selecionado, o novo colaborador deve passar pelo exame médico admissional. A contratação começa assim, antes mesmo de reunir os documentos exigidos pela lei trabalhista. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O exame médico compreende a avaliação clínica do candidato à vaga e é uma etapa indispensável no processo de contratação, na qual é feita uma análise ocupacional do futuro contratado, além de teste físico e mental. 

Desse modo, o processo é simples e realizado por um clínico geral. Apenas casos em que os colaboradores serão expostos a riscos ocupacionais são solicitados exames complementares e mais específicos. 

Os custos do atestado médico admissional são responsabilidade do empregador. Depois desse primeiro passo, é hora de reunir os documentos para admissão. 

Nova call to action

Checklist dos documentos para admissão

Agora, listaremos todos os documentos necessários para a contratação do colaborador. Entenda que eles são indispensáveis e devem ser apresentados tanto pela empresa quanto pelo contratado. Confira a seguir!

Documentos que devem ser apresentados pela empresa:

  • declaração de dependentes para fins de Imposto de Renda na fonte;
  • declaração de rejeição ou de requisição do vale-transporte;
  • contrato individual de trabalho;
  • ficha de salário-família;
  • livro ou ficha de registro de empregado.

Documentos a serem apresentados pelo colaborador:

  • atestado médico admissional;
  • carteira de identidade;
  • foto 3×4;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS);
  • cartão de identificação do contribuinte no Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • título de eleitor com os comprovantes de votação nas 3 últimas eleições;
  • cartão de inscrição no Programa de Integração Social (PIS);
  • certificado de reservista, caso o trabalhador tenha menos de 45 anos;
  • cópia do comprovante de residência;
  • cópia do comprovante de escolaridade;
  • CNH, para cargo ou profissão que exija a utilização de veículos;
  • cópia da certidão de casamento, se for o caso;
  • cópia da certidão de nascimento de filhos de até 21 anos;
  • carteira de vacinação dos filhos menores de 7 anos;
  • comprovante de frequência escolar dos filhos maiores de 7 anos;
  • atestado de invalidez dos filhos de qualquer idade, se for o caso.

Esses documentos são exigidos para proteger a empresa em eventuais fiscalizações realizadas pelo Ministério do Trabalho e também para garantir direitos trabalhistas previstos em lei. 

Ainda, os documentos para admissão representam o histórico do colaborador ou da colaboradora na empresa. Após dar entrada no RH, o empregador deve anotar na CTPS a data de admissão do funcionário, a remuneração e outras informações relevantes. 

Depois dos registros, o empregador tem 48 horas para devolver a carteira ao funcionário. E não se esqueça: caso o novo colaborador não tenha cadastro no PIS, a empresa deve fazer o encaminhamento, além de incluí-lo no Cadastro de Empregados e Desempregados (CAGED).

Pronto! Reunindo todos os documentos para admissão listados acima, é possível enfrentar a burocracia e se destacar como um excelente recrutador. O conteúdo foi útil? Então, continue sua leitura e saiba mais sobre admissão e como fazê-la de maneira correta!

4.6 8 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
PEDRO BERBEL JUNIOR DE JESUS
PEDRO BERBEL JUNIOR DE JESUS
11 meses atrás

Obrigado muito importante esta informação…

Giuliano Sales
Admin
11 meses atrás

Oi, Pedro. Tudo bem?
Ficamos felizes que você tenha gostado das nossas informações.
Esperamos vê-lo em outros conteúdos que abordam o assunto e o universo do RH.
Abraços

EDUARDO HAIN TABORDA
EDUARDO HAIN TABORDA
11 meses atrás

Bom dia, estou com uma dúvida, com a entrada em vigor da CTPS Digital ainda é necessária a apresentação da CTPS física?

Giuliano Sales
Admin
11 meses atrás

Ei, Eduardo, tudo bem?
Não é obrigatório, é uma medida de segurança para a empresa como uma forma de resguardar.
Mas não é mais obrigatório desde o e-Social.
Abraços.

Karina
Karina
11 meses atrás

Parabéns. Pelo ótimo conteúdo.

Giuliano Sales
Admin
11 meses atrás
Reply to  Karina

Oi, Karina, tudo bem?
Ficamos alegres em saber que o conteúdo ficou do seu agrado.
Estamos trabalhando cada vez mais para conseguirmos alcançar produções de valor para você.
Continue nos acompanhando!
Abraços!