RH Humanizado e Tecnológico: o match perfeito

Tempo de leitura: 10 minutos

O RH humanizado é um conceito que vem ganhando cada vez mais espaço nas organizações. Importante ressaltar que à medida em que a tecnologia foi ocupando lacunas no setor, os processos burocráticos, antes demorados, passaram a ser realizados com mais agilidade e os profissionais da área puderam direcionar tempo e foco para o que realmente importa: o capital humano.

Assim, o RH humanizado visa à evolução da perspectiva organizacional sobre o colaborador. Um olhar para o ser humano de forma integral e a tecnologia tem um papel muito importante nesse processo. Neste conteúdo, você vai entender como ter um RH estratégico e tecnológico fortalece a humanização no trabalho. Confira!

A importância da humanização no trabalho

A tecnologia faz parte do nosso cotidiano e tornou-se uma ferramenta indispensável em diversos setores. Além de estar acessível para grande parte das empresas, ela oferece soluções democráticas, ou seja, relevantes para negócios de todos os tipos e portes. 

Empresas que desenvolvem uma gestão eficiente melhoram seus resultados financeiros e a produtividade. E para que essa gestão esteja alinhada aos objetivos estratégicos, o RH deve contribuir com ações para humanizar políticas e processos voltados às pessoas e promover engajamento. Essa gestão humanizada é importante porque:

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

  • torna os colaboradores mais engajados;
  • aumenta o desempenho individual e das equipes;
  • ajuda a atrair e reter talentos; 
  • qualifica a comunicação, tornando-a mais clara e acessível;
  • diminui índices de turnover e absenteísmo; 
  • melhora a qualidade do ambiente de trabalho e o clima organizacional da empresa.

O que é RH humanizado?

Se o RH é a ponte entre empresa e colaboradores, a administração humanizada é o laço que une as relações. Essa abordagem percebe o profissional de forma holística e promove o foco nas pessoas, desenvolvendo relacionamentos mais estreitos e de valor. 

Mas, qual o papel do RH na implementação da gestão humanizada? O departamento de Recursos Humanos é o responsável por implementar e disseminar as práticas da gestão humanizada nas empresas. E a tecnologia está muito entrelaçada com essa missão.

A evolução tecnológica traz como efeito ganho de produtividade significativo. Quando aplicada de maneira eficaz, além de ampliar a capacidade produtiva também determina agilidade, eficiência e uma gestão baseada em dados. 

É assim que se começa a promover um ambiente em que os profissionais possam se autoconhecer, desenvolver e explorar o próprio potencial. Como consequência, a organização constrói um caminho muito mais sustentável, fortalecendo o seu maior capital, o humano. Confira a seguir os pilares do RH humanizado.

Protagonismo do colaborador

O foco se concentra no colaborador. Ele é visto como um indivíduo com vontades, sonhos, limitações e conflitos. Ao colocar o profissional no centro, a empresa demonstra valorização e empenho para atender suas necessidades e, assim, obter o seu melhor potencial. 

Atenção ao bem-estar

Ações que promovam a qualidade de vida do colaborador e das equipes são constantes. O RH humanizado busca investir em iniciativas para deixar os profissionais felizes e engajados com o propósito organizacional, seja no trabalho presencial ou em home office. 

Comunicação acessível

A proximidade entre empresa e colaborador incentiva a troca de experiências e de informações. Desse modo, a comunicação é fluida e acessível a toda a organização. Ter um canal de diálogo aberto, é fundamental numa relação humana em que ambas as partes têm voz e vez.

Saber ouvir

A comunicação acessível inclui ser um bom ouvinte. A importância de ter um RH humanizado passa também pela necessidade de escutar o que o colaborador tem a dizer. Por isso, gestores, lideranças e o próprio setor devem proporcionar esse ambiente (virtual ou presencial) de escuta, oferecendo e dando feedbacks constantes. 

Fomentar o desenvolvimento profissional

A valorização do colaborador deve incluir estratégias para promover o autodesenvolvimento. Oferecer cursos, treinamentos e capacitações denotam a preocupação que a organização tem com o crescimento do colaborador. 

Ter a tecnologia como aliada

A automação de processos manuais e repetitivos é o braço que o RH precisa para ser elevado a um outro nível de gestão. Ser mais estratégico, ter tempo para se dedicar a novas ações, análise de indicadores, fortalecer as relações humanas e ter dados confiáveis para a tomada de decisões são alguns dos benefícios que a tecnologia oferece para humanizar o setor.

Como a tecnologia ajuda a humanizar o RH?

Pensar que a tecnologia pode desumanizar processos não é um fato novo e tampouco é exclusividade do RH. Trata-se de uma crença limitante que existe desde os primórdios da humanidade, pois houve sempre a desconfiança em relação ao futuro, devido à entrada da tecnologia.

No entanto, ela não pode ser negligenciada porque seu papel é justamente facilitar o cotidiano e resolver problemas comuns às organizações, independente do tamanho ou segmento. Confira alguns benefícios que o RH tem ao utilizar as ferramentas certas para seus processos:

  • identificar os perfis com aderência às novas vagas e dar oportunidade para desenvolvimento de carreira;
  • viabilizar treinamentos à distância, incentivando os colaboradores ao desenvolvimento profissional;
  • criar canais de comunicação simples e acessíveis a todos os colaboradores, como grupos de WhatsApp, para divulgar informações relevantes;
  • disponibilizar aplicativos de acompanhamento do bem-estar, incentivando atividade física, alimentação saudável e lazer, conectados a sistemas de RH;
  • estabelecer meios para o compartilhamento do conhecimento (a chamada Gestão do Conhecimento);
  • identificar perfis comportamentais, conhecer mais a fundo as áreas de talentos e as  principais competências do profissional para formar equipes de alta performance;
  • idealizar programas de reconhecimento pelas entregas e resultados apresentados no dia a dia de trabalho.

Mônica Hauck, CEO e founder da Sólides, explica que olhar para os avanços tecnológicos com atenção permite perceber que as soluções para o RH melhoram o jeito de fazer gestão de pessoas em empresas de todos os portes. 

“As tecnologias são fundamentais para tornar os processos muito mais otimizados, dinâmicos e humanizados. Afinal, são ferramentas tecnológicas que proporcionam, por exemplo, um mapeamento de perfil comportamental, capaz de fazer uma análise profunda sobre quem é aquele profissional.” – Mônica Hauck

Nesse sentido, não há nada mais humano e profundo do que colocar a pessoa certa no lugar certo. Independentemente dos benefícios e atrativos de uma vaga, quando você coloca a pessoa em uma posição inadequada, ela acaba entrando em um looping de sofrimento, estresse e esforço excessivo, que leva a uma experiência negativa na empresa. Por isso, o match comportamental é tão importante, desde o processo de atração de talentos.

6 dicas para humanizar o RH

Usar a tecnologia a favor do RH para tornar a gestão de pessoas mais humana e acolhedora é uma decisão essencial. Para isso, é fundamental conhecer as ferramentas certas e implementar as mudanças necessárias para fazer do jeito certo.

Com este alinhamento entre o RH tecnológico e a gestão humanizada, chegamos à conexão ideal entre processos, pessoas e resultados. Veja abaixo 6 soluções tecnológicas que têm ajudado as empresas a humanizar seus processos. 

1. Mapeamento de perfil comportamental

É um erro considerar apenas as habilidades técnicas de um candidato ou colaborador, pois as soft skills e os traços da personalidade dizem muito a respeito do profissional. Assim, o mapeamento de perfil comportamental vai além do que está descrito no currículo. 

Com o Profiler, a ferramenta exclusiva da Sólides para análise de perfis, você tem em apenas 5 minutos, mais de 50 informações sobre o perfil comportamental do profissional. E ao considerar não só as habilidades técnicas, mas também as soft skills e nuances comportamentais, estamos tornando o nosso processo de seleção e gestão muito mais humano.

banner para baixar ebook sobre Gestão de Pessoas: é bem mais fácil quando você conhece seus colaboradores-rh humanizado

2. Levantamento de dados

Coletar, analisar e interpretar dados ajuda os gestores a tomarem decisões mais acertadas. O People Analytics é uma tecnologia que contribui para otimizar os processos do RH. Com a ferramenta, a gestão de pessoas consegue levantar e analisar informações de colaboradores, decidir e planejar ações, como programas de treinamento, por exemplo. 

E, convenhamos, tomar decisões baseadas em dados é muito mais humano e eficiente do que confiar apenas em vieses inconsistentes para decidir algo sobre pessoas e times, não é mesmo?

3. Desenvolvimento do colaborador

Nesse quesito entram as ferramentas para análise de desempenho. Como um ciclo, desempenhos positivos tornam o colaborador mais engajado. Enquanto o engajamento suscita nele o desejo de desenvolver suas potencialidades, profissionais e pessoais. 

O RH humanizado enxerga, valoriza e promove oportunidades para autodesenvolvimento do colaborador, investindo, por exemplo, em educação corporativa. São benefícios para o colaborador e para a empresa, pois nessa relação, ambos saem ganhando. 

4. Comunicação mais próxima

Estabelecer uma comunicação eficiente nas empresas é imprescindível para tornar o RH mais humano. Saber o momento adequado para ouvir, falar e dialogar denota sensibilidade e acolhimento. 

Um aliado para esse fim é o aplicativo do colaborador, desenvolvido para aproximar o profissional da empresa. O app leva para a mão do colaborador todos os comunicados, arquivos e informações organizacionais. A ferramenta também é útil para integrar os times, proporcionando a interação direta com a gestão de pessoas. 

5. Aplicação de 9box Cultural

A tecnologia contribui também para avaliar o desempenho e o comportamento do capital humano. Com essas informações a gestão de pessoas consegue embasar a tomada de decisões sobre a carreira do colaborador.

O 9box Cultural é uma ferramenta rápida, eficiente e avançada para análise de desempenho. De forma completa e dinâmica, ele alinha os valores da empresa e o comportamento dos profissionais. Com ele, a gestão de pessoas humaniza os processos ao avaliar desempenho e comportamento, diminuindo erros de contratações e demissões. 

6. Contar com uma plataforma completa para o RH

Ter uma plataforma completa para gestão de pessoas é, sem dúvidas, o melhor caminho para gastar menos tempo com tarefas manuais e se dedicar às pessoas e relações, promovendo qualidade de vida no trabalho e fortalecendo o clima organizacional. 

Ainda, a gestão de pessoas consegue levantar dados para atuar de forma mais estratégica, inclusive no desenvolvimento do capital humano, personalizando cursos e treinamentos conforme os perfis comportamentais e necessidades de aprofundar em competências específicas. 

A Sólides tem a melhor tecnologia para acompanhar e gerar mais resultados na gestão de pessoas em cada etapa da jornada do colaborador, tornando-se uma parceira ativa das PMEs. A plataforma Sólides reúne tudo que as empresas precisam para gerenciar RH e DP em um só lugar:

  • desenvolvimento e performance;
  • atração e gestão de talentos;
  • engajamento e retenção;
  • people analytics;
  • mapeamento de perfil comportamental. 

Saber como humanizar o RH contando com o apoio da tecnologia é fundamental para empresas que desejam crescer de forma sustentável no mercado e se tornarem mais competitivas, inclusive na guerra por talentos. Para conhecer outras formas de quebrar paradigmas no seu RH, conheça nosso guia de tendências em gestão de pessoas com  apostas para os próximos 5 anos e saia na frente! 

banner para baixar o guia de tendências em gestão de pessoas para os próximos 5 anos - rh humanizado

5 2 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Renato Marques Jr

Excelente!

[…] A tecnologia deixou de ser a protagonista das soluções de desenvolvimento dos negócios e passou a ser um coadjuvante da gestão de pessoas. Os sistemas apoiam na coleta e modelagem dos dados, na gestão de equipes e na elaboração de estratégias mais eficazes de atuação no mercado, mas a base principal são as pessoas. […]