Como fazer pesquisa de clima em 7 passos + modelo pronto

Entenda como fazer pesquisa de clima na prática e outras dicas para aplicar esse tipo de análise estratégica!
como fazer pesquisa de clima
BAIXE GRÁTIS!

Aqui você encontra:

Você sabe como fazer pesquisa de clima? Manter um ambiente corporativo saudável é uma meta constante em todas as empresas. E não é à toa, dados do GPTW mostram que empresas com um bom clima organizacional sofrem três vezes menos com rotatividade e alcançam lucros até 7% maiores do que as maiores organizações do país. 

Pensando nisso, preparamos um passo a passo simples e funcional para ajudar você a implementar essa estratégia na sua empresa. Além disso, listamos alguns exemplos de perguntas para você se basear e adaptar a realidade do negócio. Confira a seguir. 

O que é pesquisa de clima organizacional? Qual sua importância?

A pesquisa de clima organizacional é um instrumento que identifica como está o ambiente interno de uma empresa. Por meio dessa ferramenta, é possível entender quais são os principais aspectos positivos percebidos pelos colaboradores e quais as percepções negativas que eles têm em seu dia a dia. 

É válido mencionar que uma empresa que conhece e ouve o colaborador tem as informações precisas para alcançar o clima organizacional apropriado. Ainda, existem vários motivos pelos quais a pesquisa deve ser implementada, como veremos a seguir.

Materiais gratuitos: aprenda tudo pesquisa de clima! Ebook, planilha e modelo de pesquisa

Preencha o formulário e receba o kit grátis no seu e-mail 📩

Aumento na produtividade

A satisfação de um colaborador está diretamente relacionada ao seu desempenho no trabalho. Segundo um estudo realizado pela Universidade da Califórnia, um trabalhador feliz é, em média, 31% mais produtivo, três vezes mais criativo e vende 37% a mais em comparação com outros. Ou seja, um profissional satisfeito contribui diretamente nos resultados financeiros de uma empresa.

Diminuição na rotatividade

Embora, atualmente, as pessoas sejam tenham menos apego ao tempo de permanência em uma única empresa, quando um profissional gosta do clima de onde trabalha, dificilmente ele considera sair desse lugar. Isso porque, antes de aceitar uma nova proposta, o colaborador leva em conta não apenas o salário, mas todas as questões do ambiente no qual ele está inserido.

Por isso, uma organização que ouve o funcionário e se importa com o clima organizacional consegue manter seus funcionários contentes e melhorando engajamento e retenção.

Atração de talentos

Outro ponto fundamental relacionado à pesquisa de clima é que, a partir desse aprendizado, é possível criar estratégias para manter um ambiente favorável. Assim, sua empresa se torna atrativa a novas pessoas, fazendo com que o processo de recrutamento e seleção seja mais passivo e menos dificultoso.

Como fazer pesquisa de clima? 7 passos

Sabendo desses benefícios que uma pesquisa de clima pode trazer, agora é a hora de entender como aplicá-la na prática. A seguir, você confere um passo a passo completo com dicas valiosas. 

1. Definição do escopo

Em primeiro lugar, é necessário pensar qual é ou quais são os objetivos da sua pesquisa. Você pode querer, por exemplo, identificar um problema específico de determinado setor ou investigar quais as razões pelas quais uma falha acontece.

Assim, é importante estabelecer quais campos serão investigados e explorados para entender as percepções dos colaboradores. Os fatores mais considerados nesse tipo de pesquisa são:

  • Ambiente e condições de trabalho: estrutura do ambiente de trabalho e rotina de atividades;
  • Comportamentos e relações: aspectos culturais do comportamento dos indivíduos, conflitos, integração entre os times e relações interpessoais;
  • Lideranças: alinhamento das lideranças à cultura organizacional, postura dos líderes, capacidade de influência e qualidade das relações com o time;
  • Comunicação: problemas de comunicação, canais disponíveis e transparência da empresa;
  • Motivação: grau de alinhamento entre expectativas e realidades, grau de satisfação com a rotina de trabalho e possibilidades de crescimento;
  • Qualidade de vida: equilíbrio entre vida pessoal e profissional, desgaste mental e físico, políticas de incentivo à saúde;
  • Políticas de remuneração: satisfação em relação aos salários, benefícios e planos de carreira.  

2. Planejamento do processo

Não somente a definição dos objetivos deve estar organizada, mas também a própria estrutura da pesquisa e como ela vai ser implementada. Alguns pontos que precisam ser planejados com antecedência são: 

  • Data em que a pesquisa será aplicada;
  • Data em que ela será analisada;
  • Tempo de duração da pesquisa; 
  • Responsável pela aplicação da pesquisa;
  • Métodos e ferramentas utilizadas;
  • Responsável pela análise dos resultados;
  • Data e forma de divulgação dos resultados;
  • Regularidade de aplicação da pesquisa.

3. Comunicação prévia da pesquisa

Antes de aplicar a pesquisa é importante comunicar aos colaboradores que essa ação acontecerá. Eles precisam estar cientes que o objetivo da pesquisa é entender como está o clima organizacional da empresa, logo, manter a transparência é fundamental.

Assim, vale enviar um e-mail ou, até mesmo, fazer um comunicado presencial, para esclarecer como e quando o questionário vai acontecer, por qual plataforma, a importância da participação de todos e outras dúvidas que possam surgir.

4. Criação do questionário

Depois de planejar e divulgar a pesquisa, é hora de colocar a mão na massa para elaborar o questionário de perguntas. Dentro dele, você tem a opção de apontar situações a respeito do ambiente de trabalho e dar as seguintes opções de resposta: “sim”, “não” ou “talvez”

Sendo assim, é possível criar mais opções de respostas, como: “acontece sempre”, “acontece com frequência”, “acontece com pouca frequência” ou “não acontece”. Resumindo, existem várias formas de elaborar o questionário e você deve estar atento para o formato que melhor atende à sua necessidade. 

E mais: uma dica para otimizar o processo é evitar muitas opções de respostas, caso o formulário seja muito extenso. Então, nesse cenário, também é interessante optar por uma ferramenta que permita que o colaborador retome de onde parou, caso precise interromper o processo. 

Se as pesquisas acontecerem na empresa com certa regularidade, por exemplo a cada 15 dias, é válido reduzir o número de perguntas para tomar menos tempo dos profissionais. 

Uma boa dica para otimizar a organização do formulário é separar as questões por blocos, de acordo com o tema. Dessa forma, as perguntas ficarão melhor dispostas, o que vai facilitar as respostas dos colaboradores.

5. Aplicação na prática

Em uma pesquisa de clima, o ideal é que todos os funcionários participem, tanto líderes quanto liderados. Uma dica para deixar as pessoas mais à vontade é manter as respostas do questionário anônimas. Dessa forma, todos terão mais liberdade para serem completamente honestos no preenchimento. 

Além disso, outro método para engajar as pessoas é oferecer algum tipo de benefício para os participantes. Isso pode chamar a atenção dos colaboradores. 

Por fim, é válido lembrar de fazer testes antes de realizar a pesquisa, caso ela aconteça de forma digital. Lembre-se de que quanto melhor e mais intuitivo for o seu questionário, mais descomplicadas serão suas respostas, o que, consequentemente, facilitará uma análise posterior.

6. Análise dos resultados

Finalmente, depois de planejamento e execução concluídos, chegou a hora de analisar os dados coletados na sua pesquisa. Comece organizando as respostas. Separá-las em categorias pode ajudar na hora de explorar os resultados. 

O teste de clima organizacional tem como objetivo identificar os principais pontos positivos para que eles sejam valorizados e aprimorados, além dos pontos negativos que precisam ser alinhados. Mas é fundamental que ações sejam elaboradas para o melhoramento do clima corporativo.

Portanto, depois da análise, é apropriado agendar uma reunião com a alta liderança para discutir os resultados e avaliar quais ações podem ser executadas.

Material gratuito: 9 planilhas de RH em um só lugar!

Preencha o formulário e receba grátis o kit de planilhas para RH no seu email📩

7. Divulgação dos resultados

Depois de aplicada a pesquisa e definidas as ações que serão implementadas, é recomendável que a empresa dê o feedback aos colaboradores, mostrando os dados que foram levantados e as soluções encontradas. 

Assim, essa é uma etapa importante para engajar os profissionais em novas avaliações e manter a transparência da gestão. 

Uma dica final: realize essa pesquisa regularmente! Com o passar do tempo, a sua empresa muda, cresce e os funcionários se renovam, portanto, mantenha uma periodicidade de aplicação para que a evolução seja constante.

Quais perguntas fazer na pesquisa de clima?

Não existe uma fórmula mágica para elaborar as perguntas do questionários de clima. É importante que você leve em conta os objetivos da estratégia e os pontos que precisa investigar. 

Portanto, para ajudar a orientar a estrutura, trouxemos, a seguir, alguns exemplos de perguntas que você pode utilizar e adaptar a diferentes aspectos da organização. 

Clima organizacional

Aqui, o foco será entender as percepções do time sobre o clima no ambiente de trabalho e a cultura organizacional

  • Você considera a empresa um ambiente saudável?
  • A cultura da empresa está alinhada com o que você acredita? 
  • Você se sente confortável em trabalhar com o seu time?
  • Seu dia a dia de trabalho é agradável?
  • Você se sente pertencente ao time? 
  • Você já viveu situações de abuso ou assédio dentro da empresa?
  • Existe alguma hostilidade ou conflito na sua equipe de trabalho?
  • Você confia em seus colegas?
  • Seus colegas de equipe ajudam você quando precisa?  

Infraestrutura e ambiente de trabalho

Neste tópico, o foco será explorar as opiniões dos colaboradores sobre o ambiente físico e a estrutura do local de trabalho

  • O ambiente de trabalho é adequado para as suas atividades? 
  • Você se sente confortável e seguro no ambiente de trabalho?
  • Você tem acesso a todas as ferramentas que precisa para realizar suas atividades? 
  • O ambiente de trabalho permite que você tenha a concentração necessária? 
  • Existem melhorias de infraestrutura que precisam ser feitas? 

Funções e processos

Nesta etapa, as perguntas devem se concentrar no dia a dia de trabalho dos profissionais e suas atividades. 

  • Você entende a importância de suas atividades para a empresa? 
  • Você enxerga valor no trabalho realizado?
  • Você está satisfeito com as funções que desempenha no seu dia a dia? 
  • Você se sente desafiado para assumir novos desafios?
  • Você sente que tem autonomia para realizar suas tarefas?
  • As tarefas que você realiza estão alinhadas com seu cargo?  
  • Você considera o volume de trabalho alto?
  • Está satisfeito com a flexibilidade de horário?
  • A distribuição de tarefas é adequada no seu setor de trabalho?

Lideranças

É importante que a pesquisa de clima envolva questões relacionadas à postura e atuação das lideranças

  • O seu gestor é claro ao delegar tarefas? 
  • A comunicação do líder com a equipe é eficiente?
  • Você se sente reconhecido por seus líderes? 
  • As lideranças valorizam a opinião de seus liderados? 
  • Você se sente confortável em pedir e oferecer feedbacks para a gestão?
  • Você já se sentiu diminuído ou pressionado pela liderança?
  • Seu líder age como um exemplo dentro da organização? 
  • Seu líder incentiva o seu desenvolvimento?

Material gratuito: guia completo sobre desenvolvimento de lideranças

Preencha o formulário e receba o material grátis no seu e-mail 📩

Comunicação

Nesta sessão, serão avaliados os canais de comunicação interna da empresa e a transparência das informações.

  • A empresa é clara ao passar informações para o time?
  • Você considera a comunicação interna satisfatória? 
  • Você conhece todos os canais de comunicação disponíveis? 
  • Você acredita que as informações são transmitidas de forma transparente? 
  • Você é respondido com agilidade quanto entra em contato com a gestão? 

Plano de carreira

Aqui, vamos explorar a percepção do profissional sobre suas possibilidades de crescimento e desenvolvimento dentro da empresa. 

  • Você se vê trabalhando nesta empresa por muitos anos? 
  • Você enxerga oportunidades de crescimento dentro da empresa?
  • Você tem interesse em ocupar posições de liderança?
  • Você enxerga um plano de carreira claro para sua função? 

Qualidade de vida

Nesta parte, as perguntas se concentram no tema qualidade de vida, para entender como os profissionais se sentem em relação à empresa. 

  • A empresa exige sua atenção fora dos horários de trabalho?
  • Você consegue conciliar sua vida profissional com a pessoal?
  • Você se sente sobrecarregado ou cansado mental e fisicamente?
  • Você é incentivado pelas lideranças a cuidar da sua saúde? 
  • Você se sente pressionado ou julgado quando precisa se ausentar por problemas de saúde? 

Salário e benefícios

Por fim, é válido incluir questões sobre a política salarial da empresa e os benefícios oferecidos aos colaboradores. 

  • Você está satisfeito com a sua remuneração?
  • Você considera seu salário justo?
  • Existe algum benefício que você sente falta?
  • Você consideraria sair da empresa caso recebesse uma proposta com remuneração superior?
  • Os benefícios oferecidos se adaptam às suas necessidades? 

Como é feita uma pesquisa de clima organizacional?

Existem diversas formas de aplicar a pesquisa de clima na empresa. De modo geral, ela acontece por meio de um questionário com perguntas. Contudo, é possível utilizar diferentes ferramentas e estruturas para criá-la. 

Portanto, cada vez mais empresas apostam na utilização de softwares especializados em RH, que já contam com essa função. Esse tipo de ferramenta permite uma personalização completa das perguntas e formatos de respostas. 

Apesar de exigir mais tempo e esforço, também é possível aplicar a pesquisa de clima por meio de questionários em papel, formulários do Google ou outros documentos enviados de forma digital. Nesses casos, o RH precisará construir todo o formulário do zero, além de avaliar os resultados manualmente

O formato de pesquisa também pode variar de acordo com as possibilidades de resposta. Nesse caso, é possível optar por alguns modelos bastante utilizados:

  • Perguntas abertas: o colaborador vai escrever as respostas com suas próprias palavras;
  • Múltipla escolha: alternativas variadas para que o colaborador assinale aquela que faz mais sentido para ele;
  • Escala Likert: as respostas variam em uma escala entre "discordo totalmente", "não concordo nem discordo" e "concordo totalmente";
  • Três alternativas: o colaborador pode escolher entre as respostas "sim", "não" ou "às vezes". 

➡️ Saiba também:

Quem faz a pesquisa de clima organizacional?

Em geral, o setor de Recursos Humanos da empresa cria os formulários e a aplica a pesquisa de clima. É importante, contudo, que o RH tenha o apoio dos gestores para elaborar as perguntas e incentivar a participação do time. 

Como interpretar os resultados da pesquisa de clima?

Dependendo do modelo e da ferramenta utilizada na pesquisa de clima, pode ser bastante desafiador analisar e levantar dados concretos. Exatamente por isso, é importante optar por um modelo de visualização simples e bem estruturado.

No caso de um formulário com questões abertas, por exemplo, uma boa opção para auxiliar na leitura é criar uma nuvem de palavras com as expressões que mais aparecem. Existem ferramentas, como EdWordle e Tagcrowd, que podem auxiliar nessa tarefa.

Os formulários com respostas pré-estabelecidas podem ser mais simples de analisar utilizando ferramentas que gerem gráficos e relatórios a partir das respostas mais selecionadas. 

Nesse sentido, um software de RH com People Analytics, como a Sólides, pode ser um grande aliado, ajudando, não só a identificar as questões com maior prioridade, mas também cruzando informações e comparando resultados de diferentes setores para uma análise de dados completa e inteligente. 

Portanto, um relatório bem feito é essencial para mapear os pontos críticos e orientar a Gestão de Pessoas na tomada de decisões. Com ele, será possível visualizar, de forma mais simples, as causas de um clima ruim e os pontos que podem melhorar.

Então, agora você já sabe como fazer pesquisa de clima na prática. Então é hora de colocar a mão na massa. Lembre-se que esse tipo de análise só faz sentido se a empresa realmente estiver disposta a realizar ações para melhorar os problemas encontrados. 

Para tornar o processo ainda mais estratégico e eficiente, sua empresa pode contar com a Sólides. Quer entender como? Entenda como fazer pesquisa de clima com a Sólides e, além de ter praticidade na coleta e análise de resultados, utilizar a inteligência comportamental para resolver seus desafios! 

Agende uma demonstração grátis

Sanny Vasconcelos
Sanny Vasconcelos
Psicóloga de formação apaixonada pela Educação Corporativa. Desde 2022 integro a Sólides, onde atuo na Unidade de Negócio de Educação, focada na Formação Analista Comportamental e treinamentos Imersão Sólides.
Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima