Como estimular o desenvolvimento de líderes na equipe?

Tempo de leitura: 8 minutos

Líderes inspiram pessoas. Você provavelmente já deve ter ouvido essa frase antes e ela é real! Afinal de contas, diferentemente dos chefes, a formação de liderança tem o objetivo de motivar as equipes, o que resulta em uma ótima produtividade para as organizações.

Por isso, hoje em dia o foco está no desenvolvimento de líderes nas empresas, pois eles serão os grandes responsáveis por uma gestão qualificada e estratégica.

Segundo uma pesquisa realizada pela Deloitte, a falta de liderança é um dos principais fatores para o alto índice de turnover (rotatividade de funcionários) nas empresas. O levantamento mostrou que 86% dos entrevistados afirmam ter carência de um líder.

Ou seja, formar líderes deve ser prioridade no team building das empresas. Mas como estimular o desenvolvimento de líderes na equipe?

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O artigo de hoje vai trazer algumas dicas e contribuir para ter sucesso com as campanhas da sua organização. Acompanhe a leitura!

1 – Valorize a equipe interna

O primeiro passo para a formação e desenvolvimento de líderes é proporcionar oportunidades para descobrir esse perfil na sua empresa. Para isso, vale a pena apostar em colaboradores que já fazem parte do quadro da companhia.

Desse modo, fica mais fácil encontrar uma liderança adequada, pois os funcionários já estão adaptados à cultura organizacional da sua empresa, enquanto profissionais novos levam um tempo para conhecer os valores do empreendimento.

Além do mais, a sua equipe interna possui os conhecimentos necessários para fazer a empresa funcionar. Por exemplo, um técnico em eletrotécnica sabe exatamente o que deve ser feito para manter a produtividade do setor.

Ao valorizar os funcionários internos, também é possível motivar os demais colaboradores e, como consequência, melhorar o desempenho das equipes.

A possibilidade de crescer profissionalmente dentro do negócio ajuda na retenção de talentos e é fundamental para a formação de líderes inspiradores.

Por esse motivo, preste atenção ao perfil e às competências de seus empregados, identificando aqueles que têm as características de um bom líder.

2 – Desenvolva competências técnicas e habilidades

O conhecimento técnico e a habilidade para trabalhar na sua companhia são aspectos essenciais de um bom líder. No entanto, eles precisam ser desenvolvidos o quanto antes, adaptando os colaboradores à realidade da empresa.

Afinal de contas, por maior que seja o conhecimento de um administrador em assessoria contábil, por exemplo, ao ingressar em um empreendimento novo, ele precisa desenvolver as competências exigidas pela organização, levando em conta os valores e objetivos específicos de cada negócio.

A partir disso, é possível observar se o funcionário tem as competências de um bom líder, que são:

  • Grande conhecimento técnico;
  • Capacidade de se adequar à cultura organizacional;
  • Excelente relacionamento interpessoal;
  • Habilidade de se comunicar de forma clara e objetiva;
  • Entre outros.

No entanto, cada ser humano é único e algumas habilidades podem ser desenvolvidas ao longo do tempo. Por isso, a dica é traçar um plano de ação para cada colaborador, com uma série de metas estabelecidas para que ele possa cumpri-las.

Além disso, o investimento em treinamentos para a qualificação das equipes também deve ser parte do planejamento das empresas. É por meio dessas ações que se pode despertar e desenvolver líderes.

Os treinamentos também são uma oportunidade de desenvolvimento profissional. Mesmo que um colaborador não venha a se tornar líder, caso ele tenha um curso de operador de empilhadeira, por exemplo, já é possível se destacar de outros trabalhadores.

Ou seja, é uma forma de acrescentar novas habilidades e competências ao currículo.

3 – Encoraje o networking dentro da empresa

Os líderes engajados estão sempre atentos às tendências de cada departamento. Por esse motivo, é importante que eles mantenham um bom networking com o restante dos colaboradores, observando como está o trabalho em cada setor.

A comunicação é um dos pontos mais importantes de qualquer líder. Através dela, é possível criar um relacionamento saudável entre as equipes, gerando um espírito de confiança dentro da empresa.

Por esse motivo, a formação de bons líderes passa necessariamente pelo encorajamento do networking entre os funcionários. 

Dessa forma, é possível perceber quais colaboradores possuem melhor competência de comunicação interpessoal, uma característica forte de um líder.

4 – Incentive o trabalho em equipe

O trabalho em equipe é primordial para as empresas que desejam obter melhores resultados de gestão. 

Com a comunicação entre os funcionários, a discussão de ideias e o senso de responsabilidade, é possível pensar em soluções estratégicas muito mais assertivas e que podem ser a chave para o sucesso.

Em empresas grandes, recomenda-se até adotar um sistema de gestão empresarial automatizado, para que todos os colaboradores possam ter acesso às informações mais importantes sobre processos da organização e, desse modo, orientar seus trabalhos em prol da maior produtividade.

Vale dizer que os trabalhos em equipe colaboram (e muito!) para identificação de líderes. Através deles, a empresa é capaz de avaliar a capacidade de cada funcionário no gerenciamento de conflitos e a proatividade.

5 – Estimule a cultura do feedback

Não há como formar líderes, sem que os colaboradores aprendam a importância de um feedback. Isso não diz respeito somente às críticas, mas a melhor forma de comunicar um erro, tecer uma recomendação e elogiar o trabalho das equipes.

Por exemplo, em uma empresa de engenharia de avaliações, o feedback é essencial para que os colaboradores saibam se o serviço realmente trouxe resultados positivos aos clientes. Caso contrário, é o momento de readaptar o trabalho.

O estímulo à cultura do feedback ajuda na formação e identificação de lideranças, pois um bom líder deve saber como lidar com críticas, sugestões e, até mesmo, reclamações acerca de uma atividade.

Uma maneira de fazer isso é reservando um dia da semana para uma reunião com toda a equipe. Quando isso ocorrer, observe o comportamento dos funcionários e veja qual deles se destaca em termos de proatividade e sabe receber um feedback de forma positiva.

6 – Dê oportunidades para tomada de decisão

A confiança na tomada de decisões, por mais simples que sejam as escolhas, é uma das qualidades de um bom líder. Por isso, é necessário encorajar os colaboradores a tomar certas atitudes, mesmo que isso implique em um erro.

Lembre-se que errar faz parte da rotina de liderança de uma equipe e, por esse motivo, os líderes devem saber como resolver essa situação.

Por exemplo, pergunte a um colaborador o que ele acha a respeito de uma parceria com empresas limpeza de caixa d’água SP e avalie os argumentos defendidos.

Esse pequeno “teste” irá mostrar se o seu funcionário toma decisões estratégicas, com base em dados lógicos e reais sobre o negócio, compreendendo a dinâmica do mercado e pensando em prol da empresa.

7 – Ouça a sua equipe

A grande diferença de um líder para um “chefe tradicional” está na capacidade de empatia do primeiro. O desenvolvimento da liderança passa pela capacidade de ouvir os anseios e necessidades das equipes, pois assim é possível perceber se há algo errado.

Por exemplo, a falta de um equipamento de impressão pode ser algo que dificulta muito o trabalho em um determinado departamento. Ao ouvir essa reclamação dos funcionários, os líderes podem buscar por alternativas, como o aluguel de impressoras.

O resultado pode ser extremamente positivo, afetando a produtividade e o desempenho das equipes. Com isso, os colaboradores se sentem mais motivados nos seus empregos.

8 – Atente-se para a organização

A organização é outro ponto crucial para o desenvolvimento de um bom líder. 

As empresas lidam diariamente com uma grande quantidade de dados e informações, por esse motivo, saber como armazená-las corretamente e segmentá-las da melhor forma são aspectos necessários para a produtividade das equipes.

Hoje em dia, é possível contar com o auxílio de ferramentas tecnológicas para esse acompanhamento dos dados, mas os líderes são os responsáveis por avaliar, analisar e saber o que fazer com essas informações.

Por esse motivo, a capacidade de organização se tornou uma das características ímpares de líderes inspiradores.

Conclusão

O desenvolvimento de líderes na equipe traz inúmeros benefícios para as empresas, começando pela possibilidade de crescimento profissional dos colaboradores e as oportunidades de reconhecimento.

No entanto, como vimos no artigo de hoje, há muitas outras vantagens em formar bons líderes. Por esse motivo, essa cultura é cada vez mais incentivada nas organizações, pois é uma maneira de melhorar a produtividade e reduzir o turnover.

Além disso, a figura do chefe mandão, que fica trancado em uma sala, já está pra lá de ultrapassada!

O mercado está em constante transformação e, para obter sucesso com o seu negócio, é preciso verificar as tendências e dar uma atenção especial à gestão de pessoas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

0 0 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments