Desenvolvimento de liderança: Como identificar líderes no seu time

Tempo de leitura: 9 minutos

Sem tempo para ler? Aperte o play para escutar sobre desenvolvimento de liderança.

Todo profissional de RH deve saber a importância de conhecer as ferramentas para um bom desenvolvimento de liderança dentro da empresa. Afinal, quando a organização conta com bons líderes, ela impacta profundamente seus colaboradores, de forma positiva, proporcionando autonomia aos seus profissionais, incentivando-os a serem melhores e, principalmente, confiando em seus potenciais e auxiliando no desenvolvimento de suas competências técnicas e comportamentais

Logo, a escolha dos líderes corretos influenciará diretamente no crescimento dos negócios. Porém, mais importante que ter bons líderes, é identificá-los no seu time. Isso porque, desenvolver habilidades de liderança nos colaboradores é mais barato que buscar por outros profissionais no mercado, já que a empresa não correrá riscos de contratar alguém que não “dê match” com sua cultura organizacional.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Neste post, vamos apresentar algumas dicas para ajudar o RH a desenvolver e identificar novas lideranças dentre os talentos que já fazem parte da equipe. Ficou interessado? Então, continue a leitura!

O que é desenvolvimento de liderança?

Desenvolvimento de liderança trata-se de um processo de gestão de pessoas que tem como principal objetivo a criação e desenvolvimento de líderes dentre os profissionais que já colaboram com a empresa. Ele é composto por estratégias e ações que buscam desenvolver uma série de competências que são fundamentais para ocupar a posição. 

Nesse contexto, cursos e treinamentos se tornaram as melhores e mais completas ferramentas para um programa de desenvolvimento de liderança.

Papel da liderança nas organizações

O primeiro passo para ser um bom líder é entender quais são as suas responsabilidades e funções perante o cargo. Além disso, não basta que ele conheça suas tarefas dentro da empresa, também é necessário que ele esteja ciente de quais resultados seu time deve alcançar na empresa.

Assim, é papel do líder planejar o caminho que levará os colaboradores a alcançarem os resultados que a organização precisa, assim como determinar qual o papel de cada membro da equipe nessa trajetória e desenvolvê-los de acordo com seus perfis comportamentais. 

Ainda, por meio das ferramentas de gestão comportamental, os colaboradores se sentirão mais motivados e engajados em desempenhar o seu papel dentro da equipe e da empresa como um todo. 

Mais do que tudo, um bom líder deve inspirar sua equipe a ponto dos colaboradores se sentirem parte da empresa e de tudo que ela conquista. Logo, se ele conseguir impactar seus liderados dessa forma, certamente, será um líder de alta performance!

Diferenças entre chefe e líder

Muitos confundem esses termos, pois, ambos se referem a posições de poder. Mas existem grandes diferenças entre um chefe e um líder. Conheça agora as principais. 

Características do chefe

Geralmente, o chefe assume seu papel de poder de forma autoritária. Isso porque, ele foca mais na busca de lucros e resultados e menos nas pessoas envolvidas no processo para o alcance desses resultados. 

Assim, ele enxerga os integrantes do time como subordinados e não como colaboradores. Essa visão faz com que os profissionais se sintam desmotivados em expressar suas dúvidas e opiniões sobre as atividades e a empresa como um todo, cumprindo suas tarefas somente por obrigação. 

Características do líder

Um líder nato está sempre atento aos colaboradores e seus pontos fortes. Assim, ele cria ações e estratégias para utilizar os talentos da equipe, colocando-os no lugar certo e desempenhando papéis de acordo com suas soft e hard skills. Ainda, ele também sabe identificar seus pontos fracos e busca soluções para o desenvolvimento dos mesmos.

Além disso, um bom líder sabe ouvir sua equipe, oferece feedbacks construtivos e reconhece quando erra — atitudes essas que motivam os colaboradores, inspiram respeito e abrem espaço para uma comunicação transparente. 

Diferentes tipos de liderança

Cada líder tem seu próprio estilo de gerenciar, de acordo com objetivos e valores da empresa, área de atuação do negócio ou o perfil do time. Nesse contexto, nenhum dos estilos é melhor ou pior, mas todos têm seus prós e contras. Agora, abordaremos brevemente os principais tipos de liderança dentro das organizações.

Liderança autocrática

Considerado um tipo de liderança mais tradicional, pelo fato de que as decisões são centralizadas no líder. Aqui, os colaboradores também estão sujeitos a regras muito bem definidas. 

Nesse sentido, essa liderança pode ser considerada antiquada, pois não dá abertura para que os colaboradores se posicionem diante dos processos da empresa e também não há espaço para que eles contribuam com ideias ou sugestões.

Liderança democrática

Já nesse cenário, os líderes estão mais abertos à participação, sugestões e contribuições do time. Esse tipo de liderança é uma tendência nas organizações que têm como base a gestão de pessoas, por incentivar a democracia e demonstrarem preocupação com os colaboradores como pessoa. Além disso, a liderança democrática está sempre em busca de estratégias e ações para motivar, engajar e desenvolver seus liderados.  

Liderança liberal

O líder liberal conta com a capacidade de autogestão do time, o que não quer dizer que ele é ausente. Na verdade, ele tem as mesmas responsabilidades, como a organização e distribuição de tarefas. 

No entanto, esse estilo de liderança é indicada em equipes com profissionais mais experientes. Isso porque, esses colaboradores têm uma maior facilidade em trabalhar com níveis altos de autonomia e responsabilidade. Nesse cenário, o líder atua como um direcionador, de acordo com as situações e os níveis de maturidade dos seus liderados. 

Qual o perfil de um bom líder?

Para que um profissional se torne um bom líder, é necessário que ele aumente sua motivação e autoconfiança, para que possa inspirar seus liderados. Ainda, é fundamental que ele tenha um bom senso de humor e uma atitude positiva, já que, com sua posição, virão diversos desafios e responsabilidades diárias.

Além disso, existe um aliado na conquista de um perfil de liderança que é tendência nas organizações: o Coaching. Atualmente, há diversos cursos com técnicas e ferramentas exclusivas de coaching que possibilitam um profundo autoconhecimento. 

Assim, fica mais fácil para o profissional que deseja se tornar líder, desenvolver habilidades, competências e traçar objetivos, tanto individuais quanto para sua equipe e a empresa de forma geral — alcançando resultados incríveis. 

Os perfis comportamentais em posição de liderança

De acordo com a metodologia DISC, que é uma referência para a gestão de pessoas, conhecer o perfil comportamental de cada colaborador é fundamental para ter um time de alta performance.

Com os dados do mapeamento de perfil em mãos, o RH, juntamente com gestores e líderes, consegue tomar decisões mais assertivas, além disso, identifica o tipo de liderança presente em cada membro da equipe e desenvolve habilidades em que eles precisam melhorar. 

Mas é importante ressaltar que, não existe perfil melhor ou pior, uma boa liderança sempre estará alinhada com os objetivos da equipe e a diversidade de perfis dentro do time, que mesmo contando com habilidades distintas, complementam-se para alcançar os melhores resultados. Confira algumas particularidades da liderança de cada perfil. 

Comunicador

Esse tipo de líder está sempre aberto ao diálogo e gosta tanto de dar quanto receber feedbacks. Ele também tem facilidade na identificação de problemas e na resolução dos mesmos. 

Além disso, o líder comunicador tem grande poder de influência e persuasão, o que pode ser um ponto negativo, já que utiliza essas habilidades para atrair toda a atenção para si, o que pode fazer com que o time se sinta desmotivado em demonstrar suas ideias. 

Executor

O líder executor tem como principais pontos positivos: força, foco, determinação, praticidade e ação. Mas também tende a ser exigente na obtenção de resultados, por isso, chama a maior responsabilidade da equipe para si — o que, muitas vezes, faz com que ele ignore a opinião dos demais membros do time. 

Planejador

A pessoa que tem o perfil planejador raramente toma uma decisão sem cuidado, por não gostar de correr riscos. Logo, a posição de liderança pode não ser muito confortável para ele. 

Entretanto, essa característica também pode ser positiva, pois, mesmo que a resposta final de uma decisão seja dele, o líder planejador sempre pedirá a opinião do time primeiro, o que o torna um democrático, que traz motivação e engajamento para os colaboradores. 

Analista

Um dos pontos fortes do líder analista está na sua habilidade em resolver desafios e conflitos de forma lógica e analítica. Além disso, os analistas prezam pela rotina e organização, fatores essenciais para que uma equipe desempenhe seu papel com excelência. 

Mas por serem pessoas lógicas e analíticas, esse tipo de líder precisa estar atento para não deixar de lado a gestão comportamental e se concentrar somente nos processos operacionais. 

Qual é o melhor perfil?

O objetivo do post é mostrar que um líder pode ser identificado e bem desenvolvido em qualquer profissional independentemente do seu perfil comportamental. Assim, para um bom desenvolvimento de liderança, basta que o profissional esteja aberto ao desenvolvimento e ao diálogo, além de prezar pela valorização do capital humano, incentivando seus liderados conforme suas forças e fraquezas para conquistar o engajamento e a motivação da sua equipe.

E se você quer entender melhor como desenhar cargos de liderança conforme os interesses da empresa, a Sólides conta com um curso gratuito para aumentar sua efetividade na contratação e no desenvolvimento de liderança. 

4.5 2 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments