Como fazer gestão de conflitos nas organizações

Tempo de leitura: 4 minutos

Apesar de se tratar de algo muito comum na realidade das empresas, os conflitos organizacionais sempre foram um tipo de tabu dentro dos negócios. Algumas gestões acabam não dando atenção a esse assunto, o que as torna pouco preparadas para lidar com o problema e para criar soluções realmente eficazes.

Felizmente, nos últimos anos a mudança de cenário na gestão e nos recursos humanos tem aberto mais espaço para a abordagem de questões como a gestão de conflitos nas organizações. Isso também tem estimulado os gestores e profissionais a buscarem mais conhecimento sobre o assunto e sobre questões comportamentais.

Você quer saber tudo sobre a relação entre a gestão de conflitos e o comportamento? Fique por dentro de como isso funciona e como gerir conflitos de forma eficiente em seu negócio com o artigo de hoje!

Identificando os conflitos organizacionais

Os conflitos organizacionais podem ser causados por diversos motivos: uma liderança que não está de acordo com as características dos liderados, conflitos entre colegas e ambiente de trabalho hostil, por exemplo. Tudo isso e diversos outros fatores podem gerar conflitos na sua empresa.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Mesmo sabendo que os conflitos sempre existirão, descobrir a raiz do problema para enfrentá-lo de maneira direta nem sempre é tão fácil. Na maioria dos casos é mais inteligente fazer uma gestão que já tem como objetivo evitá-los. Assim, você vai prevenir o problema ao invés de ter que lidar com ele!

Entendendo a relação entre o comportamento e os conflitos

Foi buscando as melhores alternativas para fazer a gestão de conflitos nas organizações e também prevenir esse tipo de problema que chegamos ao ponto-chave da questão: o comportamento.

O bom funcionamento de um negócio é baseado no princípio da coletividade. Isso quer dizer que o trabalho de cada colaborador da sua empresa é fundamental para que vocês alcancem os objetivos comuns do negócio. Mas nós sabemos que apesar de parecer simples quando falamos dessa maneira, a realidade é que cada pessoa tem um comportamento diferente e isso pode interferir – e muito! – na harmonia do processo.

De acordo com estudos de diversas áreas de conhecimento relacionadas à gestão, existem cerca de quatro perfis comportamentais diferentes e todos eles podem estar presentes dentro de uma mesma empresa. Mas é a maneira como eles são geridos que vai direcionar a atuação dos diferentes perfis dentro de cada negócio.  

Para que essa ideia fique mais clara para você, vamos pensar em uma situação hipotética e simples: um grupo de subordinados vive em conflito constante com a sua liderança. Assim como na maioria dos casos semelhantes nas empresas, a principal causa do conflito nessa situação é o comportamento. O líder tem um perfil e um estilo de liderança específico que não está de acordo com a expectativa de liderança dos subordinados.

Para gerir esse tipo de conflito, por exemplo, o gestor precisa conhecer os perfis comportamentais. Assim, ele vai conseguir descobrir quais são as características necessárias para liderar sem grandes problemas aquele determinado grupo de colaboradores. A partir disso, ele pode fazer certas adaptações para desenvolver uma gestão mais eficiente na organização!

O mesmo acontece dentro de algumas equipes de trabalho, por exemplo. Existem perfis comportamentais que, em teoria, não poderiam trabalhar em contato direto com outros para evitar conflitos e manter a produtividade dos colaboradores. Por causa disso, fazer a gestão de conflitos nas organizações também é conhecer quais perfis são ideais para desenvolver trabalhos juntos e montar uma estratégia de manutenção e prevenção de desavenças internas.

Desenvolvendo a gestão de conflitos nas organizações

E como gerir os conflitos através do comportamento? Bom, nós já falamos acima sobre a importância de conhecer e fazer a análise dos perfis comportamentais das lideranças e demais colaboradores em sua empresa. Essa é a forma de conseguir prevenir os conflitos e ainda desenvolver uma gestão eficiente quando esse tipo de problema surgir!

Mas esse não é o único benefício da gestão baseada no comportamento em sua empresa! Ela também é fundamental para que você conte com os colaboradores ideais nas funções certas, aumente a produtividade do seu negócio, diminua a rotatividade e reduza os custos em sua empresa.

Para desenvolver uma gestão comportamental que gera bons resultados para o seu negócio, você pode contar com uma ferramenta que faz o mapeamento comportamental através da análise de perfil do seu time. Você vai ter acesso a relatórios e diversas outras funcionalidades que vão melhorar os resultados do seu negócio expressivamente!

Agora quer saber como escolher a ferramenta certa para fazer a gestão de conflitos nas organizações? Não perca tempo para alcançar o sucesso nessa área em sua empresa! Preparamos um artigo que fala tudo o que você deve analisar na hora de adquirir um sistema de gestão comportamental. Confira aqui!


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of