Analistas sob pressão: como esses profissionais se saem em crises

representação de analista sob pressão
BAIXE GRÁTIS!

Aqui você encontra:

Uma crise pode ser originada por diversos motivos: problema humanitário, econômico ou de saúde. Algumas podem ser premeditadas e — por meio de uma gestão de crise — bem direcionadas. Outras são imprevisíveis e caem como uma tensão dentro das empresas. Analistas sob pressão sofrem com essas incertezas e precisam de um suporte da gestão.

Entender como mapear o perfil comportamental dos colaboradores é fundamental para saber as melhores maneiras de gerenciar uma crise. Cada pessoa reage de maneira diferente diante dos desafios e situações impostas por uma situação de pressão. Conhecer as particularidades e competências socioemocionais ajuda na gestão de pessoas.

Quer entender melhor como o perfil analista tende a agir em momentos de pressão? Continue a leitura! 

A importância da análise comportamental nas crises

A análise comportamental é fundamental para tornar menos subjetiva a capacidade de mensurar as soft skills. As características e as tendências de ação de determinada pessoa varia conforme suas influências externas e valores construídos ao longo da vida. Por meio de um mapeamento rápido, como o Profiler, torna-se possível decifrá-las.

A gestão de crise implica em conseguir fazer uma análise preditiva de todas as situações e cenários. Além do impacto financeiro, um momento de tensão implica em danos para a saúde no trabalho, o que afeta todos os colaboradores.

Por isso, conhecer os seus profissionais ajuda na performance da gestão de pessoas. Em um momento de crise imprevista — como no caso do novo coronavírus —, ter o prévio conhecimento de como cada colaborador tende a reagir a pressão ajuda a tomar medidas seguras e produtivas: como o home office obrigatório, a flexibilização dos horários de trabalho etc.

Os analistas sob pressão e suas tendências de ação

O momento de crise e de pressão tende a colocar as pessoas com perfil predominantemente analista em uma postura mais conservadora. Esses profissionais querem cuidar do momento atual, respirando e buscando mais estabilidade para projetar um futuro melhor.

Em momentos de crise, essas pessoas tendem a pesquisar e procurar respostas para encontrar uma resolução. Tudo isso sendo pautado por processos que podem ser criados e modificados conforme a nova realidade.

Na cabeça dos analistas, quanto mais processos, mais segurança terão. Para eles vale a máxima: melhor prevenir do que remediar. Essas pessoas têm uma visão mais sistêmica e consegue fazer uma análise de médio e longo prazo.

Esses profissionais são ótimos para fazer a análise preditiva de qualquer situação. Eles conseguem pensar nos próximos passos e no que precisa ser feito para superar os desafios. 

O maior impacto sofrido pelos analistas está na imprevisibilidade. Por serem pessoas que gostam de ter um controle do desenrolar da história, conhecendo os próximos passos, a falta dessa previsibilidade assusta.

Nesse cenário de incertezas, é possível que a pessoa analista tenha elaborado diversas alternativas e soluções — tanto para si, como para a empresa.

A gestão de pessoas e os analistas

Por terem uma visão mais sistêmica, esses profissionais podem ser ótimos aliados para a gestão. É possível usar a capacidade criativa de resolução de problemas para elaborar um plano de ação de recuperação da crise, pensando em um cenário mais longo. 

A gestão precisa extrair desses colaboradores a capacidade de serem resolutivos e analisar os riscos com detalhes. Em algumas situações — por verem muitas barreiras — os analistas podem congelar. Nesse caso, cabe a gestão uma proximidade com bastante feedback para motivá-los.

Os analistas sob pressão precisam de uma atenção e cuidado dos gestores. Quando bem direcionados, esses profissionais tornam-se verdadeiros aliados para superar os momentos de desafios, mas se solitários podem se desmotivar por não enxergar futuro na empresa.

Se você entendeu a importância de conhecer os perfis comportamentais para fazer a gestão de crise de uma empresa, fale com um dos nossos especialistas sobre o Profiler Sólides e veja os benefícios na prática!

Picture of Sabrina Siqueira
Sabrina Siqueira
Sou apaixonada por Gestão de Pessoas desde sempre! Me tornei especialista em Gestão Comportamental, cursei administração com Ênfase em Comercio exterior (UNA), fiz Pós Graduação em Gestão Comercial e Vendas. Atualmente também sou facilitadora da Formação Analista Comportamental Profiler e Sales Enablement do time de New MRR da Sólides
Compartilhe:

Você também vai gostar!

Rolar para cima