Power Skills do RH: 9 competências e habilidades que todo profissional de RH deve ter

Tempo de leitura: 7 minutos

Você sabe o que são power skills? Esse termo se refere às competências e habilidades de destaque para que o profissional de RH consiga elevar ao máximo sua capacidade profissional, conquistar os melhores resultados na empresa e se manter competitivo no mercado de trabalho.

Neste post, listamos as 9 powers skills do RH que você precisa ter e desenvolver. Afinal, acompanhar as transformações do mercado é muito importante para estar sempre atualizado e buscar qualificação relevante, que faça sentido no seu dia a dia e na sua carreira. Boa leitura!

O que são power skills?

Antes de falar sobre as power skills, é importante entender o que são as hard e soft skills. As hard skills são os conhecimentos técnicos que um profissional possui. Elas podem ser aprendidas em cursos e capacitações, sendo comprovadas com certificados e testes práticos. Ou seja, é aquilo que vem escrito no currículo e que é tangível.

Já as soft skills são habilidades pessoais e comportamentais identificadas por meio da convivência diária, de entrevistas ou dinâmicas em grupo e, de forma mais aprofundada e rica, por meio do mapeamento de perfil comportamental

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Agora que você entendeu estes dois conceitos, vamos às power skills. Trata-se de competências e habilidades poderosas e bastante procuradas no mercado de trabalho, sendo a soma das hard e soft skills. Profissionais de RH que contam com elas conseguem se diferenciar e têm um repertório mais amplo para lidar com diferentes situações no dia a dia de trabalho. 

Quais competências e habilidades todo profissional de RH deve ter?

Mas afinal, quais power skills são realmente necessárias para que um profissional se destaque? A seguir, listamos 9 competências que podem fazer toda a diferença na sua carreira. Confira!

1. Gestão do Tempo

A gestão de tempo é a habilidade de aprimorar a realização de tarefas dentro de prazos estabelecidos, sem comprometer a qualidade das atividades. Essa power skill está diretamente relacionada à produtividade e à eficiência do profissional.

Pessoas que conseguem administrar bem seu tempo, além de melhorar as entregas e o alcance de metas, tendem a ter mais bem-estar e qualidade de vida, já que não precisam “levar trabalho para casa” nem lidar com a pressão de entregas atrasadas. 

2. Autoliderança

Uma pessoa com autoliderança é aquela que conhece a fundo seus propósitos, limites, habilidades e tem o controle de suas próprias emoções, pensamentos e comportamentos. Dessa forma, ela consegue liderar a si mesma em direção a metas e objetivos, tanto na vida pessoal quanto na profissional. 

Para alcançar essa power skill, o profissional precisa de muito autoconhecimento, automotivação e autodeterminação, além, é claro, de desenvolver a inteligência emocional. Somente quando você conhece e desenvolve em si mesmo a atitude de autoconfiança e estabilidade, está apto a alcançar essa habilidade de forma sólida. 

3. Lifelong Learning

Em tradução livre, o termo lifelong learning significa “aprendizado ao longo da vida”. Essa habilidade se refere à mentalidade de que nunca é cedo ou tarde demais para aprender algo novo e que o aprendizado é um processo sem fim. 

Na prática, pessoas com essa power skill estão sempre buscando novos conhecimentos sobre suas demandas corporativas para manter o crescimento e o desenvolvimento de suas carreiras. Esse mindset é um poderoso diferencial competitivo, já que faz com que o profissional se mantenha sempre atualizado sobre novas tendências e modelos de trabalho. 

4. Inteligência emocional e empatia

Lidar com pessoas exige um olhar humanizado, especialmente em momentos de crise. E é por isso que os profissionais de RH precisam desenvolver competências e habilidades como empatia e inteligência emocional. Saber gerenciar as próprias emoções e se colocar no lugar do outro é fundamental para realizar uma gestão de pessoas eficiente. 

