Como o RH pode ajudar no engajamento de funcionários?

Tempo de leitura: 8 minutos

O engajamento de funcionários é uma pauta que tem ganhado bastante relevância na gestão de pessoas

Principalmente neste momento em que as empresas precisam que seus funcionários estejam cada vez mais comprometidos com os objetivos da organização, para que assim todos possam enfrentar a crise – ocasionada pela pandemia de COVID-19 – de forma positiva. 

O setor de RH é um dos agentes que podem colaborar para o engajamento dos funcionários de uma empresa. Se você quer saber como, continue sua leitura, aqui vamos entender mais sobre o engajamento e quais estratégias podem ser utilizadas. 

O que é engajamento de funcionários?

A palavra engajamento pode ser encontrada em diversos contextos, mas, no contexto empresarial, o engajamento de funcionários nada mais é do que “vestir a camisa” da empresa, frase bastante conhecida em diversas corporações. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Significa que os funcionários estão alinhados com o que a empresa deseja alcançar, e estão comprometidos em fazer tudo o que está sob seu alcance para chegar lá. 

Um funcionário engajado com seu trabalho, se sente motivado a executá-lo não somente pela sua remuneração, mas pelo objetivo principal que é contribuir para um resultado positivo. 

Por outro lado, é bastante comum pensarmos que apenas a satisfação de um funcionário pode gerar esse engajamento, entretanto, esse é um equívoco. Vamos entender mais. 

Qual a diferença entre satisfação e engajamento de funcionários?

Pode parecer a mesma coisa, mas nem sempre um funcionário satisfeito está engajado com a organização. 

Isso porque, o conceito de satisfação no trabalho diz respeito ao que o colaborador recebe da empresa, um bom salário, um bom cargo coisas que o deixem satisfeito em fazer parte daquela organização.

Já o engajamento vai além do que somente estar satisfeito, o colaborador se sente responsável pelos resultados, e quer fazer parte da companhia. 

Os dois conceitos fazem bastante diferença na hora de analisar uma proposta de emprego, por exemplo, se o colaborador se identifica muito com a empresa atual, sua cultura e seus valores, esses quesitos são mais garantia de retenção, do que apenas ter um bom salário. 

Contudo, o que fazer para engajar os colaboradores e como mantê-los engajados ao longo do tempo é uma das principais dúvidas do RH. 

O engajamento é um dos maiores desafios desses profissionais, afinal, como um setor que cuida da empresa no geral pode contribuir para o engajamento dos funcionários em diversos setores?

Como o RH ajuda no engajamento de funcionários?

O RH é a área de uma empresa que cuida dos recursos humanos da organização, o recurso mais precioso que faz toda a engrenagem da empresa girar. 

Esse setor deve estar sempre atento às mudanças do mercado e próximo a todos os profissionais. 

Basicamente, podemos dizer que o RH pode ajudar no engajamento quando ele entende quais são os gargalos da organização no quesito gestão de pessoas e quais as expectativas dos colaboradores, ou seja, o que eles esperam da empresa. 

Foi-se o tempo em que a relação de trabalho poderia ser resumida em remuneração pela mão de obra. Hoje em dia é necessário comprometimento mútuo e esse é um valor que se conquista no dia a dia, nas práticas diárias.

Principais estratégias de RH para engajamento de funcionários

Dentre as principais estratégias de engajamento, listamos as mais importantes que podem inspirar a sua empresa na busca por maior comprometimento dos colaboradores. Acompanhe!

Empresa alinhada com os valores de sua cultura organizacional

Toda empresa  possui uma boa definição de missão, visão e valores, esses três pilares determinam os objetivos de uma organização e como ela será vista em seu mercado. 

O problema, é que nem todas as empresas seguem esses valores na prática em seu dia a dia. 

Afinal, não basta dizer que valoriza os seus profissionais e internamente ser um ambiente tóxico, com gestores despreparados, relações abusivas, entre outras práticas que fazem com que os funcionários se sintam desengajados. 

Por isso, quando o RH recebe a missão de cuidar desse engajamento deve começar atuando nesse cenário, certificando de que a empresa e os funcionários estão alinhados com esses três pilares. 

Valorização do profissional e reconhecimento

Essa é uma outra estratégia que contribui bastante para o engajamento do profissional, ser reconhecido pelo seu trabalho é mais do que só receber gratificações ou bonificações. 

Bons feedbacks, nos momentos de acerto ou erro, mostram o quanto a empresa valoriza aquele colaborador, e reconhece o seu esforço. 

Um profissional que não é valorizado, que sempre é tratado como “não fez mais que a sua obrigação”, sem nenhum estímulo positivo, dificilmente dará todo o seu empenho naquele trabalho, ele fará o que lhe é pedido e nada além disso. 

O papel do RH neste quesito é estimular líderes e gestores a praticar a empatia com os funcionários e o reconhecimento.

Autonomia e flexibilidade

Até pouco tempo atrás, trabalhar de casa em muitos setores significava algo fora de cogitação. 

Algumas empresas ainda têm uma visão antiga de que precisam manter os colaboradores diante de seus olhos para que eles realmente trabalhem, sem nenhum tipo de autonomia. 

Esses lugares dificilmente conseguem reter funcionários por muito tempo. Na hora de optar por continuar nessa organização ou estar em uma empresa mais flexível que adota home office, banco de horas ou jornadas flexíveis, certamente o funcionário irá escolher um lugar que te dê mais espaço e abertura. 

Objetivos claros

Ter objetivos claros também contribui para o engajamento dos colaboradores, eles precisam saber exatamente qual é o objetivo de seu trabalho para que se engajem com a causa. 

Quando não se tem nenhum objetivo e as tarefas são feitas apenas por fazer, os colaboradores podem se perder ao longo do caminho sem enxergar razões para executar seu trabalho de forma bem feita e logo não irão se engajar. 

Possibilidade de crescimento

Um plano de carreira e um bom plano de cargos e salários é um fator muito buscado por novos talentos. Se o seu RH consegue estruturar essa iniciativa dentro da organização, pode ter certeza que contará com funcionários mais engajados. 

E aqui não estamos falando apenas de promoções. Uma formação continuada, um treinamento para aprimorar habilidades e até mesmo um bônus salarial, pode motivar os funcionários e mostra a eles que a empresa reconhece o seu esforço e por isso está investindo para que ele seja cada vez melhor.

Uso de ferramentas que otimizam rotinas

Todo profissional um dia já executou uma tarefa e pensou “minha vida seria muito melhor se eu tivesse certa ferramenta para me ajudar”, muitas empresas ainda não perceberam o valor da tecnologia e o quanto ela pode otimizar as rotinas dos colaboradores. 

Quando a empresa adere essas ferramentas torna os processos mais ágeis e faz com que os funcionários quebrem menos a cabeça. 

Esse é o caso por exemplo de softwares de rh, como o aplicativo de ponto, que permite a empresa ter o controle da jornada dos funcionários até mesmo em home office. 

Por se tratar de uma ferramenta moderna, torna a marcação de ponto algo mais leve sem que os funcionários rejeitem a ideia. 

Para o lado do RH, ela torna os processos de fechamento da folha de ponto e coleta de dados da gestão de pessoas muito mais eficaz. 

Isso porque, um controle de ponto moderno não faz somente a marcação, ele é um grande aliado da gestão de pessoas de uma empresa.Inclusive, pode ajudar a identificar através da assiduidade e absenteísmo, quais colaboradores estão desengajados com a empresa. 

Por que o engajamento de funcionários é tão importante para as organizações?

Depois de ler esse texto, você deve ter se perguntado o porquê do engajamento ser algo tão importante. Mas a resposta é que, por meio dele, sua empresa consegue se manter firme no mercado e reter os melhores profissionais por mais tempo. 

Dificilmente funcionários engajados vão faltar com seus compromissos com a empresa e abandonará o barco em meio a uma crise. 

Por isso, o engajamento é um dos fatores que contribuem para o sucesso de uma organização.

Conclusão

Nesse artigo, você viu como o RH pode colaborar para o engajamento dos funcionários por meio de determinadas ações.

Não se esqueça, uma empresa com funcionários engajados pode alcançar seus objetivos de forma mais eficaz e reter os melhores profissionais em seu quadro de funcionários. 

Este conteúdo foi produzido em parceria com o time da PontoTel

5 1 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments