Análise SWOT: por que implantar no seu RH?

Tempo de leitura: 5 minutos

A análise SWOT é uma ferramenta muito abrangente de auxílio para planejamentos dentro de setores de empresas. O termo SWOT é um acrônimo derivado das palavras em inglês strengths, weakness, opportunities e threats que significam respectivamente: forças, fraquezas, oportunidades e ameaças.

Basicamente, esse tipo de análise se baseia nas palavras que compõem o acrônimo para se estruturar. Dessa forma, nesse processo, o objetivo é avaliar os ambientes externos e internos de uma empresa identificando os pontos fortes e fracos, bem como as oportunidades e ameaças às quais uma organização está exposta no mercado. No final, tudo isso atua como base para a estruturação de estratégias alinhadas com os objetivos da empresa.

O principal objetivo de uma análise SWOT é promover, dentro de uma empresa, o conhecimento sobre todos os fatores envolvidos em um processo de tomada de decisão. Por esse motivo é que essa análise é geralmente o primeiro passo de um planejamento e pode servir de apoio para qualquer ação de uma organização como, por exemplo, um levantamento de novas alternativas, decisões sobre novas políticas e diversas outras coisas.

Uma análise como essa pode ser realizada por uma ou por várias pessoas. A pessoa responsável por isso deve realizar uma pesquisa para coletar dados internos com o objetivo de identificar as forças e fraquezas de uma empresa no geral ou de um setor específico.

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

As forças, nesse caso, são os fatores positivos da sua empresa. Dentro disso estão as ações bem sucedidas, as equipes que estão tendo sucesso, até mesmo um possível pioneirismo de produto ou serviço no mercado. As fraquezas são os fatores internos que fogem do controle da empresa. Possíveis vulnerabilidades, falta de tarefas automatizadas por meios tecnológicos, falta de investimento… Enfim, isso varia em cada negócio.

Depois de ter coletado esses dados internos, é o momento de realizar uma outra pesquisa, porém, com foco externo. Dados externos serão responsáveis por expor as ameaças existentes e as oportunidades também, sendo crucial para a composição de uma análise SWOT bem feita.

Aplicando no RH

No departamento de RH a análise SWOT exerce a mesma função. A identificação dos pontos já citados é parte da estrutura do planejamento e através deles é que se tem um auxílio para tomadas de decisão e implantação de novas medidas. Para que esses profissionais de RH sejam capazes de implantar a análise SWOT, em primeiro lugar, eles deve ter certeza que entendem perfeitamente a missão da organização. Com isso em mente, os objetivos que estão sendo buscados através da análise ficam mais concretos.

Existem diversos críticos que acreditam que a análise SWOT é muito subjetiva e limitada para ser implantada na empresa como um todo. Porém, no departamento de recursos humanos, essa técnica pode ser útil de qualquer forma, uma vez que este é um departamento que tem que lidar com a subjetividade a todo momento.

Questões internas

Ao identificar as particularidades internas de uma empresa, o profissional de RH provavelmente irá se deparar com certas forças e fraquezas que podem parecer óbvias mas se tornam muito mais tangíveis quando são de fato colocadas no papel. Se o turnover da empresa está bem administrado, a estratégia de retenção de talentos está se mostrando efetiva ou se a produtividade da organização como um todo possui níveis interessantes, tudo isso pode ser anotado como uma força do departamento.

Por outro lado, se o departamento de RH não consegue identificar os problemas dos funcionários, a razão pela qual a performance de um time não aumenta, ou até mesmo não consegue evitar a alta rotatividade dentro da empresa, já sabemos aí quais são as maiores fraquezas presentes.

Questões externas

Após colocar no papel todas as forças e fraquezas internas, por mais que essas já estejam presentes no dia-a-dia do departamento, fica fácil visualizar e pensar em estratégias de otimização ou de solução para problemas internos da organização. Tendo feito isso, agora é o momento de pensar externamente e analisar quais são os fatores exteriores que influenciam de alguma forma no seu departamento de RH.

Bom, sabemos que as ameaças são definitivamente fatores externos que influenciam qualquer departamento de alguma forma. No caso do RH é exatamente a mesma coisa. As ameaças podem ser diversas e podem surgir de muitos lugares.

Dependendo da situação e tomando como exemplo o cenário econômico atual, uma ameaça para o departamento de RH poderia ser, por exemplo, um corte no orçamento interno da empresa devido à crise econômica. Nesse caso, é bem provável que o primeiro setor a sofrer cortes seria o de RH.

Além disso, mudanças nas leis trabalhistas que dificultem drasticamente o trabalho desses profissionais também não são impossíveis de acontecer. Através desses dois exemplos fica mais fácil enxergar como existem ameaças que fogem completamente do controle do departamento do RH e por isso devem ser bem avaliadas.

Por outro lado, o meio externo também está cercado de oportunidades. As novas tecnologias de automatização de tarefas de RH, mudanças benéficas nas leis de trabalho e qualquer outro tipo de coisa que possa desenvolver o RH dentro de uma empresa pode ser enxergado como oportunidade.

Uma vez que toda essa listagem já foi feita, finalmente chega o momento da estruturação de processos. A análise SWOT consiste apenas em colocar no papel todos esses pontos que foram citados para que o planejamento real seja feito. É por isso dizemos que essa análise consiste em um pré planejamento.

Com essa análise, o RH deve enxergar as ligações existentes entre os itens que foram pontuados e estabelecer estratégias para maximizar os resultados. O interessante é que esse departamento enxergue como as forças podem ser usadas para superar as ameaças, guiando a organização em prol da sua missão e, por fim, atingindo os objetivos propostos.

Se você gostou dessa estratégia e deseja aplicar no seu departamento de RH, faça o download do nosso e-book “Planejamento estratégico: 
Como alavancar o meu RH“.


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of