Como atingir a maturidade no processo de recrutamento e seleção?

Tempo de leitura: 3 minutos

Por mais bem estruturado que seja seu processo de recrutamento e seleção, ainda é possível otimizá-lo e obter melhores resultados. Assim, conseguirá atrair, contratar e reter mais profissionais talentosos, bem como contribuir para o desenvolvimento da companhia.

Mas para alcançar a maturidade nesse processo é preciso investir nas ferramentas certas, bem como deixar de lado métodos já ultrapassados. Hoje, é possível falar sobre o uso de indicadores, estatísticas e novas tecnologias para subsidiar boas decisões.

Pensando em tudo isso, criamos um guia incrível para você. Nele, vamos mostrar como atingir a maturidade no processo de recrutamento e seleção, além das melhores ferramentas que podem ser usadas. Continue lendo e fique por dentro do assunto!

Mensure os indicadores-chave de desempenho

Existem diversos indicadores que ajudam a balizar o processo de recrutamento e seleção, além de promover melhorias contínuas. Eles funcionam como um termômetro, indicando o grau de resultados que tem alcançado. Dentre os principais, é possível destacar:

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

  • número de candidatos por vaga;
  • valor médio investido;
  • percentual de vagas fechadas no prazo;
  • turnover em contratações recentes.

Acompanhe periodicamente aqueles que considerar mais relevantes, depois crie estratégias e promova melhorias no intuito de torná-los mais favoráveis à empresa.

Conte com a tecnologia correta

É cada vez maior o número de tecnologias voltadas para a contratação de talentos, mas quantas realmente influenciam nos resultados finais? É preciso entender aquelas que fazem sentido para a sua empresa, depois adquiri-las.

Uma ótima tecnologia é o software de recrutamento e seleção, que contribui para estruturar e automatizar diversas etapas do processo. Com ele, por exemplo, é possível centralizar o controle dos canais de recrutamento (redes sociais, sites de vagas etc.) em um único lugar.

Arquitete uma marca empregadora

Cada vez mais as empresas estão atentas à importância de elevar sua reputação no mercado de trabalho, como forma de atrair e reter pessoas talentosas. Para tanto, deve-se saber construir uma marca empregadora, bem como se comunicar com o público desejado.

Essa estratégia deve começar com os funcionários atuais, transforme-os em embaixadores da sua empresa. Depois, compartilhe as histórias de sucesso, crescimento e felicidade por meio das redes sociais ou páginas de carreira (o famoso “trabalhe conosco”).

Analise o perfil comportamental dos candidatos

Cada profissional entrevistado conta com um aspecto comportamental diferente, alguns são mais dominantes enquanto outros são cautelosos. Como saber qual melhor se adequa a empresa? Afinal, certamente, isso faz toda a diferença no sucesso da contratação.

É preciso implementar um bom teste de perfil comportamental, se possível com um sistema específico para isso. Ele contribuirá com o cruzamento de uma série de perguntas estratégicas, depois gerará um relatório sobre o perfil de cada um dos candidatos.

Crie um dashboard para decisões estratégicas

É cada vez maior o número de decisões estratégicas tomadas pelo profissional de RH, especialmente durante o processo de recrutamento e seleção. Por isso, é importante contar com a ajuda de um painel de controle (com comentários, estatísticas e gráficos) que agreguem rapidez na análise dos dados, bem como assertividade nas decisões.

Todas essas dicas são importantes e eficazes, então não deixe de aplicá-las na empresa.

Lembre-se que é preciso conquistar a maturidade no processo de recrutamento e seleção, assim ótimos profissionais serão contratados, equipes de alta performance serão construídas e todo o empreendimento será beneficiado.

Gostou do nosso conteúdo? Agora, aproveite para compartilhar suas principais dúvidas ou experiências sobre o assunto. Deixe seu comentário!

resultados-cta-blog


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of