Descubra o que são competências técnicas e comportamentais!

Tempo de leitura: 4 minutos

Sem tempo para ler? Sem problemas! Você pode aprender sobre as competências técnicas e comportamentais assistindo ao vídeo!

Como profissional da área de RH, você sabe que os colaboradores devem apresentar algumas habilidades de acordo com a função que ocupam na empresa, certo? Hoje, além das capacidades técnicas de cada pessoa, as organizações têm percebido cada vez mais a importância de se conhecer as competências comportamentais.

Por isso, neste artigo vamos falar sobre competências técnicas e comportamentais. Você vai ficar sabendo o que são elas, quais são as diferenças entre as duas e a importância de conhecê-las para ter uma Gestão de Pessoas realmente assertiva. É só continuar a leitura!

Competências Técnicas e comportamentais: o que são?

Antes de falarmos sobre qual é a diferença entre as capacidades técnicas e comportamentais, você sabe dizer o que são competências? Trata-se de um conjunto de habilidades que o profissional possui e que são importantes para a função que ele executa na organização.

Competências Técnicas

As competências técnicas são aquelas que o colaborador adquire por meio de treinamentos, cursos, palestras, experiências em outras organizações e etc. Elas irão ajudar o profissional a ter um melhor desempenho nas atividades que desempenha na empresa. Um engenheiro, por exemplo, não vai saber construir uma casa se não possuir habilidades técnicas específicas para isso.

Graduações, especializações, aprender outros idiomas, saber mexer em softwares, entender novos métodos dentro da profissão – tudo isso se encaixa em competências técnicas.

Competências Comportamentais

Sobre as competências comportamentais, o próprio nome já diz: são aquelas relacionadas ao comportamento do colaborador. Elas são adquiridas e desenvolvidas ao longo do tempo a partir de experiências vivenciadas pelo profissional. Alguns exemplos são: paciência, independência, concentração, sociabilidade, entre outros.

São essas habilidades que irão mostrar como o profissional reage a determinadas situações, se porta no ambiente de trabalho e se relaciona com colegas e líderes.

Por que analisar os dois tipos de competências?

Você provavelmente já escutou a frase: “as empresas contratam pelo currículo e demitem pelo comportamento”. Ou seja, grande parte das organizações selecionam seus colaboradores por conta das capacidades técnicas descritas durante o processo seletivo, mas não se atentam para as habilidades comportamentais.

Será que vale a pena desestruturar toda uma equipe por conta de uma pessoa que possui apenas as capacidades técnicas esperadas? Ou é melhor procurar por um candidato que tenha os conhecimentos específicos – ou que possa desenvolvê-los através de treinamentos, por exemplo – e também o perfil comportamental ideal para manter a harmonia e o bom desempenho na equipe?

Para fazer uma contratação realmente assertiva, é fundamental analisar as competências técnicas e comportamentais do candidato, levando em consideração o que o cargo, a equipe e a empresa como um todo precisam.

Para isso, você pode aplicar testes de perfil nos candidatos e colaboradores da empresa, além de desenvolver dinâmicas, provas e entrevistas durante o processo seletivo.

Quais são os benefícios de analisar as competências técnicas e comportamentais?

Quando você começa a se preocupar com as competências técnicas e comportamentais dos colaboradores em sua empresa, é possível melhorar os resultados da organização como um todo. Veja quais são alguns dos benefícios!

Clima organizacional

Ao analisar os dois tipos de competências para selecionar novos colaboradores em sua empresa, você pode colaborar para a melhoria do clima no ambiente de trabalho. Isso porque você conseguirá identificar os profissionais que se encaixam na cultura organizacional e no perfil da equipe, tornando o ambiente harmonioso.

Assim, os colaboradores se relacionam de melhor forma e isso resulta em motivação e engajamento!

Alta performance

Com os colaboradores trabalhando em um ambiente adequado ao perfil comportamental de cada um, as chances dos indicadores de produtividade aumentarem são enormes. Além disso, analisando e desenvolvendo  as competências técnicas e comportamentais, você explora todo o potencial do profissional.

Assim, você consegue ter times de alta performance e melhores resultados!

Retenção de talentos

Tendo como base a análise das competências técnicas e comportamentais para a sua Gestão de Pessoas, você tem uma ótima aliada para contratar as pessoas certas e reter os talentos em sua empresa. Dessa forma, você diminui a taxa de turnover da organização e, consequentemente, os custos relacionados a esse indicador!

Agora que você já sabe o que são competências técnicas e comportamentais, sua importância e benefícios para a empresa, que tal aprender a desenvolver uma Gestão de Pessoas baseada nelas? Então, baixe gratuitamente este ebook que preparamos para você!

3
Deixe um comentário

avatar
3 Comment threads
0 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
RodrigoIara Maria Stefanini Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Iara Maria Stefanini
Visitante
Iara Maria Stefanini

Sempre materiais com alto nível de qualidade. Grata por compartilhar. Pensamento do dia: “O conhecimento é contrário à matemática; aumenta quando se divide”.

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Gostei muito. Indico esse audio livro sobre o tema: http://twixar.me/rk01

trackback

[…] recrutadores devem saber claramente quais são as competências técnicas e comportamentais necessárias para buscar os profissionais que possam apresentar o melhor desempenho possível no […]