Como identificar um líder no processo de recrutamento e seleção? Entenda

Tempo de leitura: 6 minutos

Contratar colaboradores é uma tarefa importante no desenvolvimento e no crescimento de uma empresa. Uma habilidade cada vez mais importante para profissionais de recursos humanos, hoje em dia, por exemplo, é saber como identificar um líder entre os candidatos no processo de recrutamento e seleção.

Figuras de liderança têm alto valor para qualquer negócio. Além de serem profissionais competentes em suas respectivas áreas, eles também representam uma influência muito positiva no desempenho dos demais colaboradores. Por isso, é tão importante saber identificar esses perfis e captá-los para sua empresa.

Para ajudar com essa tarefa, vamos ensinar como identificar um líder entre seus candidatos mais facilmente. Acompanhe!

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Principais perfis de liderança

Ao contrário do que alguns pensam, não existe apenas um tipo de líder. Pelo contrário, há vários perfis de liderança que têm seus pontos fortes e fracos. Veja, aqui, alguns dos principais.

Democrático

Algumas pessoas preferem resolver questões coletivas por consenso em vez de disputas, valorizando a perspectiva de cada um em qualquer decisão. Esse é o líder democrático, alguém que busca o máximo de entendimento mútuo e cooperação voluntária entre os indivíduos.

Se, por um lado, ele evita discórdia, por outro, nem sempre tem o pulso firme de outros perfis para impor uma decisão. Ao tentar considerar as implicações das decisões para todos os envolvidos, pode ser que ele chegue a um impasse e tenha dificuldade em agir.

Autoritário

Do outro lado do espectro, temos o líder autoritário. Como o nome diz, ele impõe as próprias decisões e a própria visão durante o trabalho. Isso, porém, não significa que ele ignore as opiniões dos demais, porém, quando ele toma uma decisão, é firme nela até o fim.

Esse perfil tende a mobilizar grupos rapidamente, mas pode gerar vários atritos em alguns contextos. Quando alguém apresenta baixo desempenho, o autoritário tende a ser mais crítico, o que gera uma má reputação por parte dos demais colaboradores.

Treinador

Em geral, o líder treinador é aquele que busca extrair o máximo de potencial de cada indivíduo, quase sempre por pura força de vontade. Pode até ser chamado de “encorajador”, pois é o tipo que diz “você consegue!” ou “tente de novo!” com bastante frequência.

Se, por um lado, ele não desiste de nenhum integrante com potencial facilmente, também tende a insistir demais em pessoas que não deveriam estar em seu cargo ou carreira atuais. É aquele que tem mais dificuldades para recomendar uma demissão ou ter conversas difíceis.

Inspirador

Se o treinador influencia diretamente a equipe, com discursos e palavras encorajadoras, o inspirador faz o mesmo com suas ações. Ele atua de forma bem independente e presta um bom exemplo de dedicação e expertise para todos os seus colegas, levando-os a buscar o mesmo em suas próprias rotinas.

Porém, essa independência também pode ser um pouco prejudicial. Esse tipo de líder costuma ser o mais preocupado com o status, o que o leva a ignorar um pouco seus colegas. Se outra pessoa aparecer com uma atitude forte ou demonstrando mais talento/experiência, podem ocorrer algumas disputas desnecessárias.

Sinais de que um candidato é um bom líder

Conhecer os perfis é um bom primeiro passo, mas, para aprender como identificar um líder, o mais importante é entender as características gerais de um e identificá-las em seus candidatos. Veja aqui os principais exemplos.

Alto engajamento nas dinâmicas

Durante o processo de recrutamento e seleção, é comum que você aplique testes e dinâmicas de grupo para avaliar seus desempenhos em diferentes competências. Mas, além de capacidades técnicas, essas dinâmicas também mostram um pouco mais do nível de engajamento do candidato com o processo seletivo.

Alto engajamento, com ações proativas para obter melhores resultados durante o processo seletivo, é um bom sinal de um líder. Sem empenho em uma tarefa simples, é mais difícil contar com esse entusiasmo no dia a dia de trabalho e na coordenação da equipe.

Pensamento estratégico

Ter um plano é o primeiro passo para melhorar suas chances de alcançar qualquer objetivo. Pensar estrategicamente, enxergando a figura completa em vez de se concentrar apenas no curto prazo, é uma característica fundamental em líderes mais capazes. Por isso mesmo, é importante identificá-la em todos os seus candidatos.

O melhor é que, mesmo que o indivíduo não disponha de outras características que o incluam em um perfil de liderança, a capacidade de pensar estrategicamente é sempre útil. Seja no dia a dia, seja lidando com grandes projetos, pensar em longo prazo sempre é uma vantagem.

Flexibilidade diante de diferentes cenários

Quando ocorre alguma crise ou um imprevisto, é esperado que o líder assuma a responsabilidade pela situação, promovendo mudanças de comportamento e novos planos para superar a situação. Porém, não é qualquer pessoa que consegue se adaptar facilmente diante de uma mudança muito brusca de contexto, dificuldade ou objetivo.

Boas figuras de liderança conseguem manter a compostura e reorganizar seus planos quando algo assim ocorre. E, com algum empenho, também podem continuar guiando o time em direção ao seu novo objetivo. Candidatos capazes de manter a calma, avaliar a situação presente e encontrar novas soluções são sempre úteis.

Dedicação ao próprio trabalho

Por fim, mas não menos importante, um bom líder também é um excelente profissional em sua própria área. Ele está sempre se atualizando, aprimorando-se em sua área e encontrando formas de otimizar o trabalho da equipe no dia a dia.

É verdade que, em última análise, um bom líder não precisa ser o mais capacitado na execução de um serviço. Coordenar uma cozinha e ser um bom cozinheiro, por exemplo, são competências bem diferentes. Porém, é impossível encontrar as melhores soluções dentro de um setor se você não for também um especialista em sua área.

Agora que você já entende um pouco melhor como identificar um líder, é hora de reavaliar seu processo de recrutamento e seleção e focar mais nesses aspectos. Esses indivíduos não são muito comuns e geram grande retorno para suas equipes.

Para facilitar um pouco mais suas avaliações, aprenda um pouco sobre DISC Profiler e como ele pode contribuir para o seu processo de recrutamento e seleção.


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of