Como a análise de perfil DISC pode impactar seu RH?

Tempo de leitura: 6 minutos

Sem tempo para ler sobre Perfil DISC? Aperte o play para ouvir este conteúdo!

Fazer uma boa gestão de pessoas dentro da empresa pode ser um desafio para o RH. Isso porque, o setor precisa lidar com diferentes comportamentos, competências, gerações e perfis dentro de um mesmo ambiente e, ainda assim, conseguir aproveitar o máximo das aptidões de cada profissional para que a marca alcance os seus objetivos. Mas graças ao avanço da tecnologia, existem algumas ferramentas que podem tornar essa tarefa mais assertiva, como as que proporcionam a análise de perfil DISC.

Trata-se de uma análise que se baseia na metodologia DISC e conta com quatro pilares. Por meio deles, é possível identificar como determinado talento pode contribuir para sua equipe, identificando suas hard e soft skills ou mesmo reconhecer seus pontos fracos, permitindo que a empresa desenvolva estratégias e ações para que ele tenha um melhor desempenho.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O que acha, então, de entender um pouco mais sobre esse assunto tão importante para o RH moderno, algo que pode fazer da sua equipe um time de alta performance por meio da valorização dos colaboradores? Se você ficou interessado, continue a leitura!

O que é o perfil DISC?

DISC é a sigla para as iniciais de cada um dos quatro tipos de perfis que servem de base para o comportamento humano: Dominância, Influência, Estabilidade e Conformidade. 

Segundo o DISC, todos os indivíduos contam com peculiaridades, como forças, motivações, formas de gerenciamento e comunicação, entre muitas outras atribuições que proporcionam às pessoas conhecerem a si mesmas com maior profundidade.

Já a metodologia DISC é uma teoria existente desde a década de 1920, quando o psicólogo William Moulton Marston — que também é conhecido pela criação do polígrafo e da personagem dos quadrinhos Mulher Maravilha — desenvolveu conceitos comportamentais para os indivíduos em determinados ambientes. Hoje, ela serve como base para vários softwares de RH disponíveis no mercado.

Logo, em um cenário corporativo, o DISC pode se tornar um grande aliado no desenvolvimento da empresa, a partir de uma completa avaliação comportamental de cada colaborador da equipe, por meio do mapeamento de perfil dos mesmos.

Ainda, essa análise, geralmente, é realizada via questionário, elaborado dentro de um software de RH com inteligência de dados, o que proporciona maior eficácia na coleta das informações essenciais para uma boa gestão de talentos. 

Qual é o impacto da análise do perfil DISC dentro da empresa?

Com os dados obtidos pelo mapeamento dos perfis comportamentais em mãos, gestores e líderes conseguem entender com mais detalhes os padrões de comportamento e as características que predominam em um colaborador ou candidato à vaga ofertada e, assim, podem identificar e serem mais assertivos nos pontos que veremos a seguir.

Recrutamento e seleção

Ao analisar o perfil comportamental já durante o processo de recrutamento e seleção, é possível identificar os candidatos com maior aderência aos valores da empresa, ou seja, pode-se entender, de maneira mais estratégica, quais são os profissionais que realmente têm o fit cultural da organização. 

Infelizmente, em muitas empresas, o processo de seleção é feito apenas com base nas competências técnicas dos candidatos, conhecidas como hard skills, mas isso não é o bastante para desenvolver e reter talentos no time. 

No mercado atual, os profissionais querem se sentir valorizados como pessoa. E para que se tenha um ambiente organizacional saudável e promissor, também é fundamental avaliar se os valores do profissional vão de encontro com os disseminados na empresa. Algo que é possível por meio do mapeamento do perfil DISC. 

Maior retenção de talentos

Realizar um processo seletivo é algo que ocupa bastante tempo do Recursos Humanos. Logo, depois de encontrar aquele talento que a empresa tanto buscava, é preciso também retê-lo, executando estratégias e ações para que ele não sinta vontade de deixar a empresa.

Assim, o primeiro passo para que isso aconteça, é colocar o profissional certo no lugar certo, executando atividades que combinam com seu perfil DISC. 

Além disso, uma equipe com diversidade de perfis, mas alinhada com os objetivos, terá um melhor relacionamento, proporcionando um clima organizacional saudável, aumentando a motivação e o engajamento, o que contribui para o alcance dos melhores resultados para o time.

Tomadas de decisão

O setor de RH precisa participar de tomadas de decisões constantemente. Logo, conhecer o perfil comportamental de cada colaborador, saber quais foram os resultados alcançados e a performance obtida por eles em um determinado período, são dados cruciais para escolhas mais assertivas dentro da organização. 

Portanto, com a ajuda de um software que tem como base a metodologia DISC, coletar, trabalhar e armazenar as informações obtidas de cada colaborador fica muito mais fácil. Isso porque, o processo fica automatizado, sobrando mais tempo para que o RH faça uma gestão de pessoas mais eficaz. 

Capacitação e desenvolvimento dos colaboradores e equipes

É muito comum dentro das organizações, equipes inteiras receberem os mesmos treinamentos e fazerem os mesmos cursos, correto? Mas não seria bem mais eficaz se cada colaborador recebesse um treinamento ou fosse direcionado a um determinado curso de capacitação de acordo com os pontos em que mais precisa se desenvolver para exercer melhor a sua função? A resposta com certeza é “sim”. 

Diante desse cenário, com a análise do perfil DISC, é possível filtrar cada competência em que seu colaborador é melhor e pior para, assim, estabelecer um plano de desenvolvimento individual, para que ele se qualifique e cresça como pessoa e profissional da melhor maneira possível.

Além disso, quando o próprio colaborador entende a si mesmo em todos os âmbitos, ele pode buscar maneiras de aprimorar suas habilidades e competências para contribuir de uma melhor forma e crescer dentro da organização.

Viu como a análise do perfil DISC pode impactar positivamente seu RH? Ainda, com os dados obtidos por meio do mapeamento de perfis comportamentais, você pode contar com informações mais confiáveis sobre a empresa e seus colaboradores. Assim, o RH consegue acompanhar de forma mais estratégica seu capital humano em fatores como engajamento, produtividade e satisfação dos profissionais com a organização. 

E você, profissional de RH, quer aplicar uma boa gestão de talentos na sua empresa? Então, não deixe de falar com nossos especialistas e conhecer nossas soluções de Profiler e Software de Gestão!

5 1 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments