Veja por que o controle de ponto digital é vantajoso para as empresas

Tempo de leitura: 7 minutos

 Este conteúdo foi escrito pela equipe doTangerino sistema de controle de ponto. A solução permite que os colaboradores registrem o ponto de qualquer lugar e oferece diversas facilidades que transformam a gestão da jornada de trabalho dos colaboradores. Que conhecer a solução? cadastre-se e faça o teste grátis de 14 dias! 

O controle de ponto é uma atividade obrigatória no Brasil e, tanto para o empregador quanto para o empregado, um histórico fundamental para resguardar as relações de trabalho. 

Especialmente para as empresas, muito mais do que o controle do patrão sobre a jornada de trabalho do funcionário, a gestão do ponto é uma maneira eficaz de evitar ações trabalhistas, além de tornar a vida das empresas mais organizada.  Do ponto de vista do colaborador, essa gestão também permite um melhor acompanhamento de suas entradas e saídas.

O controle de ponto foi instituído pelo artigo 74 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Com a aprovação da Lei da Liberdade Econômica (Lei nº 13.874 de 20 de setembro de 2020), as empresas que têm mais de 20 trabalhadores devem registrar sua entrada e saída em ponto manual, mecânico ou eletrônico. 

Existem diversas formas de controlar as jornadas de trabalho, desde sistemas manuais até os alternativos. Neste artigo, você entenderá o que é o ponto digital e quais são as principais vantagens para as empresas, oferecidas por esse modelo.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

A importância do controle de ponto digital para as empresas

Em 2009, o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) publicou a Portaria 1510, que institui regras e obrigações para que as empresas passassem a aderir o Sistema de Registro Eletrônico de Ponto (SREP) da jornada dos funcionários.

A portaria 1510 também abriu caminho para a Portaria 373, que garante a possibilidade de utilização de sistemas alternativos de ponto pelas empresas, desde que esses sistemas estejam alinhados ao que preconiza a Portaria 1510, principalmente no que diz respeito à segurança e à legalidade.

Antes disso, como já mencionado, o controle de ponto já existia, porém, era feito de forma manual. Esse modelo deixava a gestão da jornada de trabalho suscetível a fraudes, erros de anotações, rasuras e até mesmo a alguns erros de operação, problemas que afetam, diretamente, o pagamento dos funcionários. 

O resultado: excesso de retrabalho, horas perdidas para revisar e consertar os erros na folha de ponto, além da queda de produtividade.  

O que é controle de ponto digital e como ele facilita a rotina das empresas

Imagine uma empresa com mais de 500 colaboradores, tendo a equipe de Recursos Humanos que lidar, diariamente, com admissões e demissões, férias, afastamentos, atrasos, faltas e horas extras. 

Com a instituição do ponto digital, a realidade das empresas, especialmente aquelas com muitos funcionários, ganhou uma nova dinâmica, principalmente na gestão do departamento pessoal. Com ele, todos esses controles passaram a ser feitos de forma ágil e com toda precisão e segurança.

Com o controle de ponto digital, disponível em um aplicativo, o próprio colaborador pode instalá-lo em seu smartphone ou acessá-lo de forma rápida e segura por um dispositivo da empresa, como um notebook ou tablet. 

Assim que os funcionários batem o ponto, a informação é imediatamente enviada para o sistema de gestão do ponto digital, que fornece uma série de dados organizados em um dashboard e em  relatórios que entregam informações fundamentais para o trabalho do departamento pessoal, como faltas e atrasos, horas extras, dentre outros dados necessários para a gestão dos recursos humanos da empresa.

Conheça 7 vantagens do controle de ponto digital para as empresas

Uma série de vantagens, para empresas que optam pelo uso do ponto digital, podem ser citadas. Mas, sem dúvidas, agilidade e segurança podem ser consideradas as mais importantes.

Veja os aspectos que tornam essa alternativa a mais interessante: 

1. Praticidade

Com o ponto digital, o colaborador realiza o seu registro mobile, via  smartphone, ou pelo computador, tablet, notebook. Além de ganhar em tempo, essa facilidade permite que ele tenha sempre por perto a possibilidade de marcar sua entrada ou saída, de onde estiver, até mesmo caso se encontre um pouco atrasado, sem, necessariamente, precisar se deslocar.

2. Confiabilidade na gestão dos colaboradores externos

Como controlar a jornada de trabalho daqueles colaboradores que fazem serviços externos? 

Hoje, com a tecnologia oferecida pelo ponto digital, além de permitir o registro do ponto a distância, alguns serviços oferecem o recurso da geolocalização (GPS), de forma que, ao registrar o seu ponto, o sistema fornece a localização exata do funcionário naquele momento.

Isso permite um significativo ganho de tempo, já que o funcionário não precisa passar pela empresa, antes de se dirigir ao trabalho.

3. Controle preciso do banco de horas

Como o ponto digital funciona totalmente online, o departamento pessoal tem acesso em tempo real sobre como o funcionário está batendo o seu ponto e, a partir disso, consegue fazer o cálculo automático das horas trabalhadas além da sua jornada diária, que passará a contar como banco de horas ou horas extras, conforme for a política da empresa.

4. Evita fraudes nos registros de ponto

Essa vantagem está diretamente ligada à segurança. Diferentemente do ponto manual, no ponto digital não há a possibilidade de adulteração do ponto, tanto por parte da empresa, quanto por parte do funcionário.

Isso porque, uma solução digital como o Tangerino pode solicitar que o funcionário tire uma foto no registro de ponto a fim de comprovar a sua identidade e, dessa forma, impede que uma pessoa se passe por outra. 

5. Otimização da rotina do departamento pessoal

Um dos principais problemas do departamento pessoal, sempre foi o excesso de burocracia, cálculos intermináveis e demoradas conferências das folhas de ponto. Com o ponto digital, cálculos de horas extras, adicionais noturnos e outras variáveis são contabilizadas de forma otimizada e entregues como relatórios, facilitando o trabalho do RH.

Além disso, ele permite que as empresas realizem análises estratégicas sobre esses dados e pensem em alguma ação ou mudança, gastar tanto tempo com o trabalho operacional. 

6. Diminuição das indenizações trabalhistas

A falta de controle das horas extras pode render uma série de problemas legais às empresas. Por diversos motivos, já citados, o DP pode cometer erros e deixar de contabilizar horas, o que pode levar o funcionário a acionar a justiça em busca dos  seus direitos. 

Com o uso do ponto digital e o acesso imediato às informações e a relatórios completos e objetivos, é possível que o departamento controle de forma mais eficaz as jornadas de trabalho, identificando rapidamente quando há algum erro ou horas extras a serem analisadas. 

7. Redução de custos

Após todas essas vantagens, a solução não seria completa se não entregasse uma economia financeira para as empresas, certo? E é exatamente essa a proposta do controle de ponto digital.

Eliminados os erros de cálculos, ações trabalhistas e excesso de tempo no fechamento da folha, o ponto digital entrega diversas soluções em um serviço, o que faz com que os gastos no final do mês sejam reduzidos.


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of