Como adotar o People First na empresa?

Tempo de leitura: 5 minutos

Investir em pessoas e praticar uma liderança humanizada tornou-se uma das principais tendências nas empresas em 2020, segundo um artigo da Forbes. Nesse cenário, adotar o People First vem a ser fundamental para melhorar a experiência, tanto dos colaboradores quanto dos clientes diante da organização — trazendo, assim, os melhores resultados.

Neste post, apresentaremos o conceito de People First para que você entenda melhor porque é tão importante que as pessoas fiquem em primeiro lugar dentro de uma organização. Além disso, será possível conhecer algumas abordagens desse método de gestão, que fará com que sua empresa seja reconhecida como uma que entende e valoriza seu capital humano acima de tudo!

O que significa People First?

Sabe quando você busca um produto ou um serviço de uma empresa e tem a sensação que todo o atendimento proporcionado foi exclusivo pensando em você? Se a resposta for sim, provavelmente, essa empresa adota a metodologia People First. 

Trata-se de um conceito que, em português, quer dizer “pessoas primeiro” e tem sido muito utilizado em empresas que lidam com B2C, ou seja, elas focam seus serviços na experiência do usuário e colocam suas necessidades e desejos sempre em primeiro lugar. 

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

Mas esse método também pode ser utilizado na gestão de pessoas, colocando os colaboradores como os verdadeiros protagonistas dentro da organização. 

Como adotar o People First na empresa?

Dentro das empresas, esse conceito se torna uma metodologia de gestão, onde cada colaborador se sente único, pelo fato de que o líder ajustará suas necessidades de acordo com o perfil comportamental. Assim, o profissional sente que a organização se importa com ele e o valoriza como pessoa, aumentando sua motivação e produtividade. 

Quais as abordagens do People First?

Como profissional de RH, você entende a importância da valorização das pessoas e deseja aplicar uma gestão People First na sua empresa? Então, acompanhe algumas abordagens simples que auxiliarão na hora de colocar seus colaboradores em primeiro lugar. 

Liderança empática

Um líder empático é aquele que é capaz de se colocar no lugar dos colaboradores do seu time. Além disso, praticar uma liderança empática consiste não só no entendimento das necessidades do colaborador, mas também na elaboração de estratégias e ações baseadas nelas, despertando sua motivação em oferecer seu melhor para a empresa porque quer crescer junto com ela.

Ambiente corporativo positivo

Um bom ambiente organizacional tende a reduzir o estresse, o absenteísmo e o presenteísmo, melhorando a qualidade de vida do colaborador.

No entanto, é preciso ter em mente que um ambiente corporativo positivo vai muito além de oferecer um espaço para descanso e jogos. Ainda, é preciso estabelecer uma boa comunicação interna, transparência no alinhamento dos objetivos, oferecer toda estrutura necessária para a execução das tarefas, dentre outras ações. 

Desenvolvimento contínuo dos colaboradores

Estimular o crescimento dos colaboradores deve ser uma das prioridades em empresas que aplicam o People First. Isso porque, quando ela fornece uma base sólida de capital intelectual, os profissionais se sentem valorizados e adquirem uma maior capacidade de desenvolver melhor seu trabalho, aumentando a produtividade e o crescimento da organização. 

Valorização humana

As pessoas sempre estão em busca de respeito, atenção e consideração. E no ambiente de trabalho isso não é diferente. Existem várias estratégias para a valorização humana nas empresas, como já citamos aqui, manter um clima agradável de trabalho e estimular o crescimento individual são algumas delas. 

Outra dica de ouro é sempre estar disponível para ouvir o que o colaborador tem a dizer. Por isso, invista em reuniões one-on-one frequentes, escute-os de maneira sincera e coloque em prática suas ideias e indicações.

Reconhecimento profissional

Uma empresa que coloca o capital humano em primeiro lugar, destaca atitudes e trabalhos importantes que agregam valor ao negócio. Esse reconhecimento pode vir por meio de recompensas, programas de incentivo, benefícios, entre outras ações.

Nesse sentido, o feedback positivo também pode ser um instrumento valioso ao reforçar boas ações e comportamentos, já o negativo, tende a melhorar aquilo que não agrega valor ou prejudica o colaborador, o time e a empresa como um todo.

Conhecimento das particularidades do colaborador

As pessoas são diferentes e se comportam de maneiras diversas diante de um mesmo cenário. Logo, por meio da análise do perfil comportamental do colaborador, torna-se mais fácil entender seus gestos e atitudes, além de facilitar no reconhecimento de aptidões. 

Assim, o gestor pode fazer uma orientação mais adequada, conseguindo, com isso, explorar melhor suas reais potencialidades. Desse modo, o colaborador se sentirá mais engajado em trabalhar na sua empresa.

Viu só como é fácil adotar o People First na sua empresa? Além disso, atualmente, a maioria dos profissionais que estão no mercado pertence às gerações Y e Z, que têm como características marcantes a busca por bem-estar e conhecimento. Logo, tendem a procurar trabalho em empresas que investem em seus potenciais. 

Então, coloque as pessoas em primeiro lugar na sua empresa e adquira também uma marca empregadora no mercado, atraindo os melhores profissionais para o seu time. E se você quer entender ainda mais sobre esse assunto, não deixe de acessar também o conteúdo sobre o que é o People First e se torne um especialista em gestão de pessoas!


Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of