Essas skills são importantes, inclusive, para que o RH esteja mais próximo e conquiste a confiança dos colaboradores, melhorando o clima organizacional e contribuindo em muitos aspectos, como engajamento, motivação, produtividade e retenção. 

5. Visão de negócio

Obviamente, o gestor de RH precisa ser um excelente gestor de pessoas. Mas um profissional de sucesso vai além e entende também sobre outros aspectos do negócio. Uma visão sistêmica e abrangente do mercado e das demais áreas da empresa pode fazer com que sua atuação seja muito mais estratégica, trazendo resultados importantes para a organização. 

Com mais conhecimento sobre administração, marketing e finanças, por exemplo, o RH consegue tomar decisões de forma mais inteligente e pensando em toda a perspectiva do negócio. Desse modo, o setor deixa de se limitar a processos operacionais e assume um papel importante no centro da estratégia da empresa. 

banner para baixar ebook sobre Autoconhecimento: o fundamento para se desenvolver-competências e habilidades

6. Intraempreendedorismo

O intraempreendedorismo é outra habilidade importante no RH do futuro. Ela consiste na capacidade de identificar desafios e oportunidades dentro da organização e do setor para trazer soluções, inovações e ideias. 

Profissionais que têm essa habilidade são empreendedores natos e buscam auxiliar no crescimento e desenvolvimento da empresa, sempre apontando novas estratégias e impulsionando a inovação. Contudo, para que eles tenham espaço é essencial uma gestão que incentive a geração de ideias e a criatividade.

7. Inovação e criatividade

Engana-se quem acredita que criatividade e inovação só são habilidades valorizadas em setores como marketing e produto. No RH, também é preciso jogo de cintura para criar estratégias funcionais e “fora da caixa”. 

A inovação nesse setor pode começar em processos simples do dia a dia, como encontrar novas formas de fazer atividades e soluções para gargalos nos processos. Além disso, esse tipo de habilidade é imprescindível, por exemplo, ao reaalizar um plano de ação de endomarketing ou criar um cronograma diferenciado de treinamento e desenvolvimento. 

8. Foco em indicadores e resultados

Embora algumas pessoas ainda não tenham essa consciência, o RH é um setor voltado para resultados. Afinal, o departamento tem o dever de garantir maior produtividade e performance dos colaboradores, contratar de forma mais acertada, diminuir custos com rotatividade, entre outras responsabilidades.

Dessa forma, um profissional de RH que entende esse propósito e consegue interpretar dados e indicadores para embasar decisões, está muito à frente dos demais. Vale destacar que, não basta apenas coletar dados, esses dados precisam ser usados na tomada de decisões para, efetivamente, otimizar processos e potencializar resultados.

9. Usar a tecnologia a seu favor

Por fim, o RH tem um potencial gigante quando conta com o braço da tecnologia. Os profissionais que utilizam esse tipo de inovação para otimizar processos, levantar dados reais e trazer mais estratégia à gestão são muito valorizados. 

Aqui, ferramentas como o People Analytics e o Mapeamento de Perfil Comportamental, por exemplo, auxiliam os profissionais de RH na realização de diversos processos, ajudando a identificar talentos, entender como eles se comportam e reagem a determinadas situações, perceber gaps de performance e propor desenvolvimento em uma gestão personalizada e focada em resultados reais.

Baixe Ebook Grátis: Gestão Comportamental: entenda como ela impacta a empresa.

Como desenvolver power skills?

Embora algumas dessas power skills sejam inerentes aos indivíduos, é possível buscar ações para o seu desenvolvimento. O primeiro passo para isso você já deu: buscar conhecimento e atualização profissional. O segundo passo é o autoconhecimento, afinal, aquilo que você não conhece, não desenvolve, não é mesmo?

Como vimos, as power skills no RH são as competências e habilidades mais procuradas no mercado de trabalho e que ajudam os profissionais a se destacarem. Agora que você já sabe quais são elas, que tal conhecer as principais tendências de RH para 2022 e o que a alta liderança espera do setor? Confira nosso artigo exclusivo!

5 1 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments