Entenda como o RH pode ser mais produtivo e gerar melhores resultados

Tempo de leitura: 6 minutos

As funções do departamento de RH, geralmente, são bastante voltadas para os outros times da empresa. Desafios como: contratações alinhadas, criação de planos de carreira, estratégias de retenção de colaboradores e auxílio no bom desenvolvimento das pessoas são exemplos de tarefas que beneficiam os outros. Mas como ser mais produtivo em suas próprias atividades, dentro do seu próprio setor?

Embora um gestor de pessoas precise se preocupar com o bom andamento dos profissionais que o cercam, ele não pode deixar de se atentar à sua própria evolução e desenvolvimento.

Até mesmo porque o seu trabalho deve ser um exemplo de produtividade, de algo bem executado para os outros times se inspirarem. Então, se você, enquanto profissional de RH, precisa de uma mãozinha para desenvolver sua produtividade, continue esta leitura.

Produção x Produtividade

Primeiramente, precisamos esclarecer que produção é diferente de produtividade. Uma pessoa que produz muito, em grande quantidade, nem sempre está sendo produtiva. Veja como os conceitos são distintos.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Produção

Dicionário online de Portuquês: “O que é produzido; volume ou quantidade que se produz de algo”.

Quando pensamos em algo produzido não consideramos como a tarefa em questão foi executada, o nível da entrega ou quais resultados foram gerados a partir dessa entrega. Trata-se apenas de uma entrega, uma atividade concluída.

Produtividade

Dicionário online de Português: “A relação que se consegue obter entre o valor e a quantidade produzida e àqueles que foram colocados à produção; rendimento”.

Essa definição é comumente usada para se referir a rendimento econômico, mas se aplica acertadamente quando falamos de produtividade organizacional e até mesmo pessoal. Nesse caso, a produtividade inclui um fator indispensável: aproveitamento.

Ser produtivo diz respeito à forma com a qual você produz, com a relevância daquela atividade que você está exercendo, logo, é uma relação entre tempo, quantidade e qualidade do seu serviço. 

Como ser mais produtivo no RH

Agora que você compreendeu a diferença entre produzir e ser produtivo, confira algumas boas práticas para que a produtividade seja uma realidade em seu dia a dia.

Priorização

Uma das coisas mais importantes para entender como ser mais produtivo é elencar as suas prioridades do dia. Muitas vezes, nos perdemos em tarefas com menor importância e deixamos para segundo plano as que são mais relevantes naquele momento. Por isso, saber identificar e elencar quais são as atividades de maior peso e fazê-las primeiro é essencial. 

Planejamento

Não adianta saber quais atividades são mais importantes e não organizá-las de maneira clara e objetiva. O tempo que você investe planejando, sem dúvida, resultará em um processo de execução mais ágil. Portanto, não entenda essa ferramenta administrativa como perda de tempo, pois, na verdade, o tempo dedicado a essa organização vai impactar no maior tempo que você gastaria para executar, caso não tivesse planejado. 

Uma tarefa por vez

Muitas vezes, nos assustamos com a quantidade de coisas que precisamos fazer, por isso, queremos fazer tudo ao mesmo tempo. Mas algumas metodologias provam que quando nos concentramos em uma tarefa, iniciando e terminando uma de cada vez, somos muito mais produtivos.

Claro, algumas profissões exigem que o profissional seja mais multitarefas. Mas manter o foco no que estamos fazendo naquele momento, sem interrupções, nos ajuda a concluir nosso checklist de forma mais comedida. 

Aqui, falando em checklist, uma boa dica é fazer listas: digitais, em post-its, no vidro da janela, enfim, em lugares que possa vê-las, porque assim você tende a ficar menos ansioso com o que tem para fazer e para lembrar, já que está tudo bem organizado.

Automatização 

Hoje, temos inúmeros recursos que podem automatizar algumas funções. Uma dica de como ser mais produtivo é justamente fazer uso da tecnologia a seu favor. Para tanto, softwares de automatização, chatbots e fórmulas no Excel, são exemplos de mecanismos que podem fazer com que algumas tarefas sejam otimizadas e deixar dia mais produtivo.

Corpo e mente saudável

Existe uma relação direta entre corpo/mente saudável e produtividade. Estudiosos explicam que quando temos uma boa noite de sono, mantemos uma alimentação equilibrada e nossa vida social é bem resolvida, certamente seremos mais produtivos.

Então, empenhe-se para balancear esses fatores internos, crie hábitos saudáveis, procure dormir bem, praticar algum exercício físico e você terá resultados positivos.

Esforço e recompensa

Psicólogos explicam que nossa mente funciona muito bem quando aplicamos o método de esforço e recompensa, ou seja, temos uma forte inclinação a executar ações em função de uma gratificação.

Com isso, uma boa estratégia de como produzir mais é: definir metas e se recompensar por aquilo que você fez. Então, crie seu próprio sistema de esforço e recompensa, porque assim você consegue motivar a si mesmo e realizar um trabalho bem feito e ágil.

Consciência produtiva

Nossa mente tem um grande poder sobre as nossas ações e, embora seja difícil, o ideal é que você se convença de que precisa e consegue melhorar o seu nível de produtividade.

Isso porque, mesmo que você leia e entenda como realizar cada uma dessas recomendações, se não controlar os seus pensamentos, tudo tende a voltar-se para as distrações e preocupações, assim, facilmente se desviará do objetivo de se manter produtivo.

Impacto de um RH produtivo 

As consequências de cultivar a produtividade no trabalho são altamente positivas, tanto individual como globalmente. Abaixo, estão alguns dos benefícios que podem ser agregados a sua atuação no RH assim que você se torna um gestor produtivo:

  • melhor qualidade nas entregas;
  • melhor aproveitamento do tempo;
  • maior satisfação no trabalho realizado;
  • menor probabilidade de erros e retrabalho. 

Todas essas vantagens impactarão na produtividade do setor de RH e, consequentemente, resultarão em contratações mais precisas e redução de custos a longo prazo para a empresa. 

Certamente, com essas recomendações, agora você sabe como ser mais produtivo e se tornará um profissional que realiza suas atividades de maneira inteligente e eficiente, fazendo com que seus indicadores de produtividade sejam muito mais satisfatórios e tragam inúmeros benefícios para você e sua empresa.

E para elevar ainda mais o nível de aproveitamento da gestão comportamental da sua empresa, que tal fazer o curso sobre times de alto desempenho. Assim, você receberá ensinamentos valiosos para tornar a performance da sua equipe exemplar.

5 1 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments