6 maneiras de desenvolver soft skills em sua empresa

Tempo de leitura: 6 minutos

Houve um tempo em que as habilidades técnicas eram as mais requisitadas no mercado. Felizmente, assim como aconteceu com todo o contexto, a sociedade sofreu diversas mudanças e, com a velocidade com que isso vem acontecendo, certas habilidades técnicas, também conhecidas como hard skills, passaram a não ser mais o único diferencial.

Talvez isso tenha acontecido ao mesmo tempo em que o capital humano se tornou mais valorizado, ou talvez os gestores começaram a perceber que o comportamento tem uma grande importância dentro de qualquer empresa. Qualquer que seja o motivo, sabe-se de fato que a busca por profissionais, atualmente, é muito mais abrangente e minuciosa.

Obviamente, essas tendências não excluem a necessidade de habilidades técnicas no mercado. Na realidade, muito pelo contrário, elas evidenciam uma nova demanda por profissionais mais completos e que unem tanto soft skills quanto hard skills.

O que de fato são as soft skills?

Antes de pensarmos em maneiras de desenvolver esse tipo de habilidades dentro de um time ou de companhias inteiras, o conceito precisa estar muito claro. Por isso, vamos esclarecer o que são as soft skills e entender como elas podem afetar o funcionamento das empresas.

Bom, o conceito de soft skills é muito fácil de entender. Basicamente, são as habilidades diretamente relacionadas com a inteligência emocional das pessoas e, por isso, muito difíceis de serem desenvolvidas ou identificadas. Consistem em habilidades mais subjetivas, como, por exemplo, um bom poder de persuasão ou uma grande empatia.

Ao saber disso, vocês devem estar se perguntando: será que é possível ensinar essas habilidades para as pessoas?

Selecionamos algumas dicas bem interessantes para te ajudar com esse processo!

Reconheça e estimule quem tem disposição para mudar

É indiscutível a vontade seja um pré requisito para que qualquer mudança pessoal que precise acontecer. Sabendo disso, os líderes e gestores precisam estar atentos a quem mostra disposição e iniciativa suficiente para se desenvolver.

Se apenas o líder tiver a vontade de aumentar a performance de uma equipe inteira que não está convencida de que essa mudança é necessária, volte e repense. O esforço empregado não terá retorno.

Antes de mais nada, as pessoas que possuem carências de soft skills precisam estar, além de cientes disso, dispostas a fazer o que for necessário para reverter a situação.

Fale sobre soft skills com a sua equipe e, junto com eles, faça um trabalho de reconhecimento de quais habilidades específicas estão faltando no time. Dessa forma, através de etapas, cada um irá reconhecer os pontos em que precisa evoluir e a equipe toda estará alinhada nessa evolução.

Estabeleça uma cultura sólida

A cultura de uma empresa consiste em muito mais do que apenas escrever em uma parede os valores esperadas de seus colaboradores. Assumindo o papel de impressão digital da organização, a cultura reflete todos os valores e crenças que movem o dia-a-dia do negócio. De fato, ela engloba desde as características do ambiente de trabalho até o relacionamento com os clientes.

Não existe uma fórmula mágica para se desenvolver a cultura da empresa. Se você não possui uma cultura muito concreta, será preciso procurar entender como pensam seus colaboradores e líderes, a fim de entender qual o relacionamento deles com a empresa. Isso pode ser feito em forma de questionários, reuniões, grupos de discussão ou da melhor forma que a empresa se comunica. É super importante nunca ignorar a opinião dos seus colaboradores, afinal, eles são parte do negócio e, consequentemente, da sua cultura.

Com essa análise em mãos, faça uma reflexão e verifique quais aspectos você deve manter, quais você deve eliminar, e, finalmente,  quais deverão ser implementados. Também é interessante tornar isso público para que todos busquem os valores esperados de forma alinhada.

Com tudo definido de forma consistente, fica mais simples identificar gaps e também nortear o processo de contratação com base nos valores definidos.

Eduque seus colaboradores

É, de certa forma, impossível prever o comportamento das pessoas. Cada pessoa carrega uma bagagem de valores desconhecida que provavelmente se formou através das criação familiar ou de contextos anteriores à inserção no mercado de trabalho. Isso não é um problema, porém, é possível que alguns desses valores e soft skills sejam distintos do que é pregado dentro da empresa.

Para que isso não se torne uma dificuldade no relacionamento entre colaborador e empresa, faça eventos, dinâmicas, treinamentos, reuniões, happy hours, campeonatos, estimule sua equipe a trabalhar em conjunto e a realizar tarefas que envolvam as habilidades que você busca desenvolver.

Muitas startups realizam hackatons internos, onde os colaboradores desenvolvem produtos e têm que exercitar sua criatividade, resolução de problemas, liderança e autogerenciamento.

Saiba qual é o perfil dos seus colaboradores

Com toda a evolução da tecnologia e o desenvolvimento dos estudos relacionados à psicologia, foram desenvolvidos softwares capazes de mapear o perfil comportamental das pessoas com uma margem de acerto acima de 97%.

Provavelmente você deve estar se perguntando como isso pode servir de auxílio para o desenvolvimento de soft skills.

Bom, quando identificamos o perfil comportamental das pessoas através desses softwares, somos capazes de enxergar certas características que não são reconhecidas só com a convivência.

O Solides Gestão, por exemplo, é um software de mapeamento de perfil comportamental que oferece relatórios completos que evidenciam tendências de comportamento naturais de determinado indivíduo. Dessa forma, os gestores têm mais direcionamento para saber em quais áreas investir em seus colaboradores, e, além disso, têm mais orientação no momento de dar feedbacks.

Por outro lado, o mapeamento de perfil comportamental também oferece um autoconhecimento necessário para que cada colaborador seja incentivado a desenvolver essas soft skills internamente.

Deixe que a equipe seja mais independente

Irão existir certas situações em que seus colaboradores irão se mostrar mais engajados ou comprometidos com situações específicas. Pode ser que eles estejam dispostos a assumir mais responsabilidades, que proponham novas ideias ou que queiram aumentar sua participação na empresa ou no setor de alguma maneira.

Se isso acontecer, deixe que eles sigam esse fluxo.

Mostrar que existe uma relação de confiança entre colaboradores e líderes pode ser algo que está faltando em sua empresa. Obviamente, isso não significa deixar que qualquer pessoa toque a empresa da forma que bem entender. Na realidade, isso significa analisar a situação e mostrar maior abertura e flexibilidade na gestão.

Quando os colaboradores percebem que existe abertura e confiança, eles se sentem estimulados. Esse tipo de atitude auxilia no desenvolvimento de soft skills como independência e liderança, peças chave para qualquer negócio.

Você achou interessante aprender um pouco sobre soft skills? Se sim, baixe o nosso Ebook sobre o assunto para se aprofundar ainda mais! Boa leitura!

ebook_soft_kills_gama

2
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] Como são habilidades subjetivas, as soft skills nem sempre são percebidas com facilidade. Muitas vezes é preciso “garimpar” qualidades na equipe ou individualmente. A boa notícia é que as soft skills podem ser desenvolvidas. […]

trackback

[…] nessas horas que podemos reconhecer o valor atribuído às soft skills, ou habilidades comportamentais, que determinarão o comprometimento e a vontade de cada um de se […]