Busca booleana: o que é e como usá-la para encontrar o profissional ideal

Tempo de leitura: 9 minutos

Cada vez mais, é essencial que os profissionais de recursos humanos estejam antenados acerca das transformações que vêm ocorrendo no mundo. Isso inclui a habilidade de adaptar os processos de RH da organização. Hoje, muitas empresas vêm buscando por profissionais antes que eles se candidatem. Para tanto, utilizam a busca booleana, que faz um recrutamento ativo dos novos colaboradores de maneira otimizada e mais eficiente.

Mas ainda assim, quando pensamos em recrutamento e seleção, é comum associarmos o processo às práticas tradicionais, que envolvem divulgar a vaga e aguardar a candidatura dos interessados. Então, o que de fato é um recrutamento ativo dos candidatos? Como a busca booleana pode ajudar na procura pelo profissional ideal para a empresa? Confira neste artigo!

O que é a busca booleana?

Apesar dos mecanismos de busca serem extremamente populares, muitas pessoas não entendem exatamente como eles funcionam e acabam encontrando resultados ineficazes em suas pesquisas. Nesses casos, podemos aplicar uma estratégia para encontrar o que queremos com maior facilidade.

A lógica matemática, também conhecida como lógica booleana, foi criada ainda no século XIX. Mas como era bem avançada para a época, principalmente por ser um sistema binário, não foi usada até o desenvolvimento dos primeiros computadores.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Segundo essa teoria, só existiriam uns e zeros, que respectivamente significam falso e verdadeiro. Assim, para trabalhar com esse tipo de valor, seria necessária a aplicação de um operador lógico.

A busca booleana é a aplicação dessa lógica aos sistemas de pesquisa, de modo que os operadores lógicos são utilizados para restringir as buscas e encontrar as informações mais equivalentes com a intenção do usuário.

Em ferramentas como o Google, LinkedIn, Facebook e até mesmo o Twitter, a tecnologia é avançada e é possível fazer buscas específicas. Isso é positivo tanto para os recrutadores quanto para os próprios candidatos, uma vez que simplifica a procura por bons profissionais e também por vagas de qualidade.

Primeiro passo

Assim, o primeiro passo ao fazer a pesquisa é planejar a busca estrategicamente, definindo quais características você vai priorizar na escolha do profissional e quais pontos podem ser melhor detalhados.

Uma dica interessante é usar palavras-chave relacionadas à oportunidade e aos requisitos exigidos pela empresa. Ainda, deve-se considerar as possíveis variações dos nomes dos cargos. Um programador, por exemplo, pode se denominar desenvolvedor.

Logo, ao fazer a pesquisa, inclua não só a função do profissional, mas empresas que atuam de maneira similar e cujos colaboradores possam ter um fit com a cultura da sua organização. E, é claro, tenha em mente que a sua proposta deverá ser mais atrativa para que ele deixe seu trabalho atual.

Por fim, o ideal é que você especifique requisitos, cargo e empresas. Assim, você só verá os resultados que abrangem tudo o que está procurando. Lembre-se que pode parecer complicado, mas com a prática você dominará a tarefa.

Quais são os operadores de busca?

Veja, a seguir, os três operadores da busca booleana.

AND ou E

Esse operador é utilizado para restringir uma pesquisa. É equivalente à expressão “com todas as palavras”. No caso, todos os resultados exibidos precisam conter um termo e o outro, por exemplo, ao digitar “Analista AND BH”, você terá acesso aos profissionais que trabalham como analistas na cidade de Belo Horizonte.

OR ou OU

O operador OR é usado para ampliar a pesquisa e significa “com qualquer uma dessas palavras”, ou seja, os resultados podem conter ou um termo ou o outro e não necessariamente os dois. Como exemplo, ao digitar “Marketing ou Publicidade”, você encontrará os profissionais com formação em uma dessas duas áreas.

NOT ou NÃO

Já o operador NOT significa “sem a(s) palavra(s)” e serve para excluir um dos termos da pesquisa, ou seja, delimita as palavras que não devem aparecer. Em alguns sistemas, encontramos NOT/NÃO ou AND NOT/E NÃO. Aqui, ao digitar “publicidade NOT jornalismo”, conseguimos encontrar todos os profissionais da comunicação que são formados somente em Publicidade e Propaganda.

Variações

Mas é possível ocorrer algumas variações nos resultados, como quando usamos aspas ou parênteses.

Uso das aspas para palavras compostas: “ ”

Quando pesquisamos um termo entre aspas, os resultados contêm a frase exata que foi inserida no mecanismo de busca. Pode ser útil quando a pessoa buscada tiver um título com mais de uma palavra ou quando queremos agrupar palavras específicas. Assim, ao digitar “analista de recursos humanos”, estamos buscando apenas pelos analistas que atuam na área de recursos humanos.

Uso dos parênteses para agrupamentos: ( )

Se a pesquisa que você pretende realizar é muito complexa, é possível usar os parênteses para combinar os termos de uma maneira que seja ainda mais clara para o mecanismo de busca. Logo, ao digitar “programador AND (senior OR pleno)”, estamos especificando que precisamos de um programador nível pleno ou sênior, o que significa que um estagiário ou analista não seria correspondente.

BAnner_Contratar_Errado

Como a busca booleana pode ajudar no recrutamento e seleção?

A busca booleana traz inúmeros benefícios para o recrutamento e seleção. O principal deles é, justamente, possibilitar que o recrutador encontre os melhores profissionais do mercado, que realmente estejam de acordo com o que a empresa procura.

Outro fator decisivo é o tempo gasto. Se você não otimiza as suas pesquisas, provavelmente, gastará algumas horas a mais para encontrar o que quer. Além disso, existem chances de não encontrar nada adequado.

Ademais, o número de etapas do processo de recrutamento e seleção pode ser reduzido. Como? Já que é você quem vai procurar os profissionais, não é preciso realizar a triagem de dezenas de currículos enviados por candidatos. 

Por isso, é indispensável que o RH conheça a busca booleana e entenda como ela funciona. É somente após aprender os conceitos que você será capaz de aplicá-los com maestria e obter bons resultados.

O que é busca ativa por candidatos? Qual a sua vantagem?

Cada vez mais, o RH precisa agir estrategicamente, principalmente na hora de admitir um novo colaborador. Isso significa saber utilizar as tecnologias e aproveitar as ferramentas disponíveis para fazer um bom trabalho.

Em geral, a atração dos candidatos no recrutamento é passiva. Isso porque, na maioria das vezes, a empresa opta por apenas divulgar as vagas e aguardar o recebimento de currículos e candidaturas. Para determinadas posições, é um bom formato e consegue atrair centenas de pessoas.

Entretanto, uma busca passiva pode ser ineficiente e resultar em contratações ruins, podendo, inclusive, aumentar a rotatividade. Assim, para evitar que isso aconteça e encontrar os melhores profissionais, você pode fazer uma busca ativa.

O recrutamento ativo, também chamado de hunting, é aquele em que o RH vai atrás de potenciais candidatos, apresenta a oportunidade, faz o convite para o processo e, tudo dando certo, faz uma proposta. Trata-se de uma estratégia bastante conveniente, porque a escolha final acaba sendo mais acertada.

Ainda, promover a vaga nos canais tradicionais não necessariamente alcançará as pessoas que queremos e isso acontece porque nem todos os profissionais capacitados estão procurando por novas oportunidades ou nem sequer acompanham a marca.

Ao inverter a estratégia e buscar ativamente, você assegura uma maior abrangência de profissionais e consegue agregar talentos mais competitivos ao banco da empresa, o que consequentemente resulta em contratações mais certeiras.

Como fazer Recrutamento e Seleção com a Sólides

Como fazer uma busca ativa?

Como explicamos, a busca ativa inverte o processo de atração de talentos. Portanto, ao realizá-la, é você quem vai procurar um profissional com potencial para trabalhar na equipe. Pode parecer trabalhoso, mas não é tão difícil assim. 

Em primeiro lugar, escolha quais mecanismos de busca serão utilizados para encontrar o público-alvo que você pretende atingir, sempre pensando em quais canais eles podem ser encontrados.

Nessa etapa, você também vai selecionar os principais termos relacionados à posição. Quais informações são imprescindíveis? Que características eles precisam tem, sem exceção? Portanto, responda a essas perguntas antes de prosseguir.

Quando você já tiver planejado o que fazer, é a hora de usar a busca booleana ao seu favor. Siga os nossos exemplos e faça as suas pesquisas! Uma dica é usar o LinkedIn, a rede profissional mais popular atualmente, mas inclua também outros mecanismos na sua estratégia, como o Google e algumas redes sociais.

É aqui onde você deve ter mais cuidado, pois precisará analisar cada profissional individualmente e fazer toda a triagem, selecionando aqueles que aparentam estar mais aptos para assumir a posição, verificando suas habilidades, experiências acadêmicas e profissionais.

A única limitação será em relação aos profissionais que não mantêm perfis e registros onlines. Como nem todo mundo tem um site e/ou um perfil profissional completo nas redes, o recrutador acaba não encontrando essas pessoas.

Por outro lado, há a enorme vantagem de conseguir contatar candidatos em potencial, que estão trabalhando em outras instituições e não procuravam emprego no momento, mas podem vir a se interessar se a proposta for boa.

Aprofunde os conhecimentos

Conseguiu entender o que é a busca booleana? Aprendeu a usar seus operadores em pesquisas feitas na internet? Já sabe como ela pode ajudar no processo de recrutamento e seleção, bem como na procura ativa por novos candidatos?

Agora, aprofunde seus conhecimentos fazendo o download gratuito do nosso e-book sobre Inteligência Artificial: O guia completo para colocar em prática no seu RH! Assim, você saberá como aplicar na prática a IA no Recursos Humanos e melhorar os resultados da gestão de pessoas da sua empresa.

0 0 vote
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments