Veja como elaborar um treinamento e desenvolvimento para seus colaboradores

SAIBA MAIS

Aqui você encontra:

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Investir em treinamentos constantes para os colaboradores é uma forma de melhorar a performance da sua empresa em longo prazo. Por isso, é importante saber como elaborar um treinamento e desenvolvimento para sua equipe.

Quer saber o passo a passo para começar um programa de treinamento e desenvolvimento na sua empresa? Continue a leitura e confira!

Qual a importância do treinamento e desenvolvimento para as empresas?

No mundo corporativo, além de se preocupar com o seu produto e os diferenciais que ele entrega, é importante que a equipe esteja alinhada com as novidades e as tendências do mercado.

Por isso, investir em educação corporativa é uma das atitudes mais estratégicas e inteligentes que a organização pode ter. Mais do que conhecimento, os treinamentos corporativos oferecem benefícios, como:

  • Melhora da qualidade de execução do trabalho e o padrão de qualidade dos serviços prestados;
  • Redução de erros;
  • Alcance de objetivos;
  • Aperfeiçoamento da prática profissional;
  • Melhoria nos resultados;
  • Ajuda a lapidar talentos e a trazer novas soluções;
  • Prepara a equipe para uma nova função;
  • Agrega valor à imagem da empresa.

Quando a equipe recebe treinamentos holísticos ou conta com pessoas que possuem essas expertises extras, aumentam também as chances do cliente avaliar bem sua empresa.

Os benefícios não se limitam à empresa, já que o colaborador se desenvolve, adquire novas habilidades, expertises e pode dar um salto na carreira, tornando-se um profissional mais completo e competente. 

Esses treinamentos também podem ajudar a construir um plano de cargos e salários para os colaboradores.

Diferença entre treinamento e desenvolvimento

Antes de aprender como elaborar um treinamento e desenvolvimento, é importante deixar clara a diferença entre os dois. 

O desenvolvimento profissional trata da evolução de uma pessoa dentro da empresa e suas possibilidades de crescimento, ou seja, é um processo de longo prazo.

Já o treinamento serve para a pessoa aprimorar suas habilidades, conhecimentos e, assim, executar as atividades com essa bagagem em um período de curto prazo.

Aproveite e aprenda mais sobre o que é treinamento e desenvolvimento!

Como elaborar um treinamento e desenvolvimento para seus colaboradores?

Veja agora o passo a passo para implementar um plano de treinamento e desenvolvimento na sua empresa!

1 - Identifique as necessidades de treinamento 

O primeiro passo é identificar a necessidade do treinamento. O início de uma nova função, uma atualização da atividade ou uma reestruturação dos serviços prestados pela empresa são bons momentos que trazem novas demandas.

Para facilitar esse diagnóstico, existe uma ferramenta chamada levantamento das necessidades de treinamento (LNT) que ajuda a empresa a reunir algumas informações sobre o profissional como:

  • Nível de competências;
  • Atividades da rotina;
  • Dificuldade de executar tarefas.

Levantar treinamentos também é uma forma de alinhar propósitos entre gestores e colaboradores. É importante justificar o tempo e os valores empenhados nessa missão como um investimento e não como um gasto.

2 - Conheça o público-alvo do programa

A partir do levantamento das necessidades de treinamento é possível identificar quem precisa de capacitação em um determinado momento. Não necessariamente todos os colaboradores irão participar de uma vez.

Por isso, tenha em mãos informações como quantos funcionários estarão no programa de treinamento, quais cargos eles ocupam, tempo de empresa, média de idade, necessidades de aprendizado, etc.

3 - Defina os objetivos do plano de treinamento e desenvolvimento

Esse é um ponto fundamental para que o treinamento e desenvolvimento do time funcione. É preciso ficar claro para todos o que a empresa espera que cada pessoa alcance com a capacitação e quais os benefícios para a organização a longo prazo.

4 - Escolha o formato e a metodologia de ensino

O próximo passo é entender como os treinamentos serão aplicados, pois isso impactará na adesão e integração dos participantes.

Você pode optar por um modelo virtual, presencial ou até mesmo híbrido, com alguns cursos mais estratégicos sendo oferecidos na sede da empresa. 

Leia também: o que é treinamento online, como fazer e quais as vantagens

5 - Aplique o programa e monitore os resultados

Por fim, é hora de implementar seu programa de treinamento e desenvolvimento de pessoas!

Mas é importante ter um profissional ou mesmo uma equipe responsável pela administração do plano, bem como por colher feedbacks dos colaboradores e mensuração dos resultados.

Se um dos objetivos é melhorar a produtividade reduzindo custos, você pode fazer uma pesquisa para entender se:

  • Os colaboradores ainda estão perdendo muito tempo em uma determinada atividade?
  • O treinamento da equipe sobre o novo processo de automação reduz o trabalho manual?
  • A aplicação de uma nova tecnologia ajuda no gerenciamento de múltiplas tarefas?

Gostou das dicas de como elaborar um treinamento e desenvolvimento? Esperamos que esse conteúdo seja útil na hora de sugerir, planejar, elaborar e facilitar a rotina de treinamentos da sua empresa!

Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima