Os encantadores de unicórnios: confira os insights de Mônica Hauck no Bossa Summit 2022

Tempo de leitura: 7 minutos

O Bossa Summit 2022, maior evento do Brasil totalmente dedicado a startups e investidores, encerrou a edição 2022 cumprindo o que prometeu: mudou o ano dos participantes em apenas 48 horas. 

Realizado em São Paulo nos dias 6 e 7 de abril, com a participação de 300 startups, o evento contou com mais de 50 palestrantes, incluindo grandes experts do mercado. 

O Bossa Summit preparou uma programação intensa de conteúdos distribuídos em 5 palcos, muita troca de experiências e possibilidade de network. Além, é claro, das inúmeras possibilidades de investimento e uma feira 100% voltada a novos negócios. 

E é claro que a Sólides não poderia ficar de fora. Mônica Hauck, founder e CEO da empresa foi destaque no painel “Os encantadores de Unicórnios”. Separamos os principais insights desse super bate-papo para você ficar por dentro de tudo! Confira a seguir. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Painel Bossa Summit

O painel “Os encantadores de unicórnios” foi conduzido por Paulo Justino, fundador e CEO da FCJ Venture Builder, e, além de Mônica Hauck, também contou com a participação de Thiago Oliveira, empreendedor e fundador da IS Log & Services, além de sócio da Bossanova. 

Realizado no palco principal do Bossa Summit, o tema apresentado por Hauck foi “Os encantadores de unicórnios”. Mas antes, você sabe o que são empresas unicórnio? Nós explicamos!

O que são empresas unicórnios?

No universo financeiro, uma empresa vira unicórnio quando atinge valor superior a US$ 1 bilhão, mesmo sem terem investimento de capital na bolsa de valores. Ou seja, antes mesmo de receber uma Oferta Pública Inicial (IPO, em inglês Initial Public Offering). 

A expressão “startup unicórnio” surgiu em 2013, mencionado pela investidora americana Aillen Lee. O termo apareceu em um artigo denominado “Welcome to the unicorn club: learnig from billion-dollar startups” (Bem-vindo ao clube dos unicórnios: aprendendo com as startups de um bilhão de dólares). 

Para Lee, a palavra “unicórnio” definia esse tipo de empresa pelo fato delas serem raras de encontrar, exatamente como os unicórnios. 

As primeiras empresas unicórnio surgiram na década de 1990, como o Google, em 2000, como o Facebook. Atualmente, com a profusão de startups, a palavra “rara” não é tão adequada para esse tipo de empresa. No entanto, a expressão “unicórnio” continua muito utilizada. 

Tanto que esse foi o tema da palestra da Mônica durante o Bossa Summit. Separamos alguns insights de sua participação no Bossa Summit 2022. 

Os encantadores de unicórnios

Como fundadora da Sólides, startup, hoje, com mais de 400 colaboradores, e focada em criar soluções para a gestão de pessoas, Mônica Hauck apontou qual deve ser a principal motivação de um empreendedor: a responsabilidade.

“Falamos muito em propósito, mas devemos ter em mente o senso de dever e a responsabilidade. Eu me comprometi a entrar no mercado, me comprometi com ele, com meu time, com os investidores. E é com esse pensamento que eu levanto e vou trabalhar diariamente”.

Mônica Hauck

Para Mônica, o senso de dever precisa acompanhar o indivíduo, como uma obstinação. E as alterações emocionais, pessoais ou profissionais não podem afetar o negócio. “Todo empreendedor precisa ter um propósito sim. Não necessariamente atrelado a uma meta financeira”, ponderou.

banner para baixar ebook sobre ROI em gestão de pessoas: calcule e entenda as vantagens de investir no seu RH-bossa summit

“Se você acha que tem tudo sob controle, você vai sofrer”

Segundo Mônica, acreditar que tudo está sob o seu controle dá a falsa sensação de onipotência. Ao ser questionada sobre os valores ou mandamentos que empreendedores poderiam aplicar para ter sucesso, ressaltou: “o princípio que todo empreendedor deve entender é que empreender não é uma ciência exata”.

“Muitas vezes procuramos fórmulas x ou y, para aplicarmos no nosso negócio, contudo, existem situações que não estão sob o nosso controle. Embora, existam sim, padrões de sucesso que são modeláveis.”

Mônica Hauck

Assim, ressalta que compreender que existem coisas sobre as quais os empreendedores não têm nenhum controle poupa de sofrer um burnout. Em resumo, deve-se cuidar do principal capital de um negócio: as pessoas.

“Afinal, é tudo sobre pessoas e são essas pessoas que vão ditar o caminho de sucesso do negócio.”

– Mônica Hauck

Fatores para alcançar o sucesso

Sobre como atingir o sucesso como empreendedora e fundadora de uma HR Tech que recebeu o maior aporte já feito em empresas desse segmento na América Latina, Mônica Hauck pontuou: 

  • “Não interessa o que está acontecendo: continue fazendo. Com ou sem motivação, vai e faz, vai trabalhar todos os dias”

  • “Não se alimente daquilo que te faz parar. Ou seja, não seja sensível a obstáculos que interrompam seu propósito ou te influenciar negativamente”;

  • “Lembre-se que você não vai fazer nada sozinho. Precisamos de pessoas para crescer, portanto, não tenha medo de contar com profissionais melhores do que você, de cercar-se dos melhores colaboradores”;

  • “Não se iluda. Como empreendedor você é um gestor de pessoas. A diferença está na maneira como você quer ser reconhecido: como um mau gestor ou como um excelente administrador de recursos humanos”.

A Sólides e o futuro

Mônica Hauck falou aos empreendedores sobre o medo de crescer e sobre os obstáculos que todo negócio enfrenta, cedo ou tarde.

“Sim, crescer dá medo, mas a gente vai com medo mesmo. A Sólides tem convicção que vamos entrar em cada pequena e média empresa desse país e mudaremos a forma de fazer gestão de pessoas”.

Mônica Hauck

Conforme a CEO, o objetivo é focar no mercado brasileiro das PMEs. Numericamente, a expectativa é crescer, no mínimo, 10 vezes no futuro. 

A Sólides e o desenvolvimento de pessoas

Mônica Hauck falou sobre o desenvolvimento de pessoas e como a empresa contribui para gerar mão de obra qualificada.

A responsabilidade social da Sólides deu origem a um hub de projetos, chamado “Sólides Transforma”. “Focamos em empregabilidade, atuando em grupos socialmente vulneráveis. Contribuímos para aumentar a qualificação de pessoas. Tem a ver com o nosso propósito e com o impacto que toda empresa deve gerar”. 

Nos processos internos da Sólides, Mônica explica não haver tempo de esperar a chegada de pessoas qualificadas. Por isso, desenvolvemos um sistema intenso de formação e qualificação para capacitar profissionais.

“Não vamos ficar sentados esperando o mercado se qualificar. Nós vamos qualificar pessoas. E desenvolver gente é muito bom!”

Mônica Hauck

Sobre a Sólides Tecnologia

A Sólides é a HR Tech líder no Brasil para pequenas e médias empresas. Sua missão é “transformar empresas por meio das pessoas”. Uma plataforma completa de RH, com metodologia exclusiva que otimiza a rotina do setor e ajuda as empresas a crescerem. 

O software da Sólides é o mais completo do mercado e oferece todas as funcionalidades que o RH precisa em um só lugar: Atração e Gestão de Talentos, Desenvolvimento e Performance, Engajamento e Retenção, Educação Corporativa, Mapeamento Comportamental e Aplicativo do Colaborador. 

Assim, vem transformando a gestão de pessoas por meio de inovação e tecnologia. O resultado é economia e eficiência para as PMEs brasileiras.

Quer continuar aprendendo? Acesse agora o nosso conteúdo completo com as principais tendências de RH em alta em 2022

0 0 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments