4 tipos de funcionários que você não quer ter na sua empresa

Tempo de leitura: 2 minutos

Já sabemos que a variedade é algo extremamente necessário dentro de uma empresa. A possibilidade de ampliar a visão e até enxergar novas perspectivas da mesma situação, só é possível quando há uma diversidade dentro da equipe.

No entanto, existem certos perfis de funcionários que não se encaixam dentro de uma empresa ou não conseguem ter uma boa convivência com o time de trabalho. Isso pode acontecer por diversos fatores e, em alguns casos, pode ser revertido através de conversas e treinamentos.

Quando falamos que a tendência de contratação que busca apenas valorizar as capacidades técnicas é falha, estamos pensando exatamente nisso. Em uma pesquisa realizada pela Catho, foi constatado que o mau comportamento é o segundo maior motivo de demissões no país.

Pensando nisso, selecionamos aqui alguns dos tipos de funcionários que você certamente não quer ter na sua empresa. Confira!

https://drive.google.com/file/d/1N-Hh7HWo8yWcyp0VtLm5Yk1qenYYebi-/view?usp=sharing

O pessimista reclamão

Se já é chato ter alguém pessimista e reclamão na vida pessoal, imagine no ambiente de trabalho. Acordar na segunda-feira e já ter que lidar com aquele colega de trabalho negativo, não é nada agradável. Se o otimismo é uma das coisas que mais contribui para o progresso de uma organização, um colaborador pessimista acaba compartilhando essa negatividade com todos os colaboradores e transformando o ambiente de trabalho em algo insuportável.

O orgulhoso

O que podemos dizer daquele funcionário orgulhoso, que nunca “dá o braço a torcer”?

Bom, podemos imaginar que seja bastante cansativo ter que conviver com alguém assim no ramo profissional. Esse tipo de colaborador não consegue admitir nem os próprios erros e menos ainda evoluir com eles. A falta de humildade, de modéstia, etc, pode afastar toda a equipe e assim, prejudicar a produtividade da empresa.

O psicopata workaholic

Ser viciado em trabalho já não é algo positivo. Agora, ser viciado em trabalho, trapaceiro, desonesto e cruel, já é um combo intragável.

Aqui nós estamos falando não só de um workaholic, mas de um workaholic que mente, que toma crédito pelo trabalho dos outros, que humilha os colegas e que ainda é um santo na frente do chefe, enganando quem precisa. Esse tipo de funcionário é capaz de destruir uma equipe completa se não for desmascarado a tempo.

O folgado

Sabe aquele aluno que nunca faz nada na escola mas sempre consegue levar o crédito de outras pessoas nos trabalhos em grupo? Então, essa pessoa existe também no mundo corporativo. Enquanto uns morrem de trabalhar, esses colaboradores não fazem nem a metade mas, no final das contas, levam o crédito pelos resultados junto com a equipe.

Os outros funcionários com certeza não se dão bem com os folgados.

Você conhece algum funcionário assim? Saiba como motivá-lo em prol de melhorias com o nosso ebook Motive seus colaboradores do jeito certo!

 

kit-planejamento-rh


1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Mocinha Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Mocinha
Visitante
Mocinha

Na verdade, acho que existem tipos mais prejudiciais: O folgado (com certeza, pois ele desmotiva toda uma equipe, fazendo com que todos trabalhem num ritmo mais lento e desmotivado); O mau educado (te trata mal quando a sós, mesmo que na frente do chefe se faça de santo); O incompetente (que é um zero a esquerda, não contribui com nada e só dá prejuízo financeiro na empresa) e o pior deles, O dissimulado (sempre diz que não entendeu alguma coisa corretamente e por isso fez de outro jeito). Para alguns tipos, a solução é a demissão. Para os que estão… Read more »