Atração de talentos: importância, o uso da tecnologia e 7 dicas para atrair o profissional ideal

Tempo de leitura: 12 minutos

Está sem tempo para ler? Experimente ouvir a narração deste artigo. Aperte o play!

A atração de talentos é uma das etapas mais importantes do recrutamento e seleção. Afinal, as empresas desejam contar com profissionais de alta performance, engajados e alinhados com os valores organizacionais. 

Mas antes da contratação, o RH estratégico deve se perguntar: por que um candidato altamente qualificado escolheria a minha empresa e não a concorrente? Quais diferenciais meu negócio oferece para conquistar os melhores profissionais?

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Para responder essas e outras questões, preparamos um guia completo sobre atração de talentos. Continue a leitura e comece a implementar um plano eficiente para a captação de bons profissionais. Entenda que investir em ações estratégicas na gestão de pessoas trará resultados positivos para a organização. 

O que é atração de talentos?

Trata-se do conjunto de esforços promovidos para conquistar profissionais de alta performance, com o objetivo de integrá-los ao quadro funcional da empresa. Para isso, a gestão de pessoas desenvolve estratégias capazes de valorizar a imagem da organização, mostrando quão atrativa ela é. 

A finalidade da atração de talentos é colocar a empresa na vitrine, mostrando os diferenciais e benefícios que ela oferece. Mas quem são os talentos que a organização busca conquistar? 

Na verdade, são profissionais que reúnem competências, aptidões e experiências agregadoras. Além de senso crítico apurado e inteligência emocional, indivíduos que estejam verdadeiramente alinhados aos requisitos da vaga e à cultura organizacional

Qual a importância da atração de talentos?

Para a organização, contar com talentos garante potencial competitivo e fortalece o employer branding. Assim, o fato de ter profissionais de ponta, engajados e satisfeitos em fazer parte do quadro traduz a importância da atração de talentos. 

Além disso, quando bem aplicadas, as estratégias para atrair colaboradores de alta performance reduzem o tempo dos processos seletivos e as taxas de turnover. Do contrário, se o processo de atração não for bem executado, a empresa sentirá os impactos negativos. 

Quais os impactos na empresa quando a atração é mal feita?

Embora a tecnologia esteja muito presente nas organizações, o capital humano continua sendo o maior ativo das empresas. Por isso, é fundamental contar com estratégias bem definidas para ter êxito na atração de talentos.

Quando essas ações não são devidamente estruturadas ou são mal aplicadas, a organização sofre com impactos negativos em diversos aspectos. Veja os principais, a seguir.

Aumento dos custos com contratação

Contratar errado custa caro. Um estudo realizado pela CareerBuilder aponta que, quase 3/4 das empresas que fizeram más contratações, desperdiçaram 14,9 mil dólares em dinheiro. Ainda, 74% delas admitiram que contrataram pessoas erradas para as vagas disponíveis. 

Além disso, quando a contratação não é adequada, fica difícil reter talentos na organização. Sem contar que um novo processo seletivo deve acontecer para suprir a demanda. A atração de talentos bem-feita economiza tempo e dinheiro, recursos que podem ser investidos em outras áreas. 

Queda na produtividade

As contratações equivocadas não afetam somente a parte financeira. A falta de estratégia prejudica a produtividade das equipes. Em oposição a isso, quando todos os membros do time trabalham com a mesma missão, objetivos e valores, a empresa se torna produtiva e alcança resultados. 

Já um colaborador improdutivo, que não se dedica tanto quanto a organização espera, prejudica todo o ambiente de trabalho. Em consequência, a credibilidade da empresa é abalada e a qualidade dos produtos ou serviços diminui.  

Desmotivação da equipe

Vagas em aberto por um tempo além do aceitável, sobrecarregam membros da equipe. Essa situação afeta o clima no trabalho e desequilibra as relações, diminuindo o bem-estar dos profissionais. 

Por essas razões, a atração de talentos deve priorizar contratações adequadas, evitando desligamentos repentinos de colaboradores que não se sentem adequados à empresa ou à função. 

Como fazer a atração de talentos?

Contratar profissionais alinhados com a organização é possível, a partir de algumas ações práticas. Aqui, indicaremos 7 delas. Nesse sentido, o RH pode aplicá-las para garantir êxito na atração de talentos.

1. Fortaleça o employer branding

Desenvolver um conjunto de estratégias para fortalecer a imagem da empresa como marca empregadora atrai o interesse dos bons profissionais. Por isso, é fundamental que as lideranças estejam atentas às necessidades dos colaboradores. Ainda, é importante saber como a organização é vista por eles, pelos clientes e consumidores. Afinal, esses públicos são os reais divulgadores da marca. 

Hoje, há prêmios que destacam as melhores empresas para se trabalhar, por exemplo, Top Companies, promovido pelo LinkedIn, e o Great Place to Work. Trata-se de premiações que qualificam a imagem das organizações e, para muitos profissionais, são vistas como “empresas dos sonhos”. 

2. Reconheça e dissemine os valores da organização

Ignorar a cultura organizacional é um erro cometido por muitos empreendedores. No entanto, para ter sucesso nas estratégias de atração é necessário considerar a missão, a visão e os valores do negócio. Esses são componentes essenciais para as condutas da organização. 

A atração de talentos não deve desprezar a cultura organizacional, principalmente se deseja que os recursos humanos sejam representantes efetivos da empresa. Além disso, reconhecer e propagar os valores faz com que os colaboradores se sintam valorizados e parte da empresa. 

3. Planeje um programa de benefícios atraente

Atualmente, colaboradores esperam mais do que salários competitivos, vale-alimentação e vale-transporte. Esses são benefícios tradicionais que realmente promovem satisfação no trabalho. No entanto, para atrair talentos é preciso investir em iniciativas inovadoras.

Afinal, se a organização busca profissionais de alto nível, ela deve oferecer propostas no mesmo patamar. Já que são pessoas que desejam estilos de trabalho com propostas inovadoras, onde possam equilibrar a vida pessoal e profissional, sem deixar de lado as oportunidades de autodesenvolvimento. 

Portanto, ofereça horários de trabalho flexíveis, programas de recompensa por metas atingidas e cursos de capacitação. Dê aos colaboradores liberdade para criação e autonomia para a execução de projetos. Por fim, não se esqueça de implementar uma gestão horizontal, na qual todos possam contribuir com ideias e soluções

4. Invista em marketing de recrutamento

O marketing é uma ferramenta poderosa para a conversão de leads, concorda? Que tal utilizar estratégias de marketing para atrair talentos? O processo é o mesmo, basta desenvolvermos ações para converter candidatos em contratações adequadas

Assim, o RH pode criar artifícios inteligentes para divulgar as vagas e despertar interesse em potenciais novos colaboradores. Para a proposta ser mais atrativa, dê visibilidade às competências do cargo, aos benefícios que a empresa oferece e destaque bons motivos para juntar-se ao time. Algumas estratégias de marketing de recrutamento que dão resultados são:

  • difundir o propósito, os valores e a cultura do negócio nas redes sociais da empresa, em páginas de carreira ou em campanhas publicitárias;
  • dar transparência e exatidão ao que é divulgado, sem negligenciar o bem-estar dos colaboradores atuais para não cair em contradição;
  • divulgar conteúdo relevante sobre a trajetória da empresa, o estilo de trabalho, os pontos positivos e a missão que ela assumiu. Afinal, a reputação de uma organização diz muito ao mercado de trabalho;
  • desenvolva mecanismos para facilitar a candidatura de potenciais colaboradores, por exemplo, mantendo uma página de carreira atualizada, mostrando vagas disponíveis e estando pronto para receber currículos em um banco de talentos;
  • disponibilize um banco de talentos no site institucional e crie um canal ativo entre a empresa e os profissionais interessados.

5. Promova a seleção humanizada

Em um processo de seleção humanizado, a postura do recrutador deve ser de acolhimento. Assim, oferecer um ambiente tranquilo e agradável, evitando que a entrevista seja um monólogo interrogatório, faz toda a diferença. Ainda, busque valorizar as competências do candidato para avaliar o perfil comportamental. 

A etapa de recrutamento e seleção é uma excelente oportunidade para avaliar se o profissional está alinhado com o propósito do negócio. Por isso, avalie além do conhecimento técnico e promova uma troca de ideias na qual prevaleça a visão global sobre o futuro colaborador.

6. Ofereça oportunidades reais de crescimento

A atração de talentos se concretiza quando a empresa mostra ao candidato quais oportunidades de crescimento ela oferece. Profissionais de excelência estão sempre buscando meios de se desenvolver na carreira e na vida pessoal

Por isso, a organização precisa definir com clareza quais critérios um profissional deve cumprir para conquistar novas oportunidades. Nesse sentido, elaborar um plano de carreira que seja vantajoso e valorize os colaboradores que verdadeiramente se dedicam ao negócio é o primeiro passo. 

Ainda, estratégias como recrutamento interno também costumam ser atraentes. Assim, a organização “aproveita” os talentos que já atuam nela, sem a necessidade de buscar profissionais externos. Trata-se de uma ótima oportunidade de crescimento e melhor remuneração.

7. Incentive a inovação

Como dissemos anteriormente, não são só bons salários e benefícios que conquistam profissionais de alta performance. Hoje, eles anseiam por perspectivas de crescimento pessoal. Por isso, empresas que investem em inovação são disputadas pelos melhores colaboradores. No âmbito empresarial, inovar requer:

  • investimentos em tecnologia;
  • treinamentos criativos;
  • autonomia para realização de projetos “fora da caixa”;
  • abertura para novas ideias e experiências;
  • incentivos às sugestões dos colaboradores;
  • premiações para as melhores iniciativas.
banner do ebook perfil comportamental o guia completo

Como é a atração de talentos baseada no perfil comportamental?

O primeiro passo para a atração de talentos ser bem-sucedida é entender como o perfil comportamental influencia nas contratações. Logo, ao conhecer os perfis, a gestão de pessoas consegue mapear as necessidades da vaga e usa essas informações no recrutamento e seleção. 

Essa metodologia diminui o tempo dos processos seletivos e torna mais eficaz o preenchimento das vagas. Confira alguns benefícios de aplicar a gestão comportamental na atração de talentos:

  • permite a descrição clara do perfil desejado;
  • torna o processo seletivo mais ágil;
  • seleciona candidatos com precisão. 

Outro benefício de utilizar a análise comportamental no R&S é a oportunidade de personalizar as etapas do processo, por exemplo, as entrevistas. Isso é possível porque o recrutador já “conhece” as características do candidato. 

Utilizar a análise do perfil comportamental na atração de talentos ajuda o setor de Recursos Humanos a encaixar o profissional certo na vaga certa. Dessa maneira, o analista de Recursos Humanos consegue antever como ele trabalha e qual seu estilo de liderança. Ainda, é possível conhecer suas motivações e competências, como ele se comunica e outros traços importantes. 

Métricas e indicadores

Algumas métricas usuais em Recursos Humanos fazem a diferença na atração de pessoas. Um exemplo é o custo dos benefícios oferecidos aos colaboradores. Sabemos que vantagens são muito bem-vindas para a atração de talentos, mas a organização não pode deixar de avaliar quanto ela desembolsa para oferecê-las. 

Uma fórmula eficaz para esse cálculo é dividir o custo com benefícios pelo número total de colaboradores atendidos. A análise deve mostrar que, embora o valor resultante seja alto, ele não implica na necessidade de cortes. Afinal, os benefícios corporativos são sinônimos de investimento. Por isso, verificar o que é relevante e o que traz resultados é imprescindível para manter a saúde da organização. 

Relação entre atração de talentos e R&S

Algumas táticas de atração incluem a marca do empregador, conhecida como employer branding, o marketing de recrutamento e a cultura da organização, além da remuneração e dos benefícios. 

Quando esses diferenciais são explícitos desde o início do processo de R&S, as chances de despertar o interesse de bons profissionais aumentam consideravelmente. 

Como a tecnologia pode ajudar na atração de talentos?

Empresas que decidem qualificar a atração de talentos devem apostar em processos humanizados. No entanto, isso não exclui todos os benefícios que a tecnologia oferece para conquistar os melhores profissionais. 

Atualmente, o RH conta com inúmeros softwares, modernos e práticos, para otimizar os processos de recrutamento e seleção. Entre eles está o Profiler, capaz de oferecer um mapeamento comportamental completo em poucos minutos. 

O People Analytics é outra ferramenta super completa capaz de trabalhar a engenharia de cargos, fazer a busca de perfis semelhantes e entregar comparativos comportamentais avançados para o RH. 

Por fim, para atrair profissionais de excelência é necessário despertar neles o interesse e a vontade de trabalhar na empresa. Isso significa investir na valorização do capital humano. Com esse guia completo, promover a atração de talentos na sua empresa será muito mais fácil. Basta seguir nossas dicas e contar com os benefícios que a tecnologia oferece.

Agora, se quiser aprofundar ainda mais seu conhecimento, acesse nosso e-book sobre recrutamento e seleção online.

0 0 votes
Article Rating


Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments