Sólides

Conheça 15 soft skills para desenvolver, exemplos e cursos!

Entenda as 15 soft skills para desenvolver e tornar-se um profissional requisitado, A principais dicas e acesso a cursos gratuitos!
Descubra quais soft skills são importantes e você precisa desenvolver
GARANTA SUA VAGA

Aqui você encontra:

Com o avanço das transformações no mercado e nas relações de trabalho, cada vez mais empresas estão percebendo que precisam de colaboradores com habilidades que vão muito além da técnica. Soft skills são competências relacionadas ao comportamento do indivíduo, muito mais atreladas à personalidade e às experiências, do que à formação profissional. Conheça algumas soft skills para desenvolver!

Neste conteúdo, você vai entender o que são as softs skills, assim como conhecer 15 que os profissionais precisam desenvolver para se destacar no mercado de trabalho. Acompanhe!

O que são soft skills?

Soft skills são as habilidades ligadas ao comportamento do profissional. Ou seja, é a sua capacidade de desenvolver uma relação positiva com o trabalho e seus colegas, influenciando positivamente o ambiente. A inteligência emocional e o relacionamento interpessoal são exemplos de soft skills.

Durante um processo seletivo, muitos candidatos aparecerão cumprindo os requisitos especificados: formação acadêmica, fluência em idiomas, especialização, cursos técnicos, etc. Todas essas habilidades trarão aptidão para cumprir as exigências da vaga. No entanto, muitas vezes são as soft skills que farão a real diferença entre um concorrente e outro.

Até porque, as habilidades interpessoais já são consideradas tão ou mais importantes que as demais (hard skills) por 92% dos recrutadores, conforme o relatório Global Trends Report, feito pelo Linkedin.

Algumas pessoas parecem ter certas habilidades inatas, como a criatividade ou a organização. Porém, com um bom autoconhecimento, é possível aprimorar essas qualidades que já se manifestam espontaneamente e ainda desenvolver outras, que trarão destaque para um cenário de negócios tão competitivo.

É possível desenvolver soft skills ao longo do tempo, para tanto, é preciso procurar o autoconhecimento e perceber o seu papel na organização. Ao longo do artigo, listamos 15 dessas habilidades para você conhecer.

➡️ Descubra como testar e comprovar até as hard skills mais difíceis

Qual é a diferença entre hard skills e soft skills?

Compartilhe nas suas redes sociais ou clique na imagem para baixá-la!

LinkedIn
WhatsApp
Email

Como já vimos, as soft skills são as habilidades comportamentais, já as hard skills são habilidades técnicas e específicas relacionadas ao conhecimento e competências em uma determinada área.

As hard skills são mensuráveis e geralmente adquiridas por meio de treinamentos, cursos, educação formal ou experiência prática. Exemplos de hard skills incluem habilidades de programação, conhecimentos em línguas estrangeiras, habilidades de design gráfico, entre outros.

Enquanto as hard skills são essenciais para desempenhar tarefas específicas e técnicas, as soft skills são importantes para o sucesso no ambiente de trabalho, especialmente quando se trata de colaborar efetivamente com colegas de equipe, lidar com clientes e clientes, e enfrentar desafios em um ambiente em constante mudança.

Assim, ambas as habilidades são valiosas e complementares, e é importante equilibrar e desenvolver ambas para uma carreira e crescimento profissional bem-sucedidos.

Exemplos de soft skills

A seguir, você entenderá quais as principais soft skills para desenvolver. Porém, entender como elas se manifestam no dia a dia é essencial para compreender a diferença que fazem. Assim, alguns exemplos de soft skills são:

  • Liderança: "Me destaquei em um projeto e liderei uma equipe em um evento corporativo, demonstrando habilidades de liderança ao motivar membros, delegar tarefas e assegurar a execução eficiente dessa iniciativa";
  • Adaptabilidade: "Em meio a uma reestruturação da empresa, adaptei-me rapidamente às mudanças organizacionais, ajustando minhas responsabilidades para apoiar a equipe da melhor forma";
  • Trabalho em equipe: "Colaborei em um projeto multifuncional, contribuindo com minhas habilidades e respeitando as opiniões dos colegas para alcançar metas coletivas".

Material gratuito: guia de estudos para se tornar autoridade no RH!

Preencha o formulário e receba o material grátis no seu e-mail 📩

Quais são as soft skills para desenvolver?

A seguir, listamos as 15 soft skills para desenvolver, que os candidatos precisam ter em mente e aprimorar para conseguir se destacar no mercado de trabalho. São características que podem ser adquiridas com o passar dos anos de trabalho, caso haja uma verdadeira percepção.

1. Comunicação eficaz

Essa é a principal aptidão que deve ser desenvolvida, e não apenas no meio profissional. É indispensável conseguir se fazer entender de maneira clara e eficaz, sempre considerando seu público-alvo. 

Mas comunicar não é apenas expressar, como também saber ouvir atentamente e contextualizar o que é transmitido. Tenha em mente que dosar o que é dito e quanto é dito — ou escrito — além de sinal de inteligência pode interferir diretamente na sua produtividade.

2. Escrita

Muitas relações de trabalho se dão por e-mails, contratos ou algum tipo de programa de mensagens instantâneas. Saber escrever corretamente é garantir uma boa comunicação e aprimorar sua imagem como colaborador.

Vale lembrar que muitas pessoas acreditam que e-mail não tem “tom de voz”, mas a escolha dos verbos e colocação da frase trazem formas diferentes de se expressar, portanto, é fundamental tomar cuidado e escolher com cuidado a construção frasal.

Dessa maneira, é possível criar espaço para pedir e dar feedbacks, ferramentas fundamentais para o crescimento profissional. É por meio dessa conversa que você poderá entender os seus pontos fortes e de melhorias.

3. Empatia

Essa soft skill também se relaciona diretamente com a comunicação. Ela que vai ajudar a liderar e obter maior dedicação de seus parceiros de equipe. Colocar-se no lugar do outro é tratar todos com respeito e educação, principalmente em situações mais difíceis. 

Nova call to action

4. Colaboração

Trabalhar bem em grupo é essencial para construir um grupo de alto rendimento. É nesse momento que temos várias cabeças pensando juntas para um objetivo em comum, os que faz com que as habilidades de cada um se complementem.

A colaboração é fundamental para o clima organizacional. Um ambiente de trabalho colaborativo é mais saudável para os colaboradores e ajuda no estreitamento das relações entre eles.

Participe!

5. Organização ou planejamento

Fundamental para aumento da eficiência e qualidade do trabalho. Ser um profissional organizado faz com que haja economia de tempo, pois as informações são encontradas de forma mais rápida. 

Além disso, você diminui sua suscetibilidade aos erros relacionados à desatenção. Dessa forma, o profissional passa uma imagem de maior competência, podendo influenciar de maneira positiva os colegas.

6. Flexibilidade

Cada vez mais o mercado exige que os profissionais saibam se reinventar. Novas demandas surgem a cada dia, tanto para futuros desafios quanto para cargos já em vigência. 

Para ser um talento de destaque, é necessário mostrar essa versatilidade tanto no currículo quanto na sua rotina empresarial e emocional.

Saiba também:

7. Resiliência

A resiliência é uma soft skill necessária, principalmente, em momentos de crise. Entender como superar as adversidades e, muitas vezes, recomeçar, demonstra maturidade e força. Não é uma habilidade fácil de desenvolver, por ser necessário ter passado pela experiência de situações difíceis.

É preciso compreender que errar faz parte do processo de aprendizagem e, dessa forma, persistir até conseguir finalizar ou avançar em determinado processo.

8. Trabalhar sob pressão

Mesmo nos melhores ambientes de trabalho, por algumas vezes, acontecem situações desafiadoras e/ou inesperadas que exigem muito equilíbrio emocional para que o rendimento e os resultados não sejam afetados. 

O segredo aqui é gerenciar o estresse sem perder o foco. Saber o momento de respirar e não se agarrar aos problemas, mas sim às soluções e possibilidades.

9. Capacidade de resolver problemas

Os bons observadores e detalhistas podem ter vantagem em desenvolver essa soft skill, a qual é uma das mais procuradas no mercado. Porém, além da capacidade de análise de um quadro, também é necessária a destreza para decidir da melhor forma possível.

💡Saiba também: Profissional T-shaped: o que é e como se tornar um

10. Pensamento criativo

É a criatividade que nos permite inovar e buscar melhorias e soluções em todos os âmbitos de um negócio. Essa capacidade é desenvolvida com muito estudo e aprendizado com as experiências.

11. Relacionamento interpessoal

Além das relações necessárias e estabelecidas na própria equipe, há muitas áreas em uma organização que conversam entre si. Uma boa conexão entre colaboradores de diferentes áreas (Recursos Humanos e Financeiro, por exemplo) ajuda a atingir melhores resultados.

12. Liderança

Exercer uma boa gestão de pessoas implica saber motivar e engajar as pessoas do seu time, identificando as melhores competências de cada um, sabendo aplicá-las em prol das metas estabelecidas. Ser um bom líder também significa mostrar segurança e dar exemplo.

13. Visão geral

Ter uma real dimensão do todo, mostra que o profissional está integrado com a dinâmica da empresa, seus objetivos e sua metodologia. Essa é uma soft skill muito importante na hora de propor mudanças ou criar expectativas, ao causar impacto em toda a estrutura organizacional.

14. Negociação

Buscar atingir objetivos que satisfaçam as duas ou mais partes envolvidas. Para isso, essas partes devem ter um mesmo propósito final, como uma venda, a assinatura de um contrato ou a preenchimento de uma vaga de trabalho. 

Até mesmo a flexibilização de um horário ou prazo de entrega de um relatório são decididos por meio de pequenas negociações internas. É preciso saber conduzi-las com naturalidade e estratégia.

15. Ética

Desenvolvida ao longo da vida, é formada por valores individuais e coletivos. Diferencial bastante importante, principalmente no meio corporativo, que pode gerar situações tensas e competitivas. Em um cenário ideal, é ela que dá a sustentação para que as outras soft skills se desenvolvam.

Essas são as soft skills mais buscadas e necessárias atualmente. Tão importante quanto desenvolvê-las, é saber identificá-las, tanto na análise de colaboradores que já são membros de uma companhia, quanto durante a captação de futuros talentos. Contudo, diferentemente de capacitação técnica, essas aptidões não são ensinadas facilmente.

💡 Quer aprofundar seus conhecimentos? Conheça as 15 ferramentas e materiais mais baixados para o RH!

Como abordar soft skills no currículo?

Abordar as soft skills no currículo pode ser um grande diferencial para qualquer profissional.

Isso porque, por mais que as competências sejam muito importantes, as soft skills são a base que permitem com o indivíduo utilize seus conhecimentos da melhor forma.
Ao abordar as soft skills, é essencial ir além das habilidades técnicas e evidenciar suas competências interpessoais, emocionais e de comunicação. No currículo, destaque conquistas específicas que demonstrem suas soft skills, como liderança, trabalho em equipe, empatia e resolução de conflitos.

Portanto, ao descrever experiências profissionais anteriores, utilize linguagem focada em resultados e destaque situações em que suas soft skills foram fundamentais para o sucesso. Por exemplo, se você liderou um projeto, explique como suas habilidades de liderança contribuíram para o cumprimento de prazos e a superação de desafios.

Além disso, utilize palavras-chave relevantes ao descrever suas soft skills. Por exemplo, se você é habilidoso em resolver problemas complexos, use termos como "solucionador de problemas" ou "pensamento crítico". Isso otimizará seu currículo para os sistemas de rastreamento de candidatos e atrairá a atenção dos recrutadores.

Lembre-se de personalizar sua abordagem de acordo com a vaga desejada, destacando as habilidades mais relevantes para a posição. Isso mostrará ao empregador que você é não apenas qualificado tecnicamente, mas também possui as habilidades interpessoais necessárias para se integrar bem à equipe e alcançar o sucesso no ambiente de trabalho.

Tendências de soft skills

A cada dia o mercado de trabalho se transforma e, para o profissional que deseja estar à frente dessa mudança, é preciso acompanha-la de perto. Assim, o importante é entender o que você pode começar a fazer já. Algumas soft skills que já estão em alta e com tendência a crescer são:

  • Aprendizado contínuo: para lidar com as constantes novidades e saber comandá-las;
  • Colaboração em ambiente virtual: com foco em desenvolver projetos com equipes de diversos locais;
  • Solução de problemas: principalmente no que diz respeito a lidar com uma grande densidade de dados;
  • Empatia: pensando em ambientes de trabalho cada vez mais colaborativos, este será um diferencial bem forte.

Compartilhe nas suas redes sociais ou clique na imagem para baixá-la!

LinkedIn
WhatsApp
Email

Cursos gratuitos para desenvolver soft skills

A seguir separamos alguns cursos grauitos da Escola de Pessoas para você aprender a desenvolver as soft skills e se desenvolver ainda mais na carreira.

Comunicação estratégica para Gestão de Pessoas

Aprenda com Richard Heiras, especialista em liderança e Recursos Humanos, a desenvolver suas habilidades de comunicação estratégica para aprimorar a forma como você executa a gestão de pessoas nos mínimos detalhes. Você vai conhecer as principais técnicas de comunicação eficaz, bem como aprender a aplicá-las com exercícios práticos que vão contribuir para que você promova uma mudança significativa no seu dia a dia.

Além disso, você também entenderá as nuances da comunicação assíncrona, a arte do feedback construtivo e as melhores formas de melhorar a sua oratória. Com todo esse conhecimento, você será capaz de trilhar o caminho da comunicação estratégica, guiando suas equipes com clareza e objetividade. Afinal, uma comunicação sólida é a chave para impulsionar a produtividade e alcançar resultados excepcionais nos negócios.

➡️ Faça o curso sobre comunicação estratéfica para Gestão de Pessoas

Comunicação Não Violenta

Neste curso, você acompanha o intraempreendedor e especialista em gestão de pessoas Rafael Baroli numa jornada pelo autoconhecimento e pelo desenvolvimento de competências essenciais para a promoção da CNV no ambiente corporativo.

Você vai descobrir como incentivar a formação de relações fortes e empáticas, além de favorecer a resolução de conflitos e ainda tirar lições valiosas desses embates. Aprenda passo a passo a aplicar os passos da Comunicação Não Violenta nos diálogos do seu dia a dia.

➡️Faça o curso sobre Comunicação Não Violenta

Inteligência Emocional

Sabendo do papel crucial que o RH desempenha no desenvolvimento da inteligência emocional dos colaboradores, você vai embarcar numa jornada pelos conceitos fundamentais dessa habilidade, além de explorar seus pilares essenciais e os domínios que fazem parte desse processo.

Neste curso, você vai aprender a dominar as ferramentas necessárias para liderar iniciativas eficazes de desenvolvimento da inteligência emocional, sendo capaz de implementar estratégias certeiras para fortalecer o equilíbrio emocional e o relacionamento interpessoal dentro da equipe. Dessa forma, é possível promover o bem-estar e a eficácia no ambiente de trabalho, a partir de conexões fortes e trabalho em equipe.

➡️ Faça o curso sobre Inteligência Emocional

Feedback na prática

Este curso feito por Camila Rocha essencial para profissionais de Recursos Humanos, gestores de equipe e todos aqueles que desejam aprimorar suas habilidades na aplicação do feedback como uma ferramenta estratégica para o crescimento individual e organizacional. 

Para um líder, feedback e feedforward são essenciais para desenvolver e aprimorar a equipe. O feedback fornece uma visão do passado, permitindo ao líder destacar pontos fortes e áreas de melhoria. Isso orienta ações corretivas e fortalece a confiança na relação líder-subordinado, criando um ambiente propício ao crescimento.

Já o feedforward direciona o foco para o futuro, capacitando o líder a guiar os colaboradores na identificação de oportunidades de aprimoramento e no estabelecimento de metas alcançáveis. Feedback e feedforward combinados capacitam os líderes a formar equipes mais eficazes, impulsionando o progresso e promovendo a excelência organizacional.

➡️ Faça o curso sobre feedback na prática

Nem todo mundo desenvolve todas as habilidades de igual forma e intensidade, e isso é natural devido aos diferentes tipos de experiências, pontos de vista e aprendizagem. É isso que garante a singularidade de cada um.

O importante é ter em mente que as soft skills são reflexo de um desenvolvimento contínuo e sempre sujeito ao aperfeiçoamento. Assim sendo, vale a pena buscar fortalecer e reconhecer as capacidades de acordo com o autoconhecimento e as exigências do mundo corporativo atual.

Ferramentas para desenvolver soft skills

Pensando em ganhar agilidade e eficiência no dia a dia, existem diversas ferramentas que podem fazer parte da sua rotina, seja ela pessoal ou profissional. Assim, com elas você ganha mais assertividade no seu desenvolvimento.

Webinares e podcasts

Webnares e podcasts são ótimas alternativas para otimizar o tempo e aprender algo novo. Assim, aprenda direto com exemplos e experiências como você pode moldar os seus hábitos e desenvolver habilidades.

Plataformas de aprendizado

Já ressaltamos a importância do aprendizado contínuo, não é mesmo? Assim, uma plataforma com cursos e trilhas de conhecimento é o ideal para manter esse hábito sempre ativo, além de ajudar você a se organizar.

Avaliação de desempenho

A avaliação de desempenho é uma ótima ferramenta para desenvolver soft skills. Isso porque, com ela, você consegue captar a percepção de outros profissionais e pessoas próximas e, assim, expandir o seu leque de oportunidades. Ainda, a partir de feedbacks assertivos, você consegue acompanhar a sua evolução com maior facilidade.

Mapeamento de perfil comportamental

Os mapeamentos de perfil comportamental são ótimas ferramentas para auxiliar você a trabalhar o autoconhecimento. Assim, se você se conhece profundamente, sabe o que pode ser melhorado de acordo com seus objetivos!

Além disso, com eles, você obtém uma visão completa sobre porque a sua personalidade é como é, quais são seus principais atributos e pontos de melhoria, entre outras informações detalhadas sobre si mesmo!

Ah, e a Sólides é capaz de te ajudar com todas as ferramentas acima, por isso, vale a pena conferir nossas soluções e ser protagonista da sua carreira já!

Agora que você conheceu 15 soft skills para desenvolver, aproveite e conheça o Profiler, a ferramenta de mapeamento comportamental exclusiva da Sólides. Em 7 minutos, o Profiler identifica qual o seu perfil comportamental e guia, de maneira, assertiva, quais são as suas principais habilidades e quais soft skills podem ser desenvolvidas.

Compartilhe:

Você também vai gostar!

Conheça as possibilidades de especialização em RH e descubra qual a melhor opção para você e sua carreira!
Conheça tudo sobre a ferramenta do e-CAC, quais as principais mudanças, como acessá-la, e detalhes que o contador não pode perder!
Você sabia que a contabilidade consultiva pode reter os seus clientes? Entenda ela agrega valor e ajuda as empresas a crescerem.
Rolar para cima