LGPD: como a Sólides vai ajudar seu RH a cumprir essa lei

Tempo de leitura: 6 minutos

Sem tempo para ler sobre LGPD? Aperte o play e ouça a narração deste artigo:

Ao preencher seu e-mail você concorda com a Política de Privacidade da Sólides.

Quem já sentiu na pele o pesar de ter seus dados clonados ou compartilhados de forma indevida, sabe bem a importância da LGPD.

Afinal, a Lei Geral de Proteção de Dados chegou para estabelecer regras claras sobre a coleta e o tratamento de dados pessoais. Seu objetivo é trazer mais segurança às pessoas ao fornecerem informações a empresas e instituições, seja por meio físico ou digital.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Por outro lado, empresas de todos os portes enfrentam um novo desafio: adequar-se e seguir as determinações das novas regras de segurança de dados.

No setor de RH não é diferente. Todos os processos da área são impactados pela LGPD, desde o recrutamento de novos talentos, passando pela jornada do colaborador na empresa, até o desligamento de profissionais.

Quer entender melhor sobre o assunto e saber como realizar a adequação à LGPD no seu RH? Continue a leitura!

O que é LGPD?

A Lei Geral de Proteção de Dados é a norma que estabelece regras para coleta, armazenamento, tratamento e compartilhamento de dados pessoais utilizados por empresas.

Seu objetivo é garantir mais segurança e privacidade aos dados pessoais de todo cidadão brasileiro.

“Esta lei dispõe sobre o tratamento de dados pessoais, inclusive nos meios digitais, por pessoa natural ou por pessoa jurídica de direito público ou privado, com o objetivo de proteger os direitos fundamentais de liberdade e de privacidade e o livre desenvolvimento da personalidade da pessoa natural.” 

Palácio do Planalto

 A Lei 13.709/2018 entrou em vigor em agosto de 2020 em todo o Brasil, porém as multas para quem descumprir suas determinações passaram a valer a partir de agosto de 2021.

E se a empresa descumprir a lei de proteção de dados?

Atenção e cuidado devem ser as características principais nesse processo. Isso porque a LGPD determina que o não cumprimento das normas estabelecidas pode levar às seguintes situações:

  • multa de até 2% da receita anual, limitada a R$ 50 milhões;
  • caso o operador ou controlador dos dados cause “dano patrimonial, moral, individual ou coletivo” estará obrigado a repará-lo, segundo o artigo 42 da Lei de Proteção de Dados;
  • as autoridades supervisionadas podem exigir a paralisação de processamento de dados na empresa, uma vez que ela tenha sido advertida;
  • em alguns casos, as atividades da empresa também podem ser parcial ou totalmente suspensas.

Essas são algumas das consequências que podem ser aplicadas caso as regras da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais não sejam seguidas corretamente.

Além disso, uma empresa que é advertida por falta de segurança no controle de dados, perde credibilidade, inclusive com os clientes e fornecedores, com relação ao fornecimento de informações pessoais.

LGPD no RH: qual a relação?

O RH tem um papel fundamental no tratamento e no gerenciamento de dados pessoais de colaboradores e candidatos. Afinal, o setor lida, no dia a dia, com cadastros, fichas, currículos e demais registros funcionais.

Esses dados coletados pela empresa precisam ser tratados com total responsabilidade, confidencialidade e proteção. 

Desde o momento em que uma pessoa se candidata para uma vaga, o RH já está coletando dados pessoais. Por isso, é importante ter cautela nos procedimentos desde o recrutamento e seleção, após a efetivação, durante o contrato de trabalho e até o momento do desligamento do colaborador. 

Vale ressaltar que as empresas podem sim fazer uso de dados pessoais de candidatos e colaboradores. No entanto, é preciso garantir ao titular dos dados o direito de solicitar acesso, edição ou exclusão dessas informações do sistema da empresa.

Portanto, conhecer esta e outras especificidades da lei, seu impacto e como se adequar é essencial.

banner para baixar material sobre LGPD no RH: Guia Prático e descomplicado para pequenas empresas

Sólides — a plataforma totalmente preparada para a LGPD

Ter vários sistemas, diversas planilhas, inúmeras senhas e informações pulverizadas entre várias plataformas, além de custar caro, coloca em risco a segurança e a privacidade de dados.

Mas então, como se adequar à LGPD? A resposta é: conte com a facilidade e a segurança de ter todos os processos em um só lugar.

Com a evolução tecnológica no RH, o setor tem hoje acesso ao People Analytics uma fonte preciosa de coleta e análise de dados, de forma ágil e confiável para uma gestão de pessoas personalizada, eficiente e totalmente segura. 

A plataforma completa de RH da Sólides é totalmente preparada e habilitada para coletar, armazenar e tratar os dados dos colaboradores e candidatos a vagas de emprego, com máxima proteção e confidencialidade.

Além disso, o software é validado por milhares de empresas e profissionais de RH. A metodologia exclusiva garante contratações mais rápidas e maior retenção de colaboradores, ajudando as empresas a formar times de alta performance e potencializar os resultados do negócio. 

Confira a seguir alguns dos itens que a Sólides oferece para tornar o seu processo de recrutamento e seleção, desenvolvimento e retenção de talentos mais ágil, eficiente e totalmente seguro.

LGPD na prática!

Confira como a plataforma de RH da Sólides soluciona os principais pontos da LGPD:

  • organização e centralização dos dados dos colaboradores;
  • segurança no armazenamento de informações;
  • política de privacidade, com finalidade e base legal para coleta, tratamento e armazenamento de dados;
  • preenchimento do consentimento do titular dos dados para coleta e utilização das informações (importante, principalmente, para o recrutamento e seleção); 
  • recrutamento e seleção feito totalmente dentro dos termos da LGPD;
  • maior controle dos dados, principalmente para possibilitar a edição e exclusão, caso o titular solicite;
  • perfil exclusivo para que gestores de time ou de departamento vejam o cadastro do colaborador de forma resumida e segura, como determina a lei de segurança de dados;
  • canal focado em proteção de dados também no R&S para que o usuário, enquanto candidato, consiga ter acesso, como determina a lei.

Próximo passo!

Certamente, você já percebeu que lidar com essa nova realidade não é uma opção, é um fato. E como vimos, todos os processos do RH são impactados pela LGPD.

A boa notícia é que a Sólides, fiel parceira das PMEs brasileiras, democratizou o acesso a ferramentas tecnológicas eficientes e totalmente seguras.

Então, não espere a multa chegar!

Dê agora mesmo o próximo passo para transformar a Gestão de Pessoas da sua empresa, com tecnologia, eficiência e segurança de dados garantida, conforme a LGPD: agende uma demonstração gratuita!

0 0 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Isabele Araujo

Sem duvidas o papel do setor de RH na empresa proporciona uma criação de valor da empresa que faz total diferença nos resultados positivos o quanto mais nos atualizarmos para 2021 é melhor vem muita estratégia nova por ai.