Como os gestores influenciam no clima organizacional da empresa?

Tempo de leitura: 3 minutos

Já notou como o humor de uma equipe afeta diretamente no seu rendimento? Se os funcionários estão felizes, pode ser que entreguem um pouco mais de resultado. Se estiverem incomodados com algo, é provável que percam alguma meta diária. Esse “ânimo” tem um nome específico: clima organizacional. E como gestor, você tem bastante responsabilidade aqui.

Talvez a correlação não seja assim tão clara. Algumas pessoas acham que esse clima muda por causa de acontecimentos aleatórios, como tomar um café muito amargo de manhã. Mas, na verdade, a forma como você gere o ambiente afeta diretamente na atmosfera da empresa.

Se você é um gestor e quer melhorar o desempenho do seu time, veja agora algumas formas pelas quais é possível influenciar o clima organizacional!

1. Dê suporte no dia a dia

O que você prefere: trabalhar sempre sozinho ou trabalhar com alguém que o ajude quando for necessário? A resposta é bem simples, já que você é essa ajuda! Sua equipe precisa focar nas próprias tarefas, cumprindo o operacional, lidando com os clientes e fazendo a máquina funcionar. O seu trabalho é, de certa forma, passar um pouco de óleo nas “engrenagens”.

E como fazer isso? Bem, de várias formas. Cuide da comunicação do seu departamento com os demais, evite sobrecarregar os colaboradores com certas rotinas da administração e sempre advogue a favor deles diante da alta gestão. É desse suporte que eles precisam!

2. Dialogue com a equipe

Mesmo que você saiba o que pode melhorar o clima organizacional, nem tudo que funciona para um indivíduo vai dar certo para o outro. Cada funcionário tem um perfil diferente, tanto no nível profissional quanto no pessoal, e perceber isso é um fator que vai aumentar a motivação deles.

Se você não conhece seu time, dificilmente vai saber como ajudá-lo. Por isso, não negligencie aqueles momentos de pausa para o café. Você pode aprender muito mais do que imagina neles.

3. Lidere pelo exemplo

O maior erro que você pode cometer ao gerir uma equipe é não ser exemplar. Não estamos falando em “perfeição”, mas sim em não praticar as ações que exige do seu pessoal. Por exemplo: exigir pontualidade, quando você chega mais de 2 horas atrasado nos compromissos, ou produtividade, quando também empurra todas as suas responsabilidades. Para ser um bom gestor, o time precisa, antes de tudo, ter respeito por você.

4. Evite focar na competitividade

Agora que listamos alguns exemplos a seguir, vamos para algo que você não deve fazer: estimular excessivamente a competição. Dizer que “aquele que entregar o relatório primeiro ganha um chopp de graça” é uma coisa. Isso é bom para o clima organizacional, pois torna uma tarefa burocrática em uma “brincadeira séria” e ajuda a otimizar a produtividade.

Mas quando você diz “quem ficar com o rendimento mais baixo este mês vai ser substituído” ou “fulano fez um relatório melhor que ciclano”, instantaneamente cria um clima de rivalidade entre os colaboradores, do tipo que pode levar à sabotagem. Lembre-se: seu foco não é na competição, mas sim na cooperação.

Agora que você sabe do seu papel para o clima organizacional, é hora de aplicá-lo na sua empresa! Quer continuar acompanhando conteúdos interessantes? Então siga as nossas redes sociais! Estamos no FacebookLinkedInTwitter, Instagram YouTube.

cultura-organizacional

2
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors
Giuliano SalesJorge Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Jorge
Visitante

Legal, eu não sabia que funcionava assim.

Giuliano Sales
Editor

Ei, Jorge. Ficamos felizes que você gostou!
Aproveita a sua visita e veja como fazer uma pesquisa de clima organizacional: https://blog.solides.com.br/como-fazer-pesquisa-de-clima-organizacional